29.5.16

Boys Out of Print Capítulo IX por Mel Kiryu


Capítulo IX
   
     Trajava um jeans estonado, a camisa de malha.
     A toalha estava em seus ombros e seu cabelo recém-lavado pingava.
     Stephen entrou descalço no quarto e surpreendeu Lysander de costas, falando discretamente em seu celular.
   No que as dobradiças rangeram de leve, Lysander se virou de lado e olhou furtivamente na direção de Steph para depois simplesmente encerrar aquela ligação.    
    Steph continuou mirando-se em Lys enquanto encostava vagaroso a porta de seu quarto, mas este lhe negava o olhar.

     Um CD do Fairport Convention tocava em baixo volume ao fundo, a canção Fotheringay.
     O clima que pairava dentro do cômodo era demasiado anuviado.
     A música folk acentuava a melancolia incompreensível do instante.
      Somente quando Steph sentou-se na beira da cama e puxou os tênis que estavam debaixo dela é que tomou coragem de perguntar.
__Lys... Quem era no celular?
__Era a Lauren.
    Era o resumo da tragédia, Stephen teve essa nítida impressão. Não apenas pelo fato de ter sido Lauren, mas acima de tudo pela voz de Lys estar anestesiada ao extremo e nunca tinha-o visto tão cabisbaixo em todos esses meses que eram amigos.
    Além da ausência de palavras que veio em seguida, que por alguma razão parecia deixar tudo pior.
__Lys?...__ Stephen parou de calçar o primeiro tênis, segurava-o pelo calcanhar.
    A noite já tinha caído e Lysander havia deixado apenas a luz de uma luminária acesa, presa a cabeceira da cama.
__Você não disse que tinha um encontro? Vá de uma vez.
    Estava sendo expulso do próprio quarto? Stephen franziu o cenho a olhar a silhueta de Lys.
__Escuta aqui, seu abusado!...__ Stephen se ergueu apenas com um dos pés calçados, tinha conseguido enfiar o calcanhar no tênis, o outro pé estava descalço.__ Não pode me pedir indiretamente para ficar sozinho... O quarto é meu!
    Lysander cruzou os braços, mas do ângulo que o observava, tinha a impressão que ele estava abraçando a si mesmo, sem se mover.
__E também...__ Steph prosseguiu, menos invocado.__ Não pode me pedir para te deixar sozinho... Quando está triste.
__Você mesmo disse que tinha um encontro... Com o tal do "Gregory da vitamina de morango".
                Não ignorou a provocação sutil na voz de Lys... O tal do "Gregory da vitamina de morango".
         Steph bem que tentava decifrar o que esse provocação sarcástica significava.
__Esquece o encontro! O que houve? Que foi que a Lauren disse?
__Que... Que achava melhor que tudo terminasse... Entre ela e eu.
__Mas... Por quê?
__Faz diferença por que?
    Lysander sentou-se na cama e jogou uma perna por cima da outra, seu corpo levemente inclinado para trás, sustentado pelos braços, suas mãos espalmadas nos vincos da colcha limpa.
   Parecia estar meramente buscando perceber a música que ecoava no ar, aspirando o ar da noite penetrando a janela aberta do quarto.
     Mas, toda essa pose era fachada.
     Stephen conhecia Lys o suficiente, sabia que ele estava se fazendo de durão.
__Hum! O que está esperando, Steph? Está ridículo calçando só um pé do tênis.
   O comentário fez Steph arrancar o tênis em seu pé, tinha os cadarços desamarrados. De modo que foi muito fácil tirá-lo do pé e jogá-lo por cima de seu ombro.
    Sob o olhar forjadamente indiferente de Lys.
    E sob esse mesmo olhar, a trilha que volta e meia mudava no CD Player, Steph também sentou-se na cama.
__Queria minha companhia, não é? Pois, conseguiu... Então, para de fazer cena.__Steph refilou.__ Conta logo o que aconteceu, Lys... Não faz sentido ela ter terminado, Lauren era pior que meleca nos dedos.
__Enquanto você estava no banho... Atendi a ligação dela... Ela pirou quando eu disse que estava no seu quarto, falou um monte. Mal deixou eu argumentar... No meio disso tudo, disse que era melhor a relação terminar.
__Uma pessoa legal nunca termina um relacionamento por telefone... Isso não se faz.
    Lysander perdeu sua pose, umedeceu os lábios com a ponta da língua e fungou, talvez fossem as palavras de Steph vindas num sussurro amigo afetuoso, tão estritamente compreensivo. A mão dele que tocou seu ombro numa suave massagem e foi parar em sua nuca, o que num silêncio menos umbroso levou Lys a encostar a cabeça em seu ombro.
     Uma onda de felicidade convulsa, inconsequente, tomou conta de Stephen.
     Não que estivesse feliz com a tristeza de Lys, mas estavam tão próximos...
     Tinha partido de Lysander buscar abrigo em seu quarto por uma noite e ele queria sua companhia, precisava de seu consolo e por isso acabou envolvendo Lys no aconchego de seus braços, a cabeça dele aninhada em seu ombro enquanto aspirava-lhe o aroma de seu cabelo.
     'Talvez, ele precise chorar um pouquinho...', Steph pensou.
    Fechou os olhos enquanto o abraçava esperando ouvir algum resquício de pranto, um pequeno soluço seco.
      Contudo, em vez disso... A voz de Lys, nada de soluços secos.
       Apenas um cochicho quente.
__Sua pele tem um cheiro tão bom... Gregory vai lamentar.
__Por que falar no Gregory?... Achei que o problema era a Lauren.
      Stephen falou bem baixo, ligeiramente desnorteado. Achou mesmo que tinha entendido errado  e em vez de ouvir alguma resposta verbal, sentiu o rosto de Lysander se mover, a ponto do nariz dele esbarrar em seu pescoço.
      A respiração dele, tão morna, fez a pele de seu pescoço se arrepiar.
      Censurou-se achando que suas reações não passavam de equívocos, mas toda censura desmoronou quando em vez da ponta do nariz, sentiu os lábios dele deslizarem com doçura encantadora, subindo por seu pescoço numa lentidão absurdamente deliciosa.
       A cadência de suas respirações se iguala, ambas mais rápidas, dobrando de intensidade.
     Quando os lábios de Lys mordiscaram seu queixo, os braços dele também tomaram seu corpo.
     Um apertava o outro, seus corpos e vontades se encaixavam, se moldavam.
     E tornou-se impossível de conter tão logo suas bocas se mesclaram num beijo.
       Nada parecido com o dia em que Steph provocara o beijo e Lysander simplesmente deixara se beijar...
         Havia um glorioso desejo espocando em seus céus da boca.



