Fanart "Hua Cheng" Heaven Official's Blessing por Rima-san



      Saudações de Saturno!
  
     Lá venho eu postar uma fanart diva produzida cuidadosamente pela Rima-san!
    Dessa vez a Rima desenhou o personagem da Novel Chinesa Heaven Official's Blessing, o Rei Demônio "Chuva de sangue na Flor" Hua Cheng.
     E nem preciso mencionar que ficou uma preciosidade (sim, sou a maior fã do trabalho dela).


Amor e Loucura One Shot por Taki Matiny

 
Amor e Loucura

Shira anda sem destino certo pelo labirinto de ruas da cidade, sua vida estava uma droga, seu namorado havia acabado de trai-la com um homem, e como se não fosse suficiente esse homem era seu irmão, e os havia flagrado juntos da pior forma possível. Quis chorar; gritar; bater nos dois; perguntar por que. Mas não foi o que fez, seu orgulho de  Inoue não permitiu que ela o fizesse, apenas deu as costas para Ren ainda entre as pernas de seu irmão a encarando assustado, e não ligou a mínima para os chamados deles enquanto se afastava em direção a rua. 

Kimi o ai shiteru inspiring Capítulo 5 por Rima-san


Capitulo 5

Uma loucura pela manhã faz bem á saúde

Quando acordou pela manhã Shuji ainda dormia ao seu lado, o calor dele conseguia aquecê-lo, não era somente o calor corporal, Shuji tinha um carisma especial, ele sabia aquecer o coração de uma pessoa com um simples gesto.
Tadashi sabia bem como a gentileza de Shuji podia seduzir alguém e também sabia que não era merecedor de tanto.
Levantou-se silenciosamente e foi no banheiro, ouviu barulho na cozinha, Kin já tinha acordado e preparava algo na cozinha.
Kin logo percebeu a sua presença e limpou as mãos num pano.

Fanart "Lan Wangji" por Rima-san



Hoje, no aniversário da Rima, vou postar a fanart que ela fez do personagem Lan Wangji da animação chinesa Mo Dao Zu Shi. Que aliás, está muito bem detalhada e bonita! Espero que apreciem e que a Rima tenha um ótimo dia ♥. Um dos desenhos está ao lado do original em que ela se inspirou.

The Scarlet Curse Capítulo 08 por Golden Moon



Um amuleto e boa sorte
I

Eu saí do quarto de Selena sentindo-me frustrado.
Ao perguntar-lhe se poderia me dizer o que ela sabia.. Sua resposta soou como um forte soco em meu rosto.
“Se sua família não se encarregou em contar-lhe… Sinto muito, mas eu não posso fazer isso por eles.”
Contei-lhe a minha contenda, para, pelo menos, tentar lhe persuadir sobre o caso… Mas…
“Eu acredito que sei quem está a fazer isso com você…”

Hoshi wa shitte iru 31 por Rima-san e Mel Kiryu

 

Capítulo 31 O gostar elevado ao infinito por Mel Kiryu

              Eu não tinha exatamente uma grande experiência a cerca do sexo.
         Namorei três meninas no período de quinze aos vinte e um anos, mas só fiz sexo com uma delas.
         Nenhum relacionamento meu durou tempo o suficiente para que eu pudesse lamentar o término.
       Então, dá para imaginar o nervosismo que senti quando perguntei hesitante se podia penetrar Katsuo achando que iria receber um não e acabei recebendo uma resposta doce e afirmativa.
        Para começar, Katsuo me fazia enxergar o sexo de maneira completamente diferente, eu me sentia virgem mesmo que não fosse e a questão, é que meu parceiro era realmente virgem.
        Eu não queria que a nossa primeira vez juntos deixasse nele uma impressão ruim... Estava na cara que eu não era um amante muito confiante e tinha receio que ele percebesse esse detalhe.

Hoshi wa shitte iru 30 por Rima-san e Mel Kiryu


Capitulo 30 por Rima-san

     Eu estava feliz com tão pouco.
As duas horas que tínhamos num quarto de pensão, eu queria fazer elas render ao máximo e sabia disso desde o momento em que ambos trocávamos beijos em cima daquela cama, não vou negar a pergunta de Lang, sobre eu o querer penetrar me tinha deixado desarmado, eu não estava contando com isso, mas eu o entendia a necessidade de dar um passinho na nossa relação e na nossa intimidade conjugal era demasiado importante.
       Mas eu não conseguia, eu me sentia travado e tentava me imaginar a penetra-lo, eu era desajeitado, sem experiência, eu não conseguiria fazer aquilo então lhe neguei.

Red District This Side of the Moon 58 por C.C & Mel Kiryu

 

Prólogo
 Uma mentira parcial desperta suspeitas reais 
 
           Não faltava muito para o anoitecer.
E as prostitutas da Houkan House também trajavam kimonos vistosos sobre o corpo nu cheirando a sândalo, algumas delas arrumavam-se como gueixas porque assim eram requisitadas pelos clientes.
Mifan não era o tipo que pintava o rosto de branco, ou usava um penteado exuberante fixado com laquê. Usava os cabelos soltos levemente ondulados e os lábios carnudos bem marcados com batom, o lápis de olho realçando a profundidade de seu olhar.
Estava assim, praticamente vestida para a noite no prostíbulo de luxo, quando deslizou o fusama e olhou respeitosamente para Okaasan sentada de fronte a sua mesa no escritório.