10.7.15

Mel Caramelo e Chocolate Capítulo 60 por Mel Kiryu


Capítulo 60 Como alguém que se apaixona pelo enigma no olhar

       As sensações erógenas do beijo alimentavam seu frágil atrevimento.
     Suas mãos que antes se seguravam ao kimono, entraram dentro da roupa agraciando a pele com o toque, o leve arranhar das unhas conduzidas pela excitação, ao passo que também Hanae o abraçava e as mãos dele passeavam por carícias em suas costas, descendo num toque cuidadoso e bem sentido por sua espinha até suas nádegas dentro da calça cáqui que vestia.

               Um simples beijo tinha ficado sério demais.
      Tinha perdido toda a aparente inocência de um simples beijo, a conotação do gesto havia se tornado claramente sexual ao passo que o kimono azul escuro descia pelos ombros de Hanae conduzido pelas mãos de Kitsune.
    Quando que em juízo perfeito poderia conceber que um garoto de dezessete anos é que despisse seu corpo, enquanto seus próprios dedos se atrapalhavam para abrir a calça dele, sendo a primeira vez em seus quarenta e quatro anos que sentia a ereção de outro homem entre seus dedos.
     E naquela cadência ardente, em que um perdia o resquício de timidez que tinha com o outro, não havia mais qualquer hesitação nos gestos de ambos quando Hanae imprensou Kitsune contra  mesa e o penetrou.

     Estava de costas para Hanae, seu corpo se dobrava contra a mesa estremecendo fremente.
    Não eram estocadas desesperadas de alguém que queria atingir com extrema urgência o orgasmo, mas sim estocadas de quem queria saborear o prazer, a primeira vez que Hanae Satsuki penetrava o traseiro apertado e quente de um adolescente.
    E cada vez que sentia Hanae indo e vindo dentro de si, sua respiração se descontrolava, os gemidos saíam entrecortados de sua garganta e num momento em que todo membro de Hanae estava dentro de seu traseiro, entre suas nádegas que se contraiam, seu olhar o buscou por cima de seu ombro e suas bocas se encontraram num beijo indecente.

    Foi nesse momento que seu celular tocou no bolso de sua jaqueta ainda em seu corpo.
__Se quiser atender... Você quem sabe...__ Hanae segredou com seus lábios ainda quase a se tocar.
     E um  tanto indeciso Kitsune sacou o celular do bolso e atendeu enquanto o corpo de Hanae se movia penetrando o seu...
__Oi...__ Kitsune atendeu num suspiro.
__Onde você está, garoto da cidade?__ Era a voz despreocupada de Datenshi.__ Acabei de chegar a Okami... Vim te encontrar.
     Estava quase tendo um climax ao ouvir a voz de Datenshi, era tão insólito que Kitsune se sentisse mais excitado do que nunca!
__Datenshi... Não sei te explicar onde estou... Deixa... Deixa que eu vou encontrar você...
__Que foi? Não está perdido, está?... Sua voz está diferente... Gosto dela assim.
__Não...__ Kitsune quase sussurrou enquanto Hanae investia deliciosamente contra seu corpo, encaixado em sua costas.__ Fique onde está... Eu... Eu já encontro você... Datenshi.
__Hum... Está certo.__ Datenshi disse divertido.__  Mas, se demorar... Sabe que eu vou atrás de você.
__'Tá... Até daqui a pouco...
    E encerrou a ligação, jogou o celular no meio da mesa. Não tinha como se segurar mais, gemeu alto sentindo seu corpo arder e gozou imprensado contra aquela mesa pesada de madeira sem verniz.
    Hanae o penetrou rápido, o som da pele se chocando contra a pele enchia o bangalô, o som era farto como o clímax que veio em seguida.

     Com seus corações disparados e Hanae abraçado as suas costas, os lábios dele encostado em sua pele, assim como a respiração forte daquele corpo satisfeito sobre o seu.
     Contudo, após o sexo consumado o silêncio recaiu dentro do bangalô.
   Kitsune se limpou e vestiu sua cueca e calça observando Hanae também vestir novamente o kimono de costas para ele, fazê-lo com a lentidão de seus pensamentos, talvez ainda tentando lidar com o que tinha acabado de fazer.
   O fato é que Kitsune não conseguia desviar seu olhar, sua atenção da silhueta de Hanae, o kimono azul escuro subindo pela pele clara madura, viu de relance que ele tinha uma cicatriz feito um rasgo nas costas, com uns dez centímetros de extensão e marcada indefinidamente pelos pontos que tinha levado.

     Outro fato importante é que Kitsune sentia que tinha mudado drasticamente durante aqueles três meses, ainda era um garoto hesitante e de personalidade apagada, mas era a primeira vez em sua vida que tivera êxito em seduzir alguém... E não se arrependia nem um pouco disso.
     Hanae era sua primeira conquista, porque até então havia se limitado a deixar-se conquistar.
     Entretanto, Kitsune teve medo do silêncio.
      De ser incompreendido e odiado em meio aquele silêncio.
      E agora sabia que Datenshi esperava por ele, quando ainda não queria deixar Hanae.
__Hanae...__ Kitsune disse, sua voz pequena.__ Está zangado comigo?
    E o perguntou quando ele ainda estava de costas, amarrando o obi na cintura.
__Não tem alguém esperando por você... Kitsune?
     Não havia um sentimento traduzível na voz de Hanae, ele amarrou firme o Obi na cintura e Kitsune não conseguia ler a expressão de perfil da face dele.
__Tem, mas... Não quero ir embora sabendo que tem raiva de mim...
__Você conseguiu as respostas que precisava?__ Hanae perguntou virando-se para Kitsune.
__Consegui... Mas, isso não seria possível sem você.
__Então... Fico satisfeito.
    A voz de Hanae era como a continuação de sua infinita reflexão, a voz calma em resumo de um ex-monge.

     Por sinal atraente em demasia para ser celibatário.
__Não quer saber o que eu decidi?__ Kitsune inqueriu vacilante.
    Hanae sorriu enigmático e ainda que não compreendesse o sorriso, Kitsune sentiu certo alívio.
__Só porque fizemos sexo...__ Hanae replicou.__ Acho que isso não me diz respeito.
     Kitsune sabia que era hora de ir, deu dois passos se afastando e como queria que ele soubesse sobre sua decisão, resolveu dizer indiretamente... Sabia que ele iria entender.
__Hanae... Posso vir te visitar outra vez?
    O que queria dizer que ficaria no vilarejo com Kanda e Datenshi.
    E Hanae não esboçou qualquer reação que pudesse ser lida ou interpretada.
__Se achar que precisa... Venha.
__Obrigado... Por tudo, Hanae.
    Não tinha qualquer abertura para se aproximar dele e por isso se afastava cada vez mais, Kitsune saiu do bangalô tendo um aperto estranho no peito e teve um pequeno sobressalto quando Hanae segurou de súbito a manga de sua jaqueta e tornaram a trocar olhares.
__Você ia esquecer o celular sobre a mesa.
     Suas mãos se tocaram quando deixou o telefone na palma de Kitsune que por sua vez entregou-lhe um beijo discreto no rosto, sorriu com os lábios selados e se foi.

13 comentários:

  1. Nossa agora estou com muita dó do Hanae T.T

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é para menos, não é?
      O Hanae foi a bem dizer um instrumento de mera conquista para Kitsune.
      (Obrigada por seu comentário, Rosana!)

      Excluir
  2. Olá Mel
    O Kitsune está a sair-se bem leviano..... no fundo quem sai mal de toda essa situação é o Hanae -.-"

    ResponderExcluir
  3. Bom dia (e talvez boa tarde?), Rima!
    Leviano e egoísta diga-se de passagem.
    Essa situação não vai mexer pouco com Hanae... Isso vai dar muito o que pensar.

    ResponderExcluir
  4. (Aqui já passa mesmo do meio dia ^^")
    Eu achei muito.... e para o Kitsune até parece que foi uma coisa boa.
    O único que parece ter levado a sério a situação foi o Hanae apesar de ter cedido á tentação.

    Mel eu achei um video que achei muito bonito vou-lhe enviar, ok? *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu esqueci de publicar o comentário ^^"

      Excluir
  5. O vídeo chegou bem antes do seu comentário, aí eu fiquei tipo: "De que vídeo ela está falando?"
    Depois entendi ^^"
    Olha, gostei muito do vídeo, viu? (muito embora, como nunca gostei da Chizuru, preferia shipar o Hijikata com o Okita ou com o Saito, mas o Saito com o Okita ficou muito lindinho de se ver)

    Para o Kitsune foi uma vitória para o ego dele.
    Para o Hanae vai ser motivo de muita reflexão... Embora ele tenha ficado neutro após o sexo, essa situação mexeu muito com ele.

    ResponderExcluir
  6. Eu imaginei isso quando percebi que não tinha publicado o comentário
    Eu achei bem lindinho.... já tinha visto á um tempo e reencontrei agora ( eu gosto de os ver .... a Chizuru foi uma avestruz que apareceu no meio)

    Eu fiquei a achar isso, que o Hanae ia meditar sobre o assunto, e certamente ele vai chegar á conclusão mais sábia.... já o Kitsune acho que nem vai pensar no caso

    ResponderExcluir
  7. Ah, como eu escrevi no e-mail para ti, vou salvar nos meus favoritos do canal do You Tube. :)

    Claro que o Hanae tem ao seu favor a maturidade para melhor refletir, no entanto... Corre o risco da razão dele ter uma voz pouca ativa em vista dos anseios do coração.

    ResponderExcluir
  8. Eu também.... mesmo esse canal tem mais videos Mel, mas esse foi o que gostei mais

    Tadinho.... chegue aqui á Caty que dá umas pancadinhas nas costas do senhor T^T

    ResponderExcluir
  9. Depois vou lá olhar (mas só bem mais tarde). Tem muitos vídeos nesse estilo nesse canal?

    Umas pancadinhas? Ai, ai...
    O Kitsune está indo encontrar o Datenshi logo depois de ter uma tremenda foda com um ex-monge quarentão... Imagina a situação!

    ResponderExcluir
  10. Tem alguns a maioria e com o Okita e o Saitou ou o Hijikata....


    Para consolar XD
    Eu já imaginei e no meu vai vai dar para o torto... mas o Kitsune é sortudo pode sair bem dessa situação...
    Bem Mel eu vou ter de sair
    beijinhos e até amanhã

    ResponderExcluir
  11. Então, se é para consolar... Lhe dê um abraço. ^^"

    Mas, ainda sim acho que o Kitsune vai ter que ter certo jogo de cintura para não cair na desconfiança afiada do Datenshi.

    Ok, minha amiga.
    Grande beijo e até amanhã! \o

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...