34 comentários:

  1. Oi Mel
    eu vou ficar com pena do Gregory afinal o Stephen ja à muito que abandonou a ideia de sair com ele

    ResponderExcluir
  2. Bem... Abandonou mesmo.
    Mas, isso não quer dizer que o Gregory vai esquecer do Stephen... Ou que isso vai terminar assim.
    Só abandonou porque o Lys fez uma chantagem emocional das boas.

    Ontem eu dei continuação a leitura do Pássaro de Corda, até que enfim o Toru teve relações com a Creta Kano, mas podia ter mais detalhes. O sonho que ele teve com a Creta foi mais erótico do que o sexo que tiveram.

    ResponderExcluir
  3. Quer ver aue o Gregory é daqueles tipos insistentes *-* adoro a ideia

    Verdade o sonho foi bem mais erotico , fazendo sexo daquele jeito parece aue fez só por fazer

    ResponderExcluir
  4. Claro que o Gregory vai tentar se aproximar de novo, vai ter sua chance.

    Parece que falta ao Toru um certo fulgor sensual... Ou o Murakami é que fez parecer muito morno pela ausência de detalhes.
    Mas, não entendi bem porque a Creta achou ruim deixar de ficar insensível por causa do noboru wataya... Ele nem a penetrou e ela se considerou violada.

