17.4.16

Mel Caramelo & Chocolate Rewrite Capítulo 101 por Mel Kiryu


Capítulo 101 As provas contundentes de um engano cruel

   Primeira semana de novembro

    Não via Datenshi e Kanda desde que partira para a Capital em meados de agosto.
Todavia, costumava ligar duas ou três vezes no mês para o celular de Datenshi para saber como os dois estavam indo, se tinham o dinheiro necessário para as despesas e para obter notícias sobre os estudos de Kanda.
   Era a primeira ligação de Mika naquele início de novembro.

   Datenshi falava ao celular dentro da estufa cheia de cactos no quintal.
__A calefação da casa está funcionando direito, Datenshi? Sei como Hajiketa é frio nessa época do ano... Uma friagem que se sente nos ossos.
__Tudo bem com a calefação, Dona Mika.__ Datenshi retorquiu bem humorado.
__E Kanda? Como tem se saído na escola?... Não o deixe faltar às aulas por motivos bobos.
__Nem precisava perguntar, mãe... Kanda é o aluno exemplar que eu nunca consegui ser.__ Datenshi replicou tendo um pequeno sorriso no rosto suave.__ A senhora vem para o aniversário dele na próxima semana?
__Não... Sem chance.__ Mika disse mais secamente.__ Estou atolada de trabalho até o final do ano, penso em visita-los no Ano Novo, talvez. O que você acha que ele gostaria de presente? Vou depositar um cheque para você comprar o que ele quiser... Acha que vinte mil ienes bastam?
__Mãe... Se a senhora viesse sairia mais barato e faria Kanda um pouco mais feliz.
__Só que isso está fora de questão.__ A voz de Mika soava incisiva.__ Desde que seu pai faleceu tenho trabalhado dobrado... Não vou deixar nosso padrão de vida cair, quero continuar a dar o melhor a vocês dois.
__É justamente por isso, mãe.__ A voz de Datenshi também estava mais grave.__ Eu não gostava do meu pai, mas não ignoro como Kanda o amava apesar de tudo... Esse é o primeiro aniversário dele sem o papai.
__”Apesar de tudo”?__ Mika inqueriu com cisma na voz.__ O que está insinuando, Datenshi?
__Nada... Nada mesmo.
__Se precisar de algo mais para o aniversário de Kanda, é só ligar ou deixar uma mensagem... Sabe que respondo na primeira oportunidade.__ Mika retrucou sem calor algum na voz.__ Cuide de tudo por aí, conto com você... Datenshi.
                                                               ***************

