1.2.15

Mel Caramelo e Chocolate Capítulo 28 por Mel Kiryu


Capítulo 28 Da fonte de doçura, também é destilado o fel

__Eu sou da classe de Kanda...
    Kojiro retrucou num tom reservado, que soava tímido.
__E eu conhecia uma das garotas que se apaixonou por ele... Então...__ Kojiro levou uma mecha de cabelo negro para trás da orelha.__ Posso apenas falar sobre ela... Era minha amiga.
__O que aconteceu?...__ Kitsune perguntou tendo receio de saber.

__Ela gostava de Kanda e por um tempo gostou em segredo, embora eu soubesse disso só de olhar... Até que um dia, resolveu passar uma carta de amor para Kanda dentro da sala de aula entre o intervalo das disciplinas.
__Era uma paixão platônica?...
__Foi por uns dois anos... Quando minha amiga escreveu a carta, não suportava mais ficar somente olhando para ele à distância, mas... Kanda virou-se em sua carteira, mirou seu olhar nela e rasgou a carta logo depois que leu bem diante dos olhos dela.__ Koujiro se encostou com um jeito pesaroso na porta.__ Depois desse incidente... Ela ficou obcecada por Kanda, mas ele era sempre frio e distante... Kanda é assim de um modo geral... Mas, em sala de aula ele é um aluno brilhante e é bonito, faz ideia de como arranca suspiros das alunas?
__Você também suspira por ele?...
    A pergunta era despretensiosa, Kitsune tinha um jeito meigo que fez Kojiro sorrir.
__Não, não é ele que faz o meu tipo... Mas, com o tempo a obsessão da minha amiga se transformou em depressão, começou a faltar as aulas e se isolar... O suicídio veio depois disso.
__Então... Kanda não teve culpa... Ele mal deixou a sua amiga se aproximar...
__Acha mesmo, Kitsune?__ Ela desencostou da porta, dando uma passo largo na direção dele.__ Não teve culpa diretamente, até concordo... Quer tanto assim que Kanda seja inocente?
    Diante da indagação de Kojiro não conseguiu responder nada, ela estava certa... Queria desesperadamente que Kanda fosse inocente e apenas ofereceu uma expressão desarmada e culpada.
   O que foi a deixa para Kojiro colocar como em câmera lenta uma das flores que o próprio Kitsune tinha colhido entre sua orelha e seu cabelo. Claro que Kitsune não contestou, mas ter a boca dela na sua? Isso ele não esperava!
   Kojiro beijou-lhe a boca, sugou-lhe os lábios e sussurrou ao final do gesto:
__Essa flor sei que Kanda não pode arrancar.
    Não podia, não naquele instante... E contudo Kitsune olhou para o lado sentindo um temor dentro de si, como se fosse ver Kanda parado debaixo do temporal.
       Ainda sentindo o frescor do beijo em seus lábios, Kitsune disse um tanto embaraçado:
__Não sei se isso é boa ideia...
__Nan desu ka?__ Ela cochichou fazendo uma discreta carícia atrás da orelha de Kitsune com o dedo.__ Acaso é propriedade de Kanda?
__Não é isso... É que eu já tenho alguém...__ Kitsune improvisou quando no fundo queria dizer: "Sou sim..."
__Não pode ser...__ Ela retrucou mais séria e pensativa, o olhar desconfiado do interior.__ Sua avó comentou com minha mãe que você não tinha amigos na Capital, então não acredito que tenha uma garota que ainda por cima concordou em passar as férias longe de você.
     O comentário deixou Kitsune irritado, apenas o olhar desconfiado de Kojiro já o tinha deixado na defensiva, mas ouvir que sua avó tinha falado de sua vida era o cúmulo! Foi num impulso que Kitsune se afastou, arrancando a flor do cabelo.
__Sério? Então, todo vilarejo sabe que sou um adolescente de merda afetado da Capital?__ Kitsune ironizou.
__Não foi o que eu disse, Kitsune!
__Não quero saber o que você disse!...__ Kitsune proferiu agarrando a sombrinha encostada na varanda.__ Nem o que você pensa de mim... Também não preciso de você, nem que tenha pena do "garoto sem amigos"!
     Embora  o sarcasmo vazasse em sua voz, Kitsune se sentia estúpido por se mostrar mais magoado do que furioso na essência, sempre achava seus raros rompantes de raiva ridículos. Acima de tudo, foi a vergonha de si mesmo que o motivou sumir depressa daquela varanda.
   Quase escorregou nos degraus molhados e meteu o pé em cheio dentro de uma grande poça, abriu a sombrinha e não olhou para trás.
   Sentindo o vento no rosto quente e constrangido.
    Caminhando entre as poças, sentindo o cheiro da terra mesclada com a chuva,  Kitsune recaía em um estado de pesada melancolia.
   Como tinha conseguido viver tanto tempo sem amigos?
   Sem pensar em dividir sua vida com ninguém?
    Incomodava saber que as pessoas daquele vilarejo soubessem que ele era um garoto estranho.
   E agora, não conseguia se imaginar sozinho.
   Era um exercício difícil lidar apenas com os próprios pensamentos... Sem Kanda e Datenshi.
    Retornou até a casa de sua avó, antes de passar no portão, olhou entre as gotas contínuas que caíam das laterais da sombrinha aberta a entrada ao lado para o quintal da casa vizinha.
   Como queria poder passar por aquele portão, olhar para os cactus na estufa e logo que a porta abrisse ver o sorriso despreocupado, as minúsculas estrelas que brilhavam no olhar escuro e acinzentado de Datenshi...