    ResponderExcluir
  5. Começo a adorar cada vez mais a personalidade do Gregory

    Verdade... ele parece mesmo morno no sexo e nunca se o vê tomando a inciativa ou agarrando a mulher com quem dorme com aquele desejo
    Eu achei que ela fez parecer o Noboru pior duque é alem disso nao se pode considerar violada com ou sem penetração visto que elw tinha pago para estar vom ela

    ResponderExcluir
  6. Mas, infelizmente espere certa resistência da parte do Stephen... Ele está ceguinho pelo Lys.

    Cara, a Creta estava dormindo nua e parece que ela tem um corpo lindo... Eu só de imaginar os detalhes fiquei com vontade de tocar nela (ao me colocar no lugar do Toru). Nenhum homem num estado de safadeza normal resistiria a uma visão real dessas...
    A Creta tem uma personalidade frágil e estranha.
    Mas, pensando bem, a May também é um bocadinho complicada... Falta-lhe bom senso, embora ela pareça ser uma pessoa divertida.

    Ah, Rima... Acabei de ver o episódio 11 do anime do Rakugo... Foi o episódio mais fofis até agora *-* (episódio com criança envolvida é sempre tocante para mim), mas pressinto que aquela mulher vai estragar tudo no episódio 12...

    ResponderExcluir
  7. O problema as vezes é uma pessoa estar cega por outra é o caso do Stephen auando o lysander dá um pouco de abertuda fica todo contente e logo assim é capaz de apanhar uma desilusão

    Rsrsrs eu pensei que ele a fosse agarrar longo o jeitinho fragil dela é bem atraente mas parece que com o toru so mesmo uma mulher o provocando para ele fazer alguma coisa
    A May é nova alias ela mesmo admite que é virgem mas ja teve um namorado e acho aue gosta mesmo do toru

    Ta na parte que conhece a pequenita que faz rakugo ? Acho que deve ser dos episodios mais felizes

    ResponderExcluir
  8. Pois é... E é sempre um pouco de abertura, nunca o Lys dá uma chance de abertura total. O Steph parece um cachorrinho -.-"

    Eu sei que a May é nova e que tem mesmo atração pelo senhor Pássaro de corda, mas ao mesmo tempo ela provoca, mas mantém uma distância respeitável.

    Ah, nem fale. Foi bonitinho demais ver a Konatsu se dar bem com o Kikuhiko! Cortando o cabelinho dela <3 E os dois interpretando o Rakugo juntos (o Sukeroku e o Kikuhiko ^^")


    ResponderExcluir
  9. E eu detesto isso espero aue o Stephen chegue à realidade cedo

    Sim... transformando a do tipo de amiga que nao vai mas acima que isso
    Apesar que na parte que vou ele esqueceu se vompletamente dela

    Ele até que conseguiu conquista la só que depois ela se vai virar contra ele logo logo percebe os motivos

    ResponderExcluir
  10. Triste dizer... Mas, demora.

    Não faço muito ideia da onde essa estória do pássaro de corda vai parar.

    Claro... Se percebe no primeiro episódio, mas a Konatsu sempre teve uma índole forte, gosto dela. E bem... Eu acho que o Kikuhiko se tornou ainda mais frio na superfície por ter que assumir o título de Yakumo da 8° geração. Ele queria que o Sukeroku se tornasse o Yakumo, suspeito que isso ficou eternamente mal resolvido para o Kikuhiko.(Mas, ainda sim... Somente suposições.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normalmente é assim demora muito tempo para entender isso

      Olhe quer saber nem eu! Acho aue os impossíveis podem acontecer

      Ficou no fundo ele que educou a Konatsu entao acho que ela se tornou p espelho duque o kikuhiko queria ser

      Excluir
  11. E por que, né? Quanto tempo perdido por alguém que não merece.

