22.4.16

Tulipa Vermelha Capitulo 14 por Rima-san


Capitulo 14
O inicio de uma noite de magia

         Dois dias se tinham passado e o dia do hanabi Takai enfim tinha chegado e Kaoru estava mais nervoso duque imaginava, Mamoru tinha combinado de se encontrarem em sua casa e esperava ansioso por tocarem na campainha.
        Vestia uma Yukata azul escuro listrado com um obi beije, tinha os cabelos apanhados por um a fita, não sabia mais o que fazer  já desapensado olhava o seu reflexo  no telemóvel, quando foi surpreso por uma batida na janela  da sala que dava acesso á varanda.
Abriu a janela  e deparou-se com Mamoru encostado á grade com os cabelos negros dançando com a leve brisa, suas presas faziam o sorriso parecer mais afiado , Kauro não controlou o impulso e o abraçou.

_Quê isso? Só saudades?_ Beijou-lhe o canto do  lábio e entrou para dentro.
_Devias sentir-te feliz._ Caminhou atrás dele e encarou que se sentou no sofá e abriu um leque._ Afinal vieste de Yukata.
_Tinha um a ganhar mofo lá em casa e decidi vesti-lo só para não me chateares mais._ Kaoru lhe sorriu e puxou-lhe pelo braço.
_Estás lindo assim_ Mamoru vestia uma yutaka preta com um obi prateado._ Agora vamos?_ Mamoru concordou e os dois foram a pé, estava uma noite quente ideal para os namorados saírem, mas Mamoru sentia uma presença se aproximar e não tardou a descobrir de quem se tratava.
_Miyo! Agora viraste stalker ? _ Mamoru perguntou ríspido e Kaoru segurou em seu braço assustado.
_Kaoru, seu desmancha prazeres… eu apenas queria descobrir onde ias vestido desse jeito._ A rapariga apareceu fazendo seus cabelos esvoaçarem e brilharem como os reflexos da lua.
_Quem estraga tudo és tu! Não vês que estou num encontro._ Kaoru ainda não tinha largado o seu braço e encarava a rapariga de cabelos loiros lembrando-se bem dela esse seria o seu terceiro encontro.
_Ah vai… eu também queria ir ao hanabi, eu não tou gira._ Deu  meia voltinha mostrando seu Kimono moderno, bastante cortinho e seu decote mostrava seus atributos.
_Estás gira e bem capaz de engrampar outra pessoa para te acompanhar!_ Desdenhou.
_Qual o problema de ela ir connosco, quando chegarmos depois se vê._ Kaoru interferiu não largando  o braço de Mamoru.
_Kaoru é um fofo._ Deu um pulinho de alegria e levou a mala ao ombro caminhando na frente deles._ Então? Não vêm? Estão a ficar lentos._ Mamoru suspirou e os dois caminharam na companhia alegre daquela rapariga.
Ao chegarem junto do lago kawaguchiko, podiam ver as luzes refletidas na águas, os barcos afastando-se das margem carregando a pólvora usada para os fogos de artificia e muitas pessoas passeando alegres pelo local.
_A noite não podia estar melhor._ Kaoru deslizou a mão pelo braço de Mamoru e seus dedos se entrelaçaram nos dele.
_Ainda podia estar melhor._ Retorquiu olhando de soslaio para Miyo, que já ia começar um discurso quando foi interrompida.
_Kaoru, é uma surpresa ver-te por aqui._ Logo Mamoru puxou Kaoru para junto de si como se estivesse fazendo de escudo protetor.
_Também uma surpresa ver-te aqui._  Kaoru mostrava-se constrangido com a situação e seu braço tremia envolvido no de Mamoru, encarando Yato com sua filha pequena.
_ A Yuri queria vir._ Justificou-se pegando na menina.
_Olá Kaoru-sensei._ A menina lhe acenou e Mamoru se mostrou ainda mais irritado a intimidade que eles pareciam ter.
_Olá Yuri-chan._ Sorriu para a menina de quatro anos  que logo quis ir ao chão.
_Que menininha linda, como ao pai._ Miyo se intrometeu avaliando o belo homem na sua frente.
_Miyo-chan porque não fazes companhia a esse senhor eu e o Kaoru temos mais que fazer._  E mesmo Kaoru ainda tentando argumentar Mamoru o puxou com toda a força afastando-o para bem longe, se aquela noite tinha sido planeado com tanto carinho por Kaoru não seria um mero humano a estraga-la.
E Miyo encarava o belo homem na sua frente e imaginava que também a sua noite não estaria estragada, só dessa vez não se importaria de ajudar Mamoru se fosse para manter Yato distante dos dois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...