22 comentários:

  1. Olá Mel
    A quanto tempo né? Me desculpe fiquei sem net esse tempo todo....-.-"
    Quanto ao seu capitulo, O Kitsune é um tanto infantil o.O

    ResponderExcluir
  2. Não brinca! Puxa, Rima... Que chato...
    É sim, o Kitsune é muito infantil... Porque você acha que ele me dá tanto trabalho? Agora mesmo estou escrevendo um capítulo de Mel Caramelo e Chocolate que sinceramente... Nem sei se apanhando resolve!

    ResponderExcluir
  3. Eu não brinco não.... foi bem chato...
    Entendo.... deve dar trabalho mesmo :p
    Shiii então devo dizer que a coisa tá preta mesmo

    ResponderExcluir
  4. Nem diga... Sexta também fiquei sem net.

    Rima, terminei a estória de Faceless Angel, além dos 19 capítulos, fiz um extra em 20 partes!
    Por isso que retomei Mel Caramelo e Chocolate.
    E sua estória nova? Como está indo?

    ResponderExcluir
  5. Isso que tem sido escrever bastante Mel!
    Eu escrevi pouco, vou no segundo capitulo, mas tou gostando desses personagens XD

    ResponderExcluir
  6. E tudo isso no mês de janeiro :) Mas, fiquei com pena de terminar... Estou pensando em fazer um capítulo especia, um bônus de Faceless Angel.

    Ah, que bom!! Estou ansiosa para saber mais a respeito de seus personagens.

    ResponderExcluir
  7. Acho isso uma otima ideia..... eu ainda tou começando a minha história e já tou com pena de lhe dar um final ^^"

    ResponderExcluir
  8. Engraçado que geralmente fico satisfeita quando termino as estórias, mas Faceless tive pena de terminar... Acabou virando um romance que me deu gosto de escrever...
    Sei que deve acontecer o mesmo com Deviant...

    Sinal que você se envolveu profundamente com seus personagens...

    ResponderExcluir
  9. Acho que acaba acontecendo com todas as históras XD
    talvez umas mais que outras.....

    Não sei se posso dizer isso quando ainda escrevi tão pouco

    ResponderExcluir
  10. Não, comigo nem tanto... Não fiquei assim quando escrevi Bareback e Boy(Friends) e nem Sex Drive. Essas fiquei aliviada e contente em terminar.
    Mas, Faceless me deu vontade de fazer algo no estilo Slice of live... Uma série sobre fatos cotidianos envolvendo os dois rapazes do romance.
    Infelizmente não dá para fazer isso... Já que tenho tantas estórias por terminar.

    Ah, mas já que você gostou dos seus personagens, é porque você os conhece muito bem...

    ResponderExcluir
  11. Talvez com jeitinho conseguisse conciliar todas....

    Não sei.... Apenas estão na minha mente á algum tempo

    ResponderExcluir
  12. Não sei... Não vou criar expectativas... Se der para escrever, escrevo... Se não der... Fazer o que...

    Ah... Também tem alguns personagens que já moram a algum tempo na minha imaginação, mas ainda não foram parar em alguma estória...

    ResponderExcluir
  13. Aceitar os factos né? -.-

    Hum.... qualquer dia espero os conhecer :p

    ResponderExcluir
  14. Para que me iludir? Sou uma escritora falha...

    Os meninos de Mel caramelo e chocolate já estavam a muito na minha cabeça... Até que eles saíram para conhecer a Rima ^^"

    ResponderExcluir
  15. Escritora falha? Se o é o que eu serei?
    Tenho minhas histórias todas em atraso, a unica que vai tendo mais desenvolvimento é kimi o ai, wild lover está um pouco esquecido e vampire nem se fala....

    Assim me sinto lisonjeada....

    ResponderExcluir
  16. Não me conformo por não conseguir retomar Kinjo no ai... Detesto deixar inacabado. Gosto da sensação de legado cumprido...

    Mas, você tem trabalhado muito, o que é muito compreensivo.

    ResponderExcluir
  17. Entendo, como eu com free love, onde isso já vai....

    Sim.... mas esta semana até que tive uma folga a mais, mas perdi tempo no centro de emprego e fazendo uma ecografia, quando cheguei já era tarde e meus planos de escrita se foram, espero que na folga desta semana dê para fazer muito mais coisas

    ResponderExcluir
  18. E Free love era tão bom...

    De pouco em pouco a gente se organiza, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rima, vou tomar um banho e daqui a pouco volto, viu?

      Excluir
  19. É mesmo ^^"

    Vá lá.... aproveite para relaxar.... banho é sempre bom =3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mel eu vou ter de sair
      Não sei se apareço, amanhã, pois começo a semana que trabalho tardes....-.-"
      Então beijinhos :)

      Excluir
  20. Desculpe a demora, Rima... (Ocuparam meu lugar no pc durante o banho e não queriam me devolver)

    Até o dia que der :)
    beijos

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...