    E você ainda vai mais adiantada do que eu, isso quer dizer que afora os fatos que se acrescentam, pouca coisa muda.

    Talvez... Mas, a Konatsu também é orgulhosa, isso é um obstáculo, ao menos sinto que pareça dessa forma. (E sempre foi fã número um do pai dela, compreensivo em parte o modo como ela age).
    Mas, bem que aquele mulherzinha ordinária podia ter morrido sozinha. (Ódio eterno por ela).

    ResponderExcluir
  12. Verdade só de pensar no tempo perdido uma pessoa ainda fica mais deprimida

    Muda algumas afinal o toru vai passar a ser uma pessoa roca ou aparentemente é

    Demasiado orgulhosa faz as coisas do jeito dela sem se importar com o resto
    Podia porque nao soltoram a mão dela ?

    ResponderExcluir
  13. É por isso que em muitas partes da vida, é preferível não olhar para trás.

    Mas, não é algo que mude toda uma sina...É?

    Eita, mas se for analisar, a mãe dela era um bocado assim também (só que com uma grande propensão a crueldade).
    Sukeroku é muito bonzinho... Isso chega a ser um defeito.

    ResponderExcluir
  14. Outras vezes é bom uma pessoa tambem vê o que cresceu

    Eu nao sei ainda tou muito no inicio dessas mudanças o gato apareceu isso pode ser um bom pressagio

    Bem e como ela diz herdou uma parte do pai outra da mãe
    Ele foi bom demais ate ao final

    ResponderExcluir
  15. Olha que eu já tinha esquecido do gato... Nem pensava que fosse aparecer nessa altura.
    Só espero que o livro não termine em aberto, com o incolor Tsukuru Tazaki.

    É... Acho que meio que isso acontece com todos os filhos.
    Mas, havia coisas que eu via na minha mãe e dizia a mim mesma, "neste ponto não quero me parecer com ela, quero fazer o extremo oposto."
    Meu pai... Bem, ele é uma pessoa doce.
    A gente é uma mistura dos pais, mas desenvolve nosso próprio caráter e personalidade e o amadurecimento nos torna únicos.
    Mas, o Sukeroku podia ter sido melhor com ele mesmo... Achei injusto ele brigar como Kikuhiko, jogar uma série de coisas na cara dele... Se o Sukeroku acabou expulso pelo mestre, foi por culpa dele mesmo (e da antiga rixa do mestre Yakumo da 7° geração como o Sukeroku original).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aparece e o toru muda lhe o nome entao eu acho que se pode dizer que é um novo comeco
      Eu ja tenho minhas duvidas em relacao ao final

      Mel eu dizia o mesmo da minha mae que nao queria ser como ela e ainda penso do mesmo jeito e se tiver filhos acho aue daeei uma educacao diferente (nem sei porque penso nisso )
      Mas eu fico triste quando dizem que sou parecida com ela ja la em casa dizem que eu tenho uma personalidade que nao é identica a ninguém ai eu me sinto mais orgulhosa

      Ah ele acabou tracando um destino sombrio para ele

      Excluir
    2. Mel eu vou ter de sair
      acabei de bener o meu leitinho de jantar e vou fazer a limpeza na pastelaria para ver se fecho cedinho que amanha faco manhãs
      depois ja tenho a tarde livre para por a escrita em dia
      Beijinhos e ate amanhã

      Excluir
    3. Muito sábio mudar o nome do gato.
      O ser humano é assim.
      Precisa marcas as mudanças, novos marcos.
      Também passei por isso, fiquei bem mal na semana que fiquei doente e quando comecei a melhorar... Eu quis mudar algo para marcar um momento melhor, então cortei o cabelo curto... Na altura do ombro e fiz franja, coisa que eu não usava a quase dez anos.

      Fisicamente dizem que sou parecida com minha mãe, mas a personalidade nada tem a ver com a minha. Eu gosto de ser uma pessoa livre em muitos sentidos... Ter minhas escolhas, sem que seja para agradar aos outros. E eu gosto de ser verdadeira comigo mesmo... E fazer coisas irresponsáveis quando me dá na telha, porque ninguém é de ferro. É normal ouvir da minha mãe: "Meu Deus, mas você parece criança..."

