3.7.15

Kind of Blues Episódio 2 Parte 6 por Mel Kiryu


Kind of Blues – Episódio 2

Parte 6

      Satomi me mostrou o carro do anjo da água tônica.
    Era um Mazda Cosmo de cor branca, um carro antigo e caro, edição limitada. Pensei que ia me deparar com outro velhinho que ia sair correndo da minha cara ressacada de pretenso assaltante.
    Mas, não.
    Claro que eu estava enganado.

    O homem em questão era mais novo, trinta e cinco anos talvez. Estava encostado perto da entrada da loja de Conveniência do posto fumando um cigarro.
      Estava de olho em nós dois, eu vinha atrás de Satomi com a garrafa de água tônica quase vazia.
    E o olhar do sujeito recaiu em mim, me examinou de cima a baixo e sorriu sem mostrar os dentes.
      Fiquei estranhamente gelado por dentro ao ser examinado por aquele olhar.
__Então... Esse é seu namorado.__ O homem disse sem se desfazer do sorriso maduro e faceiro.__ Nada mau.
    Só que... Espera! Namorado? Apesar do modo íntimo como estávamos nos relacionando ultimamente, nunca Satomi tinha se referido a nós dois como namorados. Para mim eu só andava beijando meu amigo de infância.

    Entreabri meus lábios para desmentir, aquela situação me assustava.
    O homem virou de leve o rosto de lado a me observar de forma mais intensa, o cigarro em brasa entre seus dedos.
__Eu disse algo errado? Vocês dois são um casal bem atraente.
__Não... Mas, eu preciso mesmo ter uma palavra com Satomi, se me der licença.
__Claro, fique a vontade... Avisem-me se vão querer a carona, não tenho o dia todo.
     Puxei Satomi pela mão, nos distanciamos do homem que ficou no mesmo lugar saboreando seu cigarro.
__Satomi! Você disse para aquele cara que somos namorados?
    Minha voz soou brava, mas Satomi segurou minha mão com doçura.
__Não somos? Fizemos sexo ontem... Achei que eu era mais do que um amigo para você.
__Mas!... Aquilo ontem... Passou longe de fazer amor...
    Minha voz soou baixa e desconcertada, a menção do sexo me constrangia.
    Satomi suspirou, soltou minha mão e resolveu ir direto ao ponto sem a meiguice de antes em seu olhar.
__Seguinte... Querendo ou não somos amantes, Hitaki... Não tem como negar e aquele homem sabe disso.__ Ele olhou por cima de seu ombro por um segundo na direção do homem.__ O lance é que ele nos leva onde quisermos... Em troca de poder olhar nós dois, entende... Na cama.
__Mas... O quê? Satomi, você tem um ímã invisível para atrair encrenca?... E se esse cara for algum maníaco?... Que pervertido pede uma coisa dessas em troca de uma carona?!
    Então, Satomi me agarrou pela gola da minha blusa, o olhar dele se enficou como a ponta de uma navalha no meu.
__Escuta, Hitaki!__ A voz de Satomi saía entre dentes.__ A gente chegou juntos até aqui, então não estraga tudo com sua estúpida moralidade!... Se a gente ficar por aí largado na estrada, vamos ter que sair dando a bunda para arrumar grana, tá entendo? Eu não quero essa porra de prostuição para mim e nem para você... Ou você liga para seu pai e acaba com isso, ou a gente vai no carro daquele homem! A escolha é sua...
       Percebi o medo nos olhos impulsivos de Satomi, deduzi de imediato que ele já tinha se prostituído e que a experiência tinha sido péssima.

     Aí depois, me imaginei ligando à cobrar para meu pai, a reação fria e seca de desapontamento inflamável, eu não conseguiria suportar seu olhar de fulminante decepção.
     Quando também, não queria que Satomi ficasse mal.
__O que vai ser, Hitaki?...
__Satomi...__ Segurei de leve nos pulsos de Satomi, reduzi minha voz a um sussurro.__ Se aceitarmos a carona... Não seria uma forma de prostituição?
__Fazer sexo com quem gosto em troca de uma carona... Não vai ser nenhum sacrifício.
    Ouvir dizer que Satomi gostava de mim fez o espaço no meu peito se apertar, como se minhas costelas envolvessem meu coração num abraço sufocante. Fez-se um nó duplo na minha garganta e encostei minha testa na dele, fechando os olhos por dois segundos.
      Já tinha tomado minha decisão.

