17.3.16

Gato de Rua Capítulo 4 por Tsubasa Taiga


Eu não me lembro mais da verdade...

05 de janeiro – parte 03
Sawamura Daichi x Kuroo Tetsuro

...por Kuroo Tetsuro

No estacionamento eu vi Kenma Kozume soltar minha mãos duas vezes por causa do Daichi. Ele nem se dá conta do quanto me machuca. Sua única preocupação é o Daichi não interpretar mal a nossa relação. Kozume tem medo que ele descubra sobre nós. Se é que existe “nós”.

_ Me desculpe... – a voz de Kozume era tímida e escondida dentro daquele lábios delicados.

Ele parecia ter tomado consciência do que fez. Ele está arrependido. Tenho vontade de provocá-lo ainda mais. Quero que ele me note. Quero que ele escolha a mim.



_ Por que você está se desculpando? – perguntei apesar de já saber a resposta.

Eu só queria ver a sua reação. Quero que ele sinta culpa por ter me magoado. “Eu sou uma pessoa horrível”. Ele parece um animal assustado e indefeso. “Quero abraçá-lo”. Mas ele fugiu de mim antes que eu pudesse me aproximar. Ele continua fazendo isso. Sempre saindo da minha vida sem dar explicações. Ele só desaparece sem que eu possa alcançá-lo. Mas eu sei ser paciente. Vou esperar até que ele esteja pronto. Até que ele também me queira.

Enquanto eu vejo Kozume ir embora mais uma vez, sinto o olhar de Daichi me perfurar. Eu não me importo com esse desgraçado. Mas não vou deixar ele continuar machucando o Kozume.

_ O que foi isso? – Daichi estava furioso. Sua voz era baixa, mas sua raiva era percebida no seu tom ríspido.
_ Não é problema seu – respondi.
_ Tetsu, o que você pensa que ‘tá fazendo?
_ Eu já disse... NÃO É PROBLEMA SEU – bravejei.
_ Kozume é meu... nem pense em tocar nele.
_ Ele não é uma propriedade sua.

Daichi me tirava do sério. Kozume não é uma coisa para pertencer a esse cretino pretensioso. Eu tenho vontade de quebrar a cara dele.

_ Ele nunca vai ser seu.
_ Isso é o que nós vamos ver – respondi.
_ Ha,ha... não é de você que o Kozume gosta, sabia? – ironizou.
_ Você tem certeza? – retruquei – Talvez amanhã o Kozume se apaixone por outra pessoa.
_ Você nunca vai roubar o Kozume de mim.
_ Isso é verdade... mesmo porque não dá pra roubar uma coisa que nunca foi sua.

Eu o enfrentei. Sempre foi assim. Desde crianças eu nunca me dei bem com o Daichi. Nós sempre estávamos brigando. Ciúme, inveja. Sempre quisemos as mesmas coisas. Somos mais parecidos do que queremos admitir. E estamos apaixonados pela mesma pessoa.

_ Pra um mentiroso você é muito insolente... eu fico imaginando a reação do Kozume se ele descobrisse quem você é realmente... será que ele te perdoaria? – Daichi destilava veneno nas suas palavras.
_ Perdoar... a quem? – retruquei – A mim ou a você?
_ Você é só um pirralho abusado.
_ Eu não sou mais uma criança.
_ Não me interessa quem você seja... apenas fique longe do Kozume – ameaçou.
_ Eu não vou desistir do Kozume... nem mesmo por você, Daichi-niisan?

Dei as costas para o Daichi e sai do estacionamento. Eu já havia ido muito longe nessa história para voltar atrás. Não importa as consequências ou as relações que eu destrua pelo caminho. Se o Kozume estiver feliz terá valido a pena. Mesmo que a sua felicidade signifique magoar meu próprio irmão. Mas para o Daichi é impossível fazer o Kozume feliz. O amor deles nunca vai acontecer. Eu não vou perder o Kozume uma segunda vez.

4 comentários:

  1. bom dia, Tsubasa adorei o capitulo que vc postou, ansiosa por proximo obrigada pela historia ela esta lindissimaaaaaa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu que agradeço...
      eu estou amando escrever essa história...
      gostaria de ter mais tempo para escrever mais rápido

      ... beijos super FOFOS

      Excluir
    2. boa noite TSubasa, por favor continui escrevendo gato de rua estou ansiosa pra ler o proximo capitulo.

      Excluir
  2. bom dia, Tsubasa adorei o capitulo que vc postou, ansiosa por proximo obrigada pela historia ela esta lindissimaaaaaa.

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...