              Não ouviu Datenshi se despedir, ele apenas desligou e encerrou a ligação.
   Mika colocou o telefone sem fio na base, teve vontade de se deixar cair na cadeira de seu escritório, mas apenas apoiou as mãos na mesa e suspirou.
   Andava tão cansada, trabalhando em mais processos judiciais do que poderia dar conta.
 Mas, naquele sábado Mika estava em casa.
 Era a primeira vez que mexia nos pertences de seu marido falecido em agosto.
 Que mexia nas roupas cuidadosamente arrumadas no closet, nas gavetas de sua escrivaninha.
 Tanto Mika quanto Hikaru eram individualistas, nunca tinha mexido nos pertences guardados na escrivaninha, nem fazia ideia do que havia lá.
   Mas, o que quer que fosse pensava em jogar fora.
   Ficou surpresa quando achou uma filmadora portátil, num lampejo de memória lembrou-se da ocasião em que Hicaru resolveu compra-la e também sua própria voz dizendo que ele estava gastando dinheiro atoa.
   Nunca de fato tinha visto Hicaru usa-la.
   Pelo menos, era o que presumia.
       Debaixo de umas folhas, notas e documentos achou uma caixinha de madeira com três pen drives.
    Poderia simplesmente ignorá-los...
    O que poderia ter dentro deles?
    Documentos em PDF?
    Arquivos em Mp3?
    Não fazia diferença.
    Mas, Mika olhava para os Pen Drives e examinou um a uma entre os dedos.
         Os três juntos somavam 48 gigas.
         Não conseguia sossegar sua curiosidade... Voltou ao seu escritório com os três dispositivos portáteis e conectou um deles na entrada USB de seu notebook ligado sobre a mesa.
     Não demorou e o computador reconheceu o primeiro Pen drive, a janela abriu na tela e olhou com desconfiança quando leu o nome dado ao dispositivo conectado: Meu Kanda 8 Gb.
     Abriu o conteúdo e contabilizou dez arquivos de vídeo em formato AVI.
     Mika estava a cada segundo mais intrigada quando moveu o cursor do mouse e clicou duas vezes sobre um dos vídeos.
     Pelo ângulo de filmagem, percebia-se que a câmera tinha sido deixada imóvel sobre talvez uma prateleira e focalizava Kanda sentado de fronte a uma mesa sobre o colo de Hicaru.
    Contudo, não era visível na filmagem o rosto de Hicaru.
    Mika sabia que tratava-se de seu marido porque reconhecia as roupas que ele usava, o cenário.
    A princípio parecia um vídeo de Kanda fazendo a lição de casa sentado no colo do pai, se não lhe falhava a memória ele tinha seis anos.
   Ia fechar aquele vídeo e abrir outro quando algo começou.
   Kanda parou de escrever no caderno a se retrair e as mãos de Hicaru passeavam pelo corpo do menino, subindo-lhe a blusa.
    O lápis tremeu entre os pequenos dedos de Kanda, percebeu que Hicaru dizia algo e no mesmo segundo Mika subiu o volume do áudio.
      "Continue a escrever... Faça sua lição, Kanda..."

        Já que Hicaru estava de costas, Kanda não podia ler seus lábios, tão pouco ouvir sua voz.
    Por isso, Kanda apertava os olhos com seus lábios devidamente trancados enquanto o pai o alisava a cada segundo de modo mais íntimo.
    A intenção sexual ficava descaradamente a mostra, via um pedaço do queixo de Hicaru, a boca dele, a língua valsando na orelha do menino, era nítido o movimento de seus corpos sentados na cadeira... Hicaru fazia o traseiro de Kanda esfregar sobre a sua ereção...
     Mika fechou o vídeo estarrecida, a garganta seca por completo, tocou os lábios num gesto coberto de incredulidade.
     
 

35 comentários:

  1. Oi Mel
    A Mika é sempre tão fria em relação ao kanda... pode ser que depois de ver aquele vídeo mude ..ou ainda fique pior

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rima-san!
    Ela nem vai saber o que pensara princípio, ficará estarrecida e motivada a descobrir mais e mais... E possivelmente, vai ficar ainda mais estarrecida!

    Eu estou assistindo o segundo episódio daquele anime que a gente combinou de ver. Sobre Rakugo... Conseguiu ver o primeiro episódio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah no fundo ainda vai dizer que o marido esta bem e debaixo da terra

      Ainda não. .. tou pensando assistir amanhã

      Excluir
    2. Vamos colocar que ela sente falta do marido e ,es,o que ela o veja molestando o filho adotivo, seria uma forma doentia de matar a saudade que sente.

      Veja sim, pois estou louca para comentar!!
      Eu acho que não bato bem... Eu meio que shippo o Yakumo com o Sukeroku (não seria bem um "Romance", está mais para "Bromance"... Você já ouviu falar desse termo?)

      Ah! E terminei o capítulo 5 do livro, tô lendo o 6... Daqui a pouquinho chegou no 8 e a gente pode começar a ler juntas!

      Excluir
    3. *ela sente falta do marido e mesmo que ela o veja molestando... (comi tanta letra que tô cheia)

      Excluir
    4. Meio que entendi mas de duas uma ou ela vai sentir nojo de Kanda ou pena dele...

      Eu vi esse dois juntos mas nao sei o que quer dizer esse termo não. ..

