28.1.15

Deviant Tales Livro 3 Ato 44 por Mel Kiryu


Deviant Tales Livro 3
Ato 44
No amor não há motivo ou tempo
  Apesar do profundo desprezo

     Aquela mesma manhã de vinte e quatro de janeiro

    Era raro, mas naquele dia Seiji despertou antes de Raiden.
  Como era um acontecimento, Seiji estava orgulhoso por ter conseguido acordar cedo e decidiu que ia fazer o desjejum para surpreender Raiden.
  Usou o banheiro, lavou o rosto e as mãos e foi preparar algo para comerem, mas quando voltou ao quarto para vestir o uniforme da escola ficou bastante surpreso de encontrar Raiden ainda adormecido.
  Ficou preocupado, porque não era comum Raiden perder a hora, a não ser que fosse dormir pelo meio da madrugada, o que não era o caso naquela manhã.
  Antes de trocar de roupa chegou-se e sentou na beirinha da cama, observou Raiden que estava virado para o lado oposto, os dedos dele apertavam a fronha do travesseiro e o sono dele estava anormalmente agitado.
  Seiji engoliu a seco também a se agitar, não tinha dúvidas de que ele estava tendo um pesadelo. Algo hesitante o sacudiu pelo ombro, mas Raiden somente acordou quando Seiji chamou seu nome um pouco mais alto e com aquela aflição impregnada na voz de menino.
__Raiden... Raiden!... Acorda, Raiden!
    Quando Raiden abriu os olhos segurou atordoado no braço de Seiji como se implorasse que alguém o resgatasse daquele pesadelo, sentou-se na cama ainda um pouco confuso e tocou o próprio rosto tentando conter a confusão de seus sentidos perdidos entre a realidade e as sensações daquele sonho ruim.
__Raiden... Não me assusta assim... Você está bem?__ Seiji perguntou zeloso tocando-lhe o ombro numa breve massagem.
__Estou sim...__ Raiden suspirou, seus dedos correram por seu cabelo meio bagunçado.__ Que horas são?
__Passa das sete da manhã eu acho...
__Merda...__ Ele retrucou num tom aborrecido.__ Dormi demais... Podia ter me acordado, Seiji.
__É que...__ Seiji mordiscou o lábio inferior.__ Eu queria te fazer uma surpresa... Por isso não te acordei... Desculpa, Tenshi-san...
   Raiden puxou o cobertor e jogou para o lado, fazia menção de deixar a cama enquanto Seiji ainda olhava preocupado e intrigado na direção dele.
__Com que sonhava, Tenshi-san?...
     Segurou na beira da cama em vez de responder, olhando pensativo para os próprios pés e sério em demasia.
             Seiji não estava gostando na expressão no rosto de Raiden, beirava ao triste.
__Que dia é hoje?__ Raiden perguntou baixinho, tinha a voz anestesiada.
__Vinte e quatro... Eu sei bem, porque tenho um teste de ciências hoje.
__Sei... Eu vou ao banheiro.__ Raiden retorquiu se apoiando na muleta encostada na cama.__ Te encontro na cozinha, Hiroshi-san.
                                                   
