9.7.15

Kind of Blues Episódio 2 parte 7 por Mel Kiryu


Kind of Blues – Episódio 2

Parte 7

      Era um motel daqueles de beira de estrada e ainda estávamos há cerca de uma hora e quarenta da nossa cidade.
     Eu estava ciente que Togashi fosse mais longe do que pretendia, embora o acordo fosse ele nos ver transando na cama do motel, imaginei que ele não quisesse ficar de fora do sexo.
     A não ser que ele fosse mesmo um voyeur.
     Mas, eu não podia arriscar.

     Eu tinha falado muito sério quando tinha pedido que ele prometesse que não tocaria em Satomi.
      A questão é que em resposta ao meu pedido, eu tinha ganho o silêncio.
      Isso não era garantia alguma.
      De modo que aproveitei o fato de Satomi ter ido ao banheiro para ter uma palavrinha com o anjo da água tônica.
__Togashi... Falei sério dentro do carro, quero ter certeza que entendeu.
    Ele terminou de trancar o carro, estávamos na garagem do motel.
__O combinado era apenas olhar.__ Ele respondeu dando um passo na minha direção, o que significava que Togashi estava bem perto.__ Mas, já que falou em tocar... Se eu me atrever a fazê-lo, tocarei em você.
     Engoli um bolo de saliva, os lábios dele quase tocaram os meus.
    Eu devia ter me negado, mas acabei consentindo com meu silêncio retraído.
                                                      ********
                     A mulher que alugara o quarto por uma hora e meia na recepção nos lançou um olhar apático, embora tenha estranhado que o quarto fosse para três homens.
   Notei que ela deu uma boa olhada em Satomi, pela sua atitude parecia pensar que fóssemos garotos de programa.
       Ela ofereceu um meio sorriso sórdido ao entregar a chave do quarto para Togashi.

            O anjo da água tônica sentou numa poltrona no canto daquele quarto de motel.
             Satomi e eu estávamos ajoelhados um de frente para o outro na cama, eu estava de costas para Togashi.
     Meu nervosismo era a princípio visível apenas para Satomi, eu tinha medo de falhar.
   Nunca tinha estado num motel e era desconfortável ser observado num lugar estranho daqueles.
      Ali ajoelhados na cama, Satomi beijou meu nariz e cochichou:
__Fique de olhos fechados...
    Eu assenti apertando um lábio no outro, num breve aceno de cabeça.
    Satomi me abraçou pelos ombros e nossas bocas se encaixaram num beijo tenso, que aos poucos foi ficando mais macio... Eu tentava manter minha mente em branco, na verdade criando um cenário em branco onde eu somente vislumbrasse Satomi e eu trocando carícias.
     Tentando me concentrar nas sensações causadas pelo toque, pelo leve atrito de nossos corpos.
      E até que funcionava bem desse jeito, embora eu não me sentisse tão vigoroso quanto a noite passada, mas bem que eu alimentava minha excitação recordando a transa que tinha rolado no banheiro daquele rave.

      Contudo, não era eu a pessoa no controle da situação.
      Eu nunca estive, na noite passada era o ecstasy misturado àquele drink azul.
      E no quarto do motel, Satomi agia tão lânguido e seguro de si que de olhos fechados eu não tinha nenhuma chance.
       No fundo, eu não tinha esquecido de Togashi.
       Eu tinha medo de abrir meus olhos e não encontrá-lo sentado na poltrona no canto do quarto, ou se eu abrisse meus olhos, será que eu o veria batendo uma punheta a nos observar?
    O sexo em si que estava prestes a acontecer, meus pensamentos a cerca de Togashi e minha própria expectativa a cerca de tudo isso de súbito não poderia me deixar mais excitado.
      Eu estava perdido nas sensações erógenas, o calor que escapava crescente pelos poros era diferente do que eu tinha experimentado na noite anterior e mesmo sem tomar droga alguma o tesão por si só me deixava febril.

     Apenas escapei desse transe no instante em que senti retirarem o óculos do meu rosto.
    Somente então percebi que estávamos de lado naquela cama, Satomi encaixado nas minhas costas, os quadris se movendo convulsos contra mim enquanto a pica dele passava por entre minhas pernas e roçava na minha, a boca dele mordiscava deliciosa minha nuca e meus mamilos formigavam.
     Ao contrário da minha imaginação, eu é que tinha tudo para ser penetrado por Satomi.
     Fiquei desconcertado ao ouvir o som do meu próprio gemido e abri meus olhos.
     Quando percebi Togashi parado ao lado da cama, vi que ele segurava meus óculos tendo o desejo estampado no rosto do mesmo modo que devia estar no meu...