      Eba mas a Mel lê rápido. .. aida vou dar um revisada no oito para relembrar o que li :p

      Excluir
    5. Não... Depois de tudo seria loucura se ela sentisse nojo do Kanda, eu mesmo entraria na estória e a jogaria de um penhasco.

      Então, "bromance"é a relação íntima, mas não sexual entre dois homens... É o afeto demonstrado entre os dois homens, dentro de uma amizade bem estreita...

      Leio rápido e com empolgação! \o

      E também quero saber se você se identifica mais com o Yakumo ou com o Sukeroku ^^" Se bem que tenho um palpite que é com o Yakumo...

      Excluir
    6. Rsrsrsr ao menos que tente estreitar os laços com o filho

      Tou entendo... tipo shounen ai
      Bem que ja tou com vontade de ver

      Fico feliz em saber : )

      Puxa tenho que assistir para lhe dizer

      Excluir
    7. Ela deve tentar sim, embora quase não a tempo...

      Não é bem Shonen ai, mesmo porque o anime é até classificado como josei... Mas, você sente no segundo episódio que é flashback das memórias do Yakumo que ele e o Sukeroku se tornam amigos bem íntimos... que falta em um, o outro supre sabe? Mas, é melhoe esclarecer que eu acho que você vai se identificar com o Yakumo jovem, não com o Yakumo do episódio 1 (que aliás para minha surpresa tem 40 minutos de duração).

      Excluir
    8. Mas bem o quase faz toda a diferença
      se você o diz começo a achar que sim mas ainda nao vi
      Puxa o unico anime que vi com episodios dessa duração foi pyscho pass new edit

      Excluir
    9. Faz sim, por sorte.

      Mas, pelo o que pude perceber os outros episódios tem duração de 24 minutos. O primeiro foi mais para introduzir e explicar o rakugo.

      Excluir
    10. Mas para o kanda vai ser complicado não?

      Ah assim uma pessoa pode entender melhor né?

      Mel sabe... ainda nao lhe contei uma coisa -.-"

      Excluir
  3. O que não é complicado para o Kanda?

    Hum... Que coisa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aceitar a mãe tipo ficarem mais próximos digo eu

      Amanha faz uma semana que o Tiago foi para França

      Excluir
    2. Ainda não cheguei nessa parte...

      E o que ele foi fazer na França? Trabalhar?

      Excluir
    3. Entao nem a Mel sabe dizer

      Foi trabalhar sim como calceteiro

      Excluir
    4. Pior que não... Hoje mesmo está uma luta para escrever... cada hora é um filho que me interrompe e outro indivíduo que às vezes me irrita...u.u

      E ele vai demorar a voltar?

      Excluir
    5. Mel nao diga que o individuo a irrita vai que ate gosta que a chateie
      Por isso que digo que nao vou ter filhos

      Acho que vem em maio passar um fim de semana mas a obra em questao é para meio ano

      Excluir
    6. Não, não gosto que me chateie... Ele ficou bravo comigo porque eu não quis sair e ir a um encontro literário em que uma amiga dele é escritora e ia estar autografando o livro, eu disse a ele que não me interessava em bajular escritoras que não me interessam e ele ficou com raivinha...
      Bom, os filhos não são ruins... Mas, olha que ocupam mesmo um bocado do nosso tempo.

      Então, ele tem trabalho para muito tempo...
      Ainda bem que tem por aí o Lívio para te fazer companhia na pastelaria, ele parece que é cliente assíduo.

      Excluir
    7. Ah quem nao ficava afinal queria sua companhia
      Mas sessao de autografos parece meio chato sempre imagino que essas coisas tem muita gente

      Sim vai e pelo que sei no final da obra se quizer ficar o senhor oferece mais trabalho
      Tem dias esta semana ten falhado algumas vezes hoje à noite nao veio
      ...