      Isso mesmo... O próprio Sukeroku e mais ninguém.

      Excluir
    4. Fui digitar uma resposta enorme e só agora vi que se despediu.
      Tudo bem.
      Até amanhã, Rima-san!
      Bom descanso.

      Excluir
    5. Oi Mel ainda assim eu vi a sua resposta, o que eu mais queria ver era a Mel de franjinha, deve estar uma fofura *-*

      Excluir
    6. :p Não sei não... Ainda estou acostumando com minha cara quando me olho no espelho.

      Oi, Rima!

      Excluir
    7. Ah de certeza que esta linda, sei lá lembrei que deve estar parecida com a Lua, ela não usava franja?

      Excluir
    8. Sim, a Lua usa franja... Mas, a Lua é muito mais bonita ^^"
      É engraçado quando a gente corta radicalmente o cabelo, quase dá para se sentir outra pessoa.

      Excluir
    9. que é isso? A beleza dela sai a alguém
      Verdade quando cortei o meu curtinho senti-me bem diferente, agora tou deixando ele crescer mas parece que ele não cresce

      Excluir
    10. Para minha raiva e desilusão, quando os três nasceram ouvi que os bebês pareciam com o pai! (Depois diziam que as crianças eram uma mistura do pai com a mãe)
      Pô, qual é... Nome meses esperando a criança, sentindo enjoos, engordando feito leitoa para ouvir isso? Ninguém merece...

      Cresce sim, a gente não pode é ficar ansioso.
      O meu como não estava ligando, quando me dei conta cresceu horrores, fiquei com um cabelão 0_0 (Agora também não tô com pressa que cresça)

      Excluir
    11. Rima, qual foi o último capítulo que me mandou de Kimi o ai? Já postei todos?

      Excluir
  16. Sabe depois que crescem eles mudam e de certeza que algum agora se parece mais consigo
    rsrsrsrs é o que toda a mãe diz, carregando filho nove meses para ter a cara do pai

    Eu já to para ai deixando crescer desde Novembro ....
    A Mel deve ter um cabelo lindo, mas evidente se cortou agora é porque não o queria grande

    Foi o 47 o ultimo que enviei, acho que o ultimo que postou o 46

    ResponderExcluir
  17. Mas o cabelo parece que custa a crescer quando é ondulado, mas claro que cresce! (lamentavelmente todos os pelos do corpo, detesto me depilar)
    Como eu te disse, eu precisava marcar a nova fase de algum modo... E como não consegui cuidar do meu cabelo com decência no período que fiquei doente, isso ainda contribuiu para tomar essa decisão.

    Agora que eu achei o e-mail (não me lembrava dele), mas já tinha feito o download do capítulo para a pasta. Obrigada por me lembrar.

    ResponderExcluir
  18. É o que dizem cabelo ondulado não se nota tanto o crescimento mas cresce igual
    (Então somos duas faço isso resmungando comigo mesmo)

    Cabelo curto sempre é mais facil de lidar, eu mesmo não sei se ainda mudo de ideias

    De nada :)
    Alias terminei agora um capitulo trabalhoso sabe....
    Aquele em que o Tetsuo e o Hitaki conversam eu não queria que ficasse igual ao seu mas ao mesmo tempo não queria que ficasse uma conversa que parece diferente...
    Bem eu vou lhe enviar :)

    ResponderExcluir
  19. Foi muito trabalhoso o capítulo?
    Também estou num capítulo trabalhoso na estória do anjo.
    Já recebi. :D

    ResponderExcluir
  20. Foi um pouco andei alguns dias mexendo nele.... não queria que parecesse plagio do seu -.-" Porque a conversa é a mesma
    Depois se quiser ler e dar sua opinião tudo bem :)

    Espero que não seja trabalhoso devido ao Saejin -.