1.6.15

Deviant Tales Livro 3 Ato 52 por Mel Kiryu


Deviant Tales Livro 3
  Ato 52 Fugindo de casa

    Por volta das nove e quarenta da noite

     Quase não se via nada pela janela do ônibus encoberta pelo frio.
    Era Jin quem tentava olhar pelo vidro enquanto o ônibus arrancava da parada e seguia seu itinerário.

__Cara, isso não foi legal.__ Jin resmungou ainda preferindo encarar a janela embaçada.__ Teus pais vieram de longe, pô... Eu podia ter ido embora, seu loiro besta.
__Preferia mesmo que eu te mandasse embora?__ Misato retrucou, estava sentado ao lado de Jin.__ Seu ruivo maluco... Não foi como se eu não tivesse dado atenção a eles.
__Nem é tanto isso... Tu pensa que eu não reparei? Inventou que a gente ia comemorar seu aniversário na casa de uma amigo, porque tu ficou com vergonha de mim...__ E Jin disse ainda mais baixo, uma nota de decepção na voz.__ Se pela de medo dos teus pais descobrirem sobre a gente, cara.
__Fica quieto, Jin.__ Misato retorquiu frio, seco ao extremo.
    Misato foi puxando o maço do bolso do casaco, até que lembrou que era proibido fumar dentro do ônibus.
     Tinha comido do cheesecake e conversado um pouco com seus pais, mas a curiosidade deles a respeito de Jin foi o fator decisivo para inventar a mentira.

        “__Amigos vocês dois? Mas, ele parece tão jovem...__ Sua mãe inqueriu dissecando Jin com o olhar.__ Da onde vocês dois se conhecem?
    E Miho, a mãe de Misato fez a pergunta olhando para Jin. De modo que nem deu tempo de Misato inventar algo mais coerente, ou fácil de engolir.
__Eu sou aluno na mesma escola onde o Misato-san é inspetor, ué...__ Jin resumiu.
    E o jeito faceiro e moleque de Jin apenas o fazia parecer mais jovem do que realmente era.
   Misato quase engasgou com o cheesecake quando seus pais olharam com desconfiança em sua direção.
__É um pouco estranho pensar que aluno e inspetor tenham tanto proximidade.__ Kaien Keisuke, o pai de Misato, completou:__ Vocês dois não parecem ter muito em comum.
__É mesmo!__ Miho emendou, sem dar chance de resposta para Misato que já ia abrindo a boca.__ E como pode dar intimidade para outra pessoa sentar assim em sua cama, Misato? Devia ensinar bons modos ao seu amigo, já que é inspetor!
    Jin lançou um olhar invocado para Miho, contudo nem se comparou ao olhar atravessado lançado à Misato! Parecia prestes a desmistificar aquela situação de uma vez por todas e revelar que eram muito além de simples amigos por convívio na mesma escola.”

      Não, não poderia permitir.
     E antes que aquela conversa chegasse ao seu limiar, Misato inventou que tinham que ir a casa de um amigo para comemorar seu aniversário, mesmo que não houvesse outro lugar para ir.

__Vamos para minha casa?__ Jin perguntou entediado depois um pequeno silêncio entre eles naquele ônibus, desânimo galopante na voz naturalmente preguiçosa.
__Tsc! Quê? Nem pensar! Já sei aonde vamos descer.
    Jin nem perguntou, sentia-se mal humorado depois de tudo... Sozinhos e no frio em pleno aniversário e não sem nenhuma criatividade.
   Por essa razão seguiu Misato sem questionar, mas quando Jin caiu em si...
                                                               ********
           Dez e dez da noite

       Não estava interessado no filme que passava na TV, mas sim em ficar com a cabeça apoiada nas pernas de seu namorado, recebendo um cafuné manhoso no cabelo.
   Era tudo que precisava depois de um dia inteiro que somente há poucas horas parara de se arrastar.
    A última coisa que esperava, é que se ouvisse batidas na porta.
    Teve que abrir mão do cafuné, levantando-se algo intrigado já que naquela hora da noite não esperava por ninguém.
    Entreabriu a porta após destrancá-la e não soube explicar o sentimento que lhe veio semelhante a uma câimbra na boca do estômago quando encarou os olhos insolentes dourados, o cabelo amarelo pálido de Misato parcialmente coberto pelos floquinhos de neve.
    Logo atrás dele estava Jin, tremendo de frio, a cabeça ruiva baixa semi escondida pelo gorro do blusão.
__Oi... Masahiko.
    A voz de Misato pareceu atravessar Raiden com algum efeito fantasmagórico.
   Se por um lado Misato estava abduzido pelo semblante de Raiden, com o vento gelado e noturno fazendo o cabelo escuro esvoaçar, por outro lado Raiden encarava aquela indesejável visita como uma afronta.
    Tinham brigado do pior jeito possível, perdido por completo o respeito que tinham um pelo outro.
       Como Misato poderia pensar que tinha algum direito de bater à sua porta?
     Olhar em seus olhos destilando evidente afeição, quando a última cicatriz que Raiden lhe deixara era a marca em parte da sua testa da garrafa quebrada sem arrependimentos em sua cabeça.

14 comentários:

  1. Olá Mel
    Olha mas que aniversário o do Misato, ainda vai acabar em tragédia, primeiro com os pais, agora vai ter a casa do Raiden.... para além do mais o Jin deve ter ficado desiludido, tipo eu, imaginando que ainda o levaria para um motel e passariam a noite juntos -.-"

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rima! Melhorou de tudo?
    Mas, é o Misato que está caçando encrenca, ele não dá uma folga nem no aniversário dele e o Jin é quem paga o pato -.-" Tadinho do ruivinho com seu namorado loiro azedo!

    ResponderExcluir
  3. Melhor, obrigada por perguntar :)
    Mas pode crer, nem sei como o Jin ainda não deu um fora nele, eu conseguia ser melhor pretendente para o menino :p
    Desculpe a demora mas fui entregar a sagrada familia á minha prima e ela mostrou-me seu gatinho fofo *-*

    ResponderExcluir
  4. E você pensa que o Jin já não está quase mandando o Misato às favas? Espera só para ver...

    Tudo bem, demorou por justa causa... Gatinhos *-*

    ResponderExcluir
  5. Ai que o Misato vai ver o que é... :p Bem feita

    Gatinho bebé, me fez lembrar o pufa

    ResponderExcluir
  6. Aliás, tô louca para escrever essa parte :)

    Filhotinho é melhor ainda.

    ResponderExcluir
  7. Jura? O Jin que o troque por aguém decente e ainda o deixe com os cornos postos :p

    É, mas deopis cresce -.-"

    ResponderExcluir
  8. Eu não sei se o Jin vai encontrar outra pessoa para sanar suas carências, mas com certeza ele deve dar um chega para lá no Misato.

    Eu sei... Mas, eu gosto mesmo assim... Hoje mesmo acordei seis da manhã com um filhote miando na vizinha.

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que ai o Misato se vai tocar que necessita do Jin.... no fundo eles se amam, apenas p Misato estraga tudo -.-"

    Mas que fofo, eu também acordei seis da manhã :p

    ResponderExcluir
  10. Porque não consegue esquecer o Raiden... Aí estraga tudo mesmo.
    Poxa, mas faz um tempão que não escrevo Deviant, já até sonhei que escrevia...

    ResponderExcluir
  11. Não dá para formatar o cérebro do Misato? Ele tem a felicidade em frente aos olhos e não a agarra devidamente isso que me revolta
    Sério? Ás vezes também me acontece isso por isso que tou tentando dedicar mais á escrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mel vo ter de sair
      Beijinhos e até amanhã :)
      (escreva muito deviant ;p)

      Excluir
    2. Desculpe minha falta de atenção, amigona... Hoje acho que estou em saturno -.-" viajando naqueles anéis que circulam o planeta.
      Vou tentar, não... Vou conseguir!
      Beijos e mais uma vez... Desculpe.

      Excluir
  12. Desculpe a demora, Rima... Foi desatenção minha, não tinha visto sua resposta.
    Iria ser perfeito formatar o cérebro do Misato e encher o HD dele de Jin para todos os lados...
    O sentimento que ele tem pelo Raiden o deixa cego, com toda certeza.

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...