            Foi nesse instante em que questionei o que eu estava prestes a fazer.
      Fiquei assustado com a ideia de ser penetrado pela primeira vez naquelas circunstâncias, num motel junto com um desconhecido que tinha um estranho fetiche por adolescentes se pegando sobre uma cama.
    Eu queria poder fugir e essa vontade ficou nítida no jeito como me sentei abrupto na cama, Satomi me abraçou fulminante pela costas e senti a ereção dele me cutucar.
     Como assim? Fiquei magoado por ele querer levar aquilo adiante.
    Só eu achava que tínhamos extrapolado os limites em troca de uma carona? Minha voz saiu tão assustada que tive vergonha de deixar tão evidente meu medo.
__Olha... Não posso continuar com isso... Satomi...
    'Não é assim que quero perder minha virgindade anal...'__ Eu não podia dizê-lo em viva voz, minha falta de experiência já era gritante por si.
     Os dedos de Togashi se colocaram sob meu queixo, exerciam suave pressão enquanto as maçãs de meu rosto se aqueciam e eu o fitava desconcertado sem ter perdido de todo minha fagulha de excitação.

     Senti Satomi mordiscar provocante minha orelha e tal quando estávamos na garagem do motel, a face de Togashi se aproximou em demasia da minha.
    Ele ainda segurava meu óculos com a outra mão, examinou num segundo minha expressão desarmada e agregou seus lábios nos meus.
      Não era um gesto que violentasse minha boca, na verdade parecia pedir licença... Os lábios que acariciam os meus tinham uma súplica quase delicada.
     Meus olhos ficaram entreabertos ao passo que minha boca cedeu hesitante ao beijo que se aprofundava tão lento, era tão diferente de beijar Satomi...
     Que percebi entre beijos, entre carícias sensualizadas que cada ser humano carrega em si um modo único de beijar.
   

19 comentários:

  1. Bom dia Mel
    Sabe eu mais fico pensando que esse anjo de água tónica era ideal para o Hitaki.... só que o amor dele pelo Satomi também é forte....
    Mas só pela maneira de beijar.... ele parece bem doce
    ( Agora Rima ainda fica achando que o Togashi ainda lhe vai tirar a virgindade)

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Rima-san!
    Agora fiquei eu curiosa... Por que acha que o Togashi seria ideal para o Hitaki?
    Mas, é verdade que o Togashi posso ser bem doce e gentil... Principalmente quando se trata do Hitaki. (Não que ele desgoste do Satomi, mas do Satomi o Togashi gosta mais da beleza...)
    (Eita! Você não acha que o Hitaki já está apavorado o suficiente com a pica do Satomi roçando nele?... 0_o)

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente eu acho que ele é mais maduro... talvez mais calmo, ou pelo menos consegue o demonstrar, não causaria tantos problemas ao Hitaki
    Eu achei bem gentil e consegue ser atraente só por esse facto (ah o Satomi atrai qualquer um)
    (Talvez fosse mais traumatizante.... mas foi o que veio á ideia)

    ResponderExcluir
  4. Ah, nisso devo concordar contigo... E nem de longe seria um problema para o Hitaki (só seus pais do Hitaki descobrissem que além do Hitaki estar namorando um homem, ainda por cima fosse um homem com o dobro da idade dele!).

    Mas, essa beleza do Satomi somada ao gênio difícil e rebelde que ele tem... Só dá encrenca.
    (Quem sabe o Togashi terá sua chance em outra ocasião... Só que eu acho que dará no mesmo, ainda será traumatizante para o Hitaki)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah! E deixa eu dar uma palavrinha sobre seu capítulo:
      QUE ISSO??
      O fetiche do Tadashi é fazer sexo à três??... Safado!! Te falo que os quietinhos são os mais pervertidos! u.u
      Mas, o Shuji... Claro que ele tinha que ter o gosto de estrear as algemas...

      Excluir
  5. Eu acho que seria menos explosivo essa relação e talvez mais recatada... não daria tanto nas vistas ( isso seria mesmo um problema, mas já é com o Satomi)

    Isso é mesmo, mas já que beleza seduz... dificil fugir para o Hitaki
    (Sim... a menos que o Hitaki esteja a fim)

    ResponderExcluir
  6. Acho que a relação do Togashi com o Hitaki seria apenas explosiva na cama, na intimidade dos dois.
    (Lá isso é, neste caso daria problema se o Hitaki namorasse qualquer um do mesmo sexo)

    Mas, no caso do Hitaki... Não é só a beleza do Satomi que o prende, eles tem toda uma pequena história juntos, desde a amizade de crianças, até a separação que ocorreu e a adolescência que é o auge para ambos)

    Eu creio que quando envolve o Togashi e o Satomi no mesmo quarto, é sempre estranho para o Hitaki.

    ResponderExcluir
  7. Nossa por isso que eu fico com curiosidade de ver esses dois juntos!
    (pois porque os pais do Hitaki parecem querer um futuro promissor para ele)

    Sim isso é verdade ainda têm uma linha que os une, mas não será que pode romper e eu acho que se isso acontecer, quem vai sofrer mais é o Satomi

    É estranho mesmo, eu diria o mesmo se fosse eu na minha primeira vez com uma pessoa olhando!
    Mas eles vão estar mais vezes os três hummm


    Não sabia disso? Os quietinhos são piores rsrsrrsrsrs
    Ele tem esse desejo, mas acho que é muito para o Shuji, ainda esfola quem puser os dedos no Tadashi antes do sexo
    O Shuji é também um safado.... e ter o Tadashi submisso a ele, ainda melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mel antes que eu esqueça é provável que para a semana esteja mais ausente, mais para o fim da semana é que em frente á pastelaria vai haver umas grades festas então o movimento nesses dias vai aumentar, vamos estar várias funcionárias em cada turno, mas mesmo assim a patroa me pediu que se fosse necessário se não podia fazer mais horas....talvez a pastelaria nem feche á noite, esteja aberta durante a madrugada -.-"

      Excluir
    2. Tudo bem, Rima.
      Agradeço por me avisar. ^^"

      Excluir
  8. Ah, pode crer que o Togashi tem a mesma curiosidade em doses cavalares!!
    (Querem sim, tem grande expectativa no futuro do Hitaki que provavelmente vai até ganhar uma bolsa para a faculdade)

    Isso é difícil de saber ao certo... Às vezes penso que o Hitaki sofreria mais, porque ele é quem faz os sacrifícios para ficar junto do Satomi.

    U-hum... Os três ainda vão se meter na mesma cama com toda certeza.

    Geralmente os fetiches passam da conta para os parceiros, ao menos eu sei o que o meu passa, rsrsrs... E olha que eu nunca disse o meu para o meu namorado, não tô afim de traumatizar "a criança" uahuahah...

    Gosto da safadeza do Shuji.


    ResponderExcluir
  9. O Togashi parece ser bem interessante.... tou gostando muito dele
    (imaginei algo assim, como também casar e ter filhos)

    No fundo sofreriam de ambas as partes mas eu acho o Satomi sensivel

    Se se meterem vai ser um lance perigoso

    Nunca? ok.....
    Mas é assim tão grave para traumatizar o menino ?

    Eu gosto também além disso ele não a esconde, sai mesmo da natureza dele

    ResponderExcluir
  10. A Kisu não gostou do Togashi...
    (Com certeza existe a expectativa de que o Hitaki ache uma boa mulher e dê netinhos aos pais dele)

    O jeito de sofrer do Hitaki e do Satomi são bem diferentes.
    (Acho que o Hitaki se faz um pouco de frio para tentar não aparentar o quanto está deprimido e o Satomi já é na base da raiva, ele extrapola os sentimentos em coisas ruins)

    Não é grave... É que como você sabe, os taurinos não gostam de mudança de rotina.

    Safadeza sincera é algo muito!! ^^"

    ResponderExcluir
  11. Jura não gostou? Pois eu gostei :)
    ( Os pais sempre fazem expectativas.... ás vezes sai um pouco ao lado)

    São bem diferentes sem duvida...
    (Tem razão talvez o Hitaki fique pensando no que o faz sofrer.... enquanto o Satomi afoga as mágoas em coisas ruins)

    Isso é verdade não gostam mesmo....

    rsrsrsr é mesmo.... é mais que sincera...pura genuína

    ResponderExcluir
  12. Mas, o próprio Hitaki acaba que se culpa por fugir dessa expectativa.
    No fim das contas, o único que faz sacrifícios a bem dizer é o Hitaki.

    ResponderExcluir
  13. Eu também me culpava se tivesse no lugar dele por outro lado me culpo por, por exemplo ter seguido o que meus mais queriam para mim ao invés de ter escolhido uma área que gostava mais
    Ai ele faz e não sou poucos... o Satomi tem que dar valor a isso....
    Bem Mel eu vou ter de sair
    Beijinhos e até amanhã :)

    ResponderExcluir
  14. É complicado, né? Achar um ponto de equilíbrio entre a aceitação dos nossos pais e a nossa própria aceitação, mas ainda está em tempo para você investir no que gosta. (Você é bem jovem)

    Olha... Vai demorar para o Satomi dar valor.

    Desculpe se demorei um pouco a te responder.
    Beijos, beijos, beijos!
    Até amanhã, Rima. ^^"

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...