1.3.12

Deviant Tales Ato 12 (por Mel Kiryu)


Ato 12
O que nós somos?...

         A Escola Secundária Asahi ficava à meia hora de distância a pé da casa de Masahiko Raiden.
     Caminhavam lado a lado na calçada, Hiroshi sempre observava Raiden quando ele parecia estar distraído.
       Tinha dormido a noite toda junto de Raiden e acordara antes dele se dando conta que ainda estava nu... Quando olhou para Raiden ainda adormecido, sentiu-se excitado e deixou a cama desconcertado antes que ele pudesse perceber sua ereção.
      Meteu-se aflito num banho frio, como se sua excitação fosse um crime ou ao menos, a arma do crime.


__Está nervoso com a ideia de voltar a estudar, Seiji-kun?
__Não... Só um pouco apreensivo.
__Está meio calado desde acordamos... Dormiu bem?
    "Até demais... Como nunca havia dormido..."__ Seiji Hiroshi respondeu a si mesmo em pensamento, estranhamente descontente.
__Não precisa se preocupar, Tenshi-san...
        Sentiu a mão de Raiden afagar sua cabeça por um breve momento e sabia que não adiantava pedir para ele não se preocupar. Mas, não podia falar sobre o que o incomodava, tinha receio de magoar Raiden se dissesse o que pensava.
         Por isso, decidiu conversar o menos possível no trajeto até a Escola. Foi acompanhado por Raiden até a entrada do prédio principal.
__Eu tenho que ir para a Agência, Hiroshi-san... Tudo bem você seguir sem mim?
__Hai... Pode ir.
       Raiden retirou as chaves do bolso do casaco e colocou na mão de Hiroshi segurando afetuoso em seus dedos, o gesto fez Seiji fitá-lo sem jeito... Aquilo não era coisa que se fizesse em público entre dois caras.
__Fique com minhas chaves, Hiroshi-san... Já que você vai chegar antes de mim.
__Ah... É... Vem almoçar em casa?...
__Não vai dar tempo... Mas, eu prometo que jantaremos juntos mais tarde.
         Evitou de encarar Raiden, porque não duvidava que ele o beijasse na porta da Escola... Esse distanciamente fez Raiden apenas observá-lo sem o sorriso habitual, não esperava que vê-lo sem sorrir lhe causasse um certo mal estar. Esperava que pelo menos Raiden o tocasse no ombro, mas ele apenas se foi.
Seguiu até a porta da Escola onde havia um rapaz ruivo encostado na parede com uma mochila no ombro, havia alguns estudantes no pátio.
__Está perdido?__ O rapaz ruivo perguntou, tinha um trejeito de encrequeiro.
__Não... Apenas queria saber onde fica a secretaria da Escola.
__Am... Sei... Então, eu te mostro, novato.
           Entraram no prédio, Hiroshi estava meio ansioso, mas tentava disfarçar seguindo o rapaz ruivo.
__Por que tem alunos no pátio?... Não é horário de aula?
__Hai, hai... Mas, estamos com dois horários vagos. Você é aluno novo, né?
__Eu vou me matricular ainda...
O rapaz tinha um sorrisinho bem maroto, um jeito preguiçoso de falar, num momento em que Seiji olhou melhor para ele, reparou que ele tinha um cordão prateado no pescoço com uma palheta presa como um pingente.
__Você é músico?...
__Ah... Por causa da palheta?... Eu gosto de pensar que sou...
__Sério?__ Seiji sorriu relaxando por um instante.__ Eu toco guitarra!
__Hum... Legal. Olha aí a Secretaria...
__Obrigado!

         Demorou um pouco mais do que esperava, mas conseguiu se matricular. Iria começar no dia seguinte, tinha um material para comprar, saiu com o seu horário, turma, turno, número da sala na mão...
Ficou surpreso ao perceber que o rapaz ruivo o esperava encostado na parede em frente a Secretaria.
__E aí? Conseguiu?
__Começo amanhã.
__Então... É melhor saber... Sou Jin Yamada.
__Prazer... Seiji Hiroshi.
Foi acompanhado por Jin até o portão...
__Escuta, quem era aquele cara com você? 'Tá na cara que é meio novo para ser seu pai.
__Aquele... Cara?... Ninguém em especial... Mal o conheço.
'Meias verdades... ?'__Hiroshi pensou depois da resposta vacilante.
__Mal o conhece?... Mas, ele te deu as chaves!
__Ah... Deu? Quem diria... É melhor eu devolver! Até mais... Amanhã a gente se vê.
        Sabia que Jin ia dizer algo mais, por isso se afastou o mais rápido que pôde. Como ia dizer quem era Raiden, se ele mesmo mal sabia... "Mas... Espera aí! Eu transei com ele!"
      Tinha tomado distância da Escola e andava pela calçada a caminho da casa de Raiden, o único lugar que tinha para voltar, onde se sentia bem... Contudo...
                              'Raiden e eu... O que nós somos afinal?'

2 comentários:

  1. =D gostei, amo historias yaois, super d+... coitado ele ainda ta meio indeciso do que Hiroshi e Raiden são... ate pareci um pouco com junjou romantica, quando o Misaki fica indeciso com o Usagi-san... estar super fofu Mel-san..to amando sua historia!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que está gostando!
    Desculpe só aparecer agora...Minha net tinha caído total.
    Eu acho que a maioria dos caras que se dão conta que estão gostando de outro homem tem certa indecisão até assumir o sentimento.
    Acho muito normal isso acontecer.
    Tem um preconceito muito grande em torno disso afinal de contas.

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...