6.4.16

Love is strange 2 Capitulo 6 por Rima-san


Capitulo 6
O hospede, centro das atenções

Atrasou-se um pouco e quando chegou a casa o almoço já estava sendo colocado na mesa, não se lembrava de ver a mesa assim cheia alguma vez, era apenas para quatro pessoa mas parecia dar um ar totalmente diferente a seu ver um ar cheio de alegria.
_Nossa…não iam começar sem mim?_ Nobuhiko deu um risada e pouso a bolsa que trazia.
_Muito trabalho?_Hisashi perguntou colocando as ultimas coisas na mesa.
_Algum…_ Encostou-se a uma das cadeiras e não deixou de reparar nos olhos negros e grandes do menino  que o observavam.
_Boa tarde…_ Disse timidamente sendo apertado por Masaki.
_Olá onii-chan! Estava cheio de fome…. Ainda bem que chegas-te já podemos atacar a comida né?_ Arrastou a cadeira e sentou-se.

_Não mudas mesmo…_ Nobuhiko arrastou a cadeira._ A comida tem bom aspeto, foste tu Hisashi? Imagino que com uma ajudinha de Tetsuo…_ Tetsuo sentou-se sem dizer nada.
_Na verdade Masaki também ajudou._ Hisashi afirmou e foi o ultimo a sentar-se á mesa.
_Isso foi um verdadeiro milagre! Que se passou para tal acontecimento?_ Nobuhiko provou da comida e ainda que aparentasse calmo, estava um pouco tenso imaginando se seria aprovado pelo filho de Hisashi.
_Puxa… eu só queria ajudar, além do mais ouvi dizer que tinham planos para sair de tarde._ Hisashi e Nobuhiko trocaram olhares._ É para ir a algum parque de diversões? Piscinas ?
_ Na verdade não.. pensemos em algo mais calmo, melhor dizer mesmo ir ao Shopping…_ Nobuhiko afirmou e não viu grande reações.
_A verdade é que o Nobuhiko acha que eu preciso de um novo guarda roupa que o meu está fora de moda._ Hisashi argumentou enquanto comia.
_Tetsuo-kun certamente concorda comigo não é?_ Nobuhiko conseguiu desse jeito captar  a atenção do menino que o fitou antes de responder.
_Eu… bem… pai talvez umas roupas diferentes façam parecer-te menos cota._ Seu pai fez uma careta e ele teve quase vontade de rir._ Que foi? Eu só disse o que achava…
_Eu realmente pareço cota?_ Pensou para si, que realmente estivesse a ficar velho e ainda assim não o queria parecer perto de Nobuhiko.
_Pai…_ Tetsuo revirou os olhos e comeu.
_Parece que tá decidido vamos ao shopping._ Não parecia ser muito do agrado de Masaki mas concordou._ Vamos no meu carro, ok?
_Masaki tu adoras dar nas vistas não é?_ Masaki riu das palavras do seu irmão e ambos continuaram o almoço.
No termino Nobuhiko e Hisashi arrumaram a cozinha nesse curto espaço de tempo Tetsuo tinha vontade de espiar o resto da casa, mas não se sentia á vontade para o fazer sem autorização acabou esperando até á hora de saírem para irem ao shopping, ficou surpreso daquele audi vermelho pertencer a Masaki, perguntava-se que tipo de trabalho ele teria para ter um carro daqueles, e olhando bem para ele conduzindo de óculos de sol os cabelos prateados meios apanhados com uns ganhos, era tão bem apessoado que Tetsuo se lembrava que talvez trabalhasse num host club ou algo do género.
Quando chegaram ao shopping Nobuhiko pediu dicas de qual seriam os modelos de roupa para o seu pai e desse jeito conseguiu uma certa abertura para os dois falarem e rir das provas de Hisashi enquanto Masaki achava aquilo uma seca e se apaixonava por uma t-shirt com uns grandes lábios desenhados e cobertos a lentejoulas.
_ Finalmente Hisashi-san agora tem um guarda roupa novo completo._ Masaki comentou segurando a sacola ao ombro.
_E tu que compras-te?_ Nobuhiko perguntou olhando a saca que ele trazia.
_Uma camisola só…_ Retorquiu e um sorriso enviusado apareceu em seu rosto em virtude de uma ideia._ Né… porque vocês dois não vão dar uma voltinha e eu vou dar outra voltinha com o Tetsuo?_ Abraçou o miúdo e piscou o olho para o casal.
_Talvez seja uma boa ideia, entretanto eu e Hisashi podemos levar essas compras ao carro._ Nobuhiko  sugeriu e Masaki lhe deu as chaves do carro afastando-se com o garoto, Hisashi segurava a mão de Nobuhiko e ainda olhava  para trás vendo os dois se distanciar, o dia corria rápido e só tinha mais um dia para estar com o filho ainda que transbordasse de felicidade uma pequena angustia começava a nascer.
Para Tetsuo o dia estava sendo agitado em demasia, tanta coisa nova e agora se sentia perdido com um desconhecido que lhe puxava o braço e lhe sorria como se conhecessem á anos, não sabia bem o que sentia mas aquele dia estava tornando-se especial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...