      Excluir
    8. Ele pode ter minha companhia em casa, não precisamos sair para isso.
      Ele acha que eu devia publicar profissionalmente o que escrevo, por isso ele queria que fôssemos ao encontro literário, mas eu não curto esse meio cheio de pessoas esnobes e inteligentes...

      Hum, mas o Tiago parece que é bem chegado à família... Acho que ele sente falta de casa e não consegue ficar tanto tempo longe.

      Excluir
    9. Isso é verdade mas sempre se quer sair com a pessoa que se gosta né?
      Nisso tenho que concordar com ele a Mel tem bastante potencial
      Agora esses meios tambem nao sou fã

      É verdade e ja tive com a mae dele depois disso e notasse que ta bem tristonha
      mas nao é a primeira vez que ele vai

      Excluir
    10. Podemos sair durante a semana, sem compromisso...

      É claro, a mãe sempre sofre com a partida dos filhos... É uma constante preocupação.
      E é pelo trabalho, é preciso compreender.

      Excluir
  4. Imagino que quem nao quer sair agora é ele

    E ela é bem agarrada os dela sempre os trata com se fosse bebês
    É preciso compreender aceitar as vezes é que não

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, se ele não quiser o azar é todo dele :p

      Desculpe a demora, estava fazendo algo para o povo aqui de casa comer.

      Excluir
    2. A serio eu acho que voces devem ser um casal bem comico

      Sem problema eu estava falando aqui para um senhorcquecdiz que vou gicar para tia porque me embrulho toda para falar
      Outro dia disse que andava apaixonada e que o rapaz em questão É bom rapaz é mesmo conversa de bebado -.-"

      Excluir
    3. Às vezes nossa relação tem mesmo sua graça ^^"

      Você estava conversando com um senhor aí na pastelaria?

      Excluir
    4. Bem me parecia que sim e eu acho que deve ser bom assim : )

      Sim é um cliente frequente
      Mora mesmo por cima da pastelaria

      Excluir
    5. É assim mesmo... TEM SEUS ALTOS E BAIXOS. :D (Mas, tem horas que me irrita além da conta, é mais velho do que eu, mas tem hora que ganha na infantilidade)

      Ah... É o pai daquele garotinho fofo? Que me mandou uma foto certa vez?

      Excluir
    6. Rsrrrs tou me perguntando afinal quem dos dois e mais infantil

      Nao é o vizinho do lado. Esse tambem foi para Franca. ..
      mas tem uma filhota tambem muito fofa
      E a esposa nem se fala as vezes poem no fora da porta e quando comeca a discutir é show para tidosr assistir

      Excluir
    7. É páreo duro... Uma vez sonhei que ele estava me traindo e acordei metendo socos nele, rsrs... De vez enquanto a gente ri disso, ainda bem que ele não levou a mal. :p

      A França fica pertinho, né?
      Shiii... Eles brigam assim com platéia? 0_o
      Olha, tem um vizinhos aqui em frente a minha casa que quando dão para discutir, parece que estão dentro da minha casa.

      Excluir
  5. Serio Mel isso deve ter sido o cumolo evidentemente isso fico para a história

    Digamos que sim... outras vezes parece muito longe
    As vezes sabe ele bebe demais nao fica agressivo nao mas gasta muito dinheiro no jogo
    Gente que discute é assim nem apercebe o berreiro que faz

    ResponderExcluir
  6. Fica sim... Até meus netos rirão disso um dia :P

    Verdade, eu acho que eles não se dão conta mesmo do alarde, mas é muito desagradável quando isso acontece.

    ResponderExcluir
  7. Mel ta pensando noz netos?

    Entao para filhos nem quero imaginar...

    Mel eu vou ter se sair
    beijinhos e ate amanha ♡

    ResponderExcluir
  8. Sei lá... De vez enquanto eu penso... Tô com um pézinho nos quarenta anos afinal.
    Para os meus filhos eu já contei e eles riram... Fazem até piada disso.

    Até amanhã, Rima!
    Bom descanso <3

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...