        Seiji se ergueu da beira da cama e viu Raiden passar por ele. Apesar de obedecer e esperá-lo na cozinha, não estava conformado com o silêncio dele depois de um pesadelo que parecia ter sido tenebroso.
  Na cozinha os dois ocupavam a mesa, a refeição preparada por Seiji estava servida, foi Raiden que uniu primeiro suas mãos...
__Itadakimasu.
   Foi o que Seiji disse também, quase inaudível. Segurou os hashis entre os dedos e mirou-se em Raiden.
__Tenshi-san... Você teve um pesadelo com seu avô?
    Raiden já ia se servir quando parou e encarou Seiji com um ar de estranheza na tez.
__Não, Seiji... Foi com Misato-san.
   A voz de Raiden estava sem emoção, provou do missô yakizakana e mastigou parecendo distante dali.
    “Por que? Por que Raiden sonhou com Misato?... E ainda acordou tão estranho... Não gosto quando Raiden fica distante de mim...”__ Seiji não se movia, tinha esquecido por completo da refeição enquanto tentava decifrar o que havia por trás do distanciamento de Raiden.
__Você acordou muito cedo, Seiji? Esse tipo de yakizakana tem que ter a pasta preparada com uma antecedência de duas horas pelo menos... Ficou muito bom.
   A pergunta de Raiden interrompeu sua divagação inquietante e somente assim Seiji se lembrou que tinha que comer para ir à escola.
__Ah, isso... Eu deixei a pasta pronta ontem e o peixe temperado... Tive só o trabalho de grelhar.
__Obrigado por me acordar, Seiji...__ Raiden riu melancólico mexendo com os hashis na salsinha picadinha.__ Sua comida tem um gosto delicioso de realidade.
__Raiden... __ Seiji tirou um pedacinho do peixe com hashis.__ O sonho que teve foi muito triste?...
    Terminou de mastigar o que tinha levado a boca, apoiando por um momento seu cotovelo sobre a mesa, Raiden deixou seu queixo descansar sobre sua mão enquanto meditava na pergunta.
__Por que pergunta?
__É que... Achei que fosse chorar enquanto dormia...
__Sonhei que Misato tinha morrido... E como você deve saber, sou péssimo para lidar com a morte.__ Raiden ironizou a si mesmo, algo incisivo em seu falar.__ Já falamos demais, Seiji... Termine seu café da manhã ou vai se atrasar.
   Teve que se forçar a fazer silêncio para terminar de comer, ainda olhava timidamente para Raiden.
  “Apesar de Raiden ter cortado totalmente relações com Misato, apesar de estarem brigados da pior forma possível... Raiden ainda se preocupa, mesmo que ele insista em reafirmar seu desprezo por Misato... Raiden ainda o ama como o amigo que sempre foram...”

8 comentários:

  1. Olá Mel :)
    Que cena o Raiden ter pesadelo com Misato.... por acaso não é o dia do aniversário dele?
    O Seiji está se esmerando para ser um bom namorado :3

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rima! Sim, Raiden teve um pesadelo com o Misato bem no dia do aniversário dele...
    Concordo, ele melhorou muito, está mais responsável...

    ResponderExcluir
  3. Acho que não lhe desejará um feliz aniversário.... aliás parece ter abatido muito o Raiden...
    Está ficando um bom menino (já era só está melhorando XD)

    ResponderExcluir
  4. Não, no que depender do Raiden,nem pensar que ele deseja feliz aniversário ao Misato... Mas, n ão vou negar... É bem capaz do Raiden ficar pensando o dia todo no Misato... Imagine quantos aniversários eles comemoraram juntos! E ter esse sonho, mostrou para o Raiden que ele gosta muito do Misato apesar de tudo... e ele detesta admitir.

    Verdade... O Seiji agora se decidiu, compreendeu que gosta do Jin como o amigo e que se possível também gostaria de ser apenas amigo do Misato e que acima de tudo, a pessoa que ele mais no mundo todo... É o Raiden.
    Acabaram-se as dúvidas, acabaram-se em parte as trapalhadas do Seiji.

    ResponderExcluir
  5. Foi o que eu imaginei.... e certamente o Misato ficará a pensar no mesmo, é o que eu acho.

    O Seiji tem coração bom demais em querer o Misato como amigo :)
    Falando em Jin, vai lá um moço á pastelaria, ruivo,aí lembra o Jin, mas forte como o Misato e mal educado com ele! Então parece o filho deles os dois -.-"
    Bem irritante o moço....

    ResponderExcluir
  6. É... Isso é inevitável e o Jin é que não vai gostar nada dessa estória, aliás...

    Tem sim, sempre te falo que o Seiji não é e nunca será uma pessoa maldosa.
    O coração dele é bondade (e as vezes ciúme) puro e simples.
    O filho do Misato e do Jin apareceu na pastelaria?...0_o
    Podia ser o contrário, ter a aparência do Misato, mas ser miúdo como o Jin e ter o jeitinho maroto dele :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que me dera que fosse desse jeitinho mas não e não.... Não admira que as meninas lhe chamem de urso....
      Desculpe a demora minha NET não esta dando tou no telemóvel mas vou ter de sair ou fico sem saldo :p

      Beijinhos e até amanha Mel

      Excluir
    2. Compreendo, Rima... Fiquei sem net hoje também.
      Até amanhã!
      Bons sonhos ^^"

      Excluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...