                                                    ********
           Togashi Yuki era o nome do anjo da água tônica.
         Quando o Mazda Cosmo deixou o posto com o tanque abastecido, Satomi e eu estávamos no banco de trás.
    Eu não podia negar que ele tinha feito um pedido estranho em troca da carona, que o simples fato de não sabermos nada a seu respeito já tornava nossa jornada perigosa.
    Possivelmente, Togashi Yuki devia ser um nome falso.
    Mas, ele também tinha comprado lanches para nós dois.
    O pensamento irônico que me vinha é que se acaso ele era um maníaco, ao menos tinha feito a gentileza de oferecer às suas vítimas uma última refeição.
__Desculpe, Togashi-san... Esqueci de agradecer pela água tônica.
__Na verdade, também é bom agradecer Satomi...__Togashi replicou num tom suave.__ Se eu não o impedisse de roubar a loja do posto, nunca saberia que você estava passando mal.
     Eu apertei a mão de Satomi que estava ao lado da minha e apenas o olhei de soslaio.
__Vi que o atendente da loja estava de olho em Satomi.__ O homem continuou a falar enquanto Satomi ignorava meu olhar de censura.__ Iam pegá-lo no flagra, daria polícia na certa... Foi quando ele me contou sobre o que aconteceu com vocês e sobre serem namorados.
    A voz calma e natural de Togashi diminuía meu nervosismo, mas não minha desconfiança.
__Entendo... Mas, digamos que você não é exatamente um bom samaritano.__ Eu rebati e dessa vez foi Satomi que me lançou um olhar atravessado.__ Nada disso que está fazendo por nós dois vai sair de graça... Ou é normal você pedir esse tipo de favor sensual a dois estranhos?
     Vi o sorriso de Togashi de perfil enquanto dirigia, parecia estar saboreando, tirando um proveito prazeroso das minhas palavras.
__Se eu começar a responder as suas perguntas, vai ter que responder também ao que perguntar... Você quer mesmo fazer as coisas desse jeito, Kiriya Hitaki?
    Afrouxei minha mão na de Satomi porque me dei conta da força que colocava no gesto e exalei um pequeno suspiro a voltar meu olhar para a janela do quarto.
__Não... Só prometa que não vai encostar no Satomi.
    Togashi desacelerou por causa de um carro a nossa frente e olhou por um momento para trás, seu olhar colidiu com o meu.
     Voltou a encarar a estrada calado, eu também não disse mais nada até a próxima parada.

                 
                      Novo personagem Togashi Yuki - O anjo da água tônica
   

14 comentários:

  1. Esse Togashi.. Estou com medo dele. É um predador!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. U-hum! Pode ter certeza que é e ainda assim um personagem muito interessante de trabalhar no enredo. ^^"

      Excluir
    2. Não sei pq, apesar do medo, acho que vou gostar del! Tenho essa atração por personagens com aura predadora *^^*

      .. enquanto lia o texto, imaginei ele com um estilo meio lenhador ajhaha aquele típico homem da floresta...

      Excluir
  2. Olá Mel
    Tá tudo bem?
    Por acaso tem tido noticias da Kisu?

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, Rima.
    Tudo bem.
    Mas, eu não entrei em contato com a Kisu porque receei incomodá-la.
    Então não sei te dizer mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Eu naquele mesmo dia enviei um e-mail.... mas depois você deu aquele aviso então não tenho tido noticias.....

    ResponderExcluir
  5. Mas, eu também enviei até mais de um naquele dia... Mas, depois disso não tive qualquer resposta.

    ResponderExcluir
  6. vamos esperar que esteja tudo bem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esqueca o ponto de interrogação Rima esta a dormir -.-

      Excluir
  7. Eu vou mandar um e-mail para ela... Também estava pensando na Kisu desde cedo.

    ResponderExcluir
  8. Pois eu também era para perguntar ontem mas deixei passar mais um dia.... não quero parecer uma melga sabe...

    ResponderExcluir
  9. Rima, eu vou me ausentar do pc, mas depois se você tiver notícias dela, me dê um toque, viu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim.... eu sempre dou noticias
      Até mais :)

      Excluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...