11.2.16

Love is strange Capitulo 23 por Rima-san


Capitulo  23
Todo o tempo do mundo não é suficiente para te amar

         Por insistência de Nobuhiko, Hisashi não foi trabalhar e ficou fazendo companhia na sua lojinha de floricultura, não tinha muito trabalho por assim dizer, apenas cortava umas tulipas para um arranjo que alguém lhe tinha pedido misturando-as com rosas de uma tonalidade mais clara.
Tinha pedido a Hisashi para enfeitar um vaso do jeito que ele quisesse e mesmo Hisashi dizendo que não sairia nada bonito Nobuhiko insistiu para ele o fazer e usar os materiais que tinha ao seu dispor.
Hisashi não entendia se aquilo não era uma encomenda apenas o estava mandando como se fazia a uma criança para a entreter visto que não tinha nada de melhor para fazer, ainda assim Hisashi tentou dar o seu melhor.

            Primeiro escolhendo minuciosamente a planta, uma orquídea de interiores com pétalas rosa , ficou pensando no jeito mais bonito de a enfeitar, acabou por cobrir o braço com um papel rosa prendendo com uma fitinha branca tentou inúmeras vezes ajeitar os folhos que o papel fazia mas isso apenas fez com que engelhasse o papel, como Nobuhiko tinha uma caixinha cheia de pequenos enfeites e retirou uma borboleta que colocou numas das folhas verdes da orquídea, não achava a necessidade de a embelezar mais, ainda assim ficou a encarando por um tempo.
_Já terminas-te?_ Nobuhiko perguntou deixando os óculos descer pelo nariz espiando por cima deles.
_Acho que se colocar mais alguma coisa fica exagerado demais._ Ainda olhava a planta como se faltasse alguma coisa.
_Se pudesses oferecer essa orquídea a alguém a quem oferecias?_ Debruçou-se sobre o balcão esperando uma resposta, Hisashi tocou as folhas da planta e entreabriu os lábios pensativo.
_Oferecia … a ti…_ Coçou os cabelos castanhos e riu desajeitadamente._ O que eu estou dizendo? Esse enfeite não esta nada de especial._ Nobuhiko saiu de trás do balcão e caminhou até junto dele.
_Então foi em mim que pensaste enquanto tratavas dela?_ Perguntou tocando-lhe o ombro e Hisashi corou._ Vou leva-la para casa._ segurou o vasinho e ousou-o beijar, mas o sininho da porta tilintou e afastaram-se._ Só mais uma coisa, está linda._ Sorriu caminhando até ao balcão, uma senhora vinha buscar o ramo que Nobuhiko tinha feito e olhando a orquídea acabando por elogia-la, dizendo mesmo que outro dia passaria para compra-la ou uma igual.
 _ Viu como a senhora gostou…_ Nobuhiko comentou desligando o computador.
_Ela achou foi a planta bonita.
_Mas a beleza da planta fica mais sofisticada com um pequeno toque._ Piscou-lhe o olho e lhe tocou o ombro._ Vamos para casa?
_O trabalho está todo feito?
_Por hoje está._ Deixou Hisashi sair primeiro para fechar a porta, já em casa  Nobuhiko preparou um jantarzinho leve ambos comeram do shushi e beberam saquê a conversa tornou-se animada e no termino arrumaram a cozinha antes de subir para o quarto.
_Devia ir tomar um banho._ Nobuhiko comentou afastando seus cabelos prateados da frente do rosto.
_Ainda vais a tempo._ Hisashi tinha fechado a persiana pois a noite já tinha caído e ajeitava as cortinas.
_Só que eu quero aproveitar esse tempo contigo._ Nobuhiko se chegou manhoso roubando-lhe um selinho.
_Tens tempo do banho._ Hisashi mais uma vez corou sentindo aquelas mãos deslizarem pela sua face.
_Mas eu tou louco de desejo…. Ainda tenho que testar se uma certa coisa esta funcionando direitinho._ Riu baixinho puxando-o pela camisola e jogou-o na cama.
_Claro que está isso nem se duvida._ Não o conseguia encarar apenas se deixava levar pelos beijos que percorriam seu corpo e que levavam para longe a roupa que vestia, em pouco tempo suas ereções se roçavam e seus olharem se entrelaçavam tentando passaram a mensagem dos sentimentos que nutriam um pelo outro
          E quando menos esperou Hisashi foi possuído por Nobuhiko seus braços fortes o envolviam e seu corpo quente apenas transmitia a ardência do desejo de o ter ainda mais, apenas para si e Hisashi se entregava-se  por completo.
Aquelas caricias, aqueles beijos aquele corpo junto ao seu, somente isso reconfortava todo o seu ser..

6 comentários:

  1. Foi um capítulo bem romântico ^^"
    Hisashi estava mesmo precisando desse chamego...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim! Hisashi merece o melhor! Só tem que se livrar daquela louca :D

      Excluir
    2. Olha, acho que o Nobuhiko bem vai se encarregar disso :)... Em parte. (Rima, ainda me mata por eu dar spoiler)

      Excluir
  2. Ainda Bem que gostaram.... foi um bom capitulo até fofo de escrever ^^"
    O próximo talvez nem tanto -.-"
    ( Mel eu não a mato porque depois não posso ler seus capitulos :p)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não duvido, esses dois são puro amor.
      Ah, nem tudo são flores...
      (Olha minha sorte! ^^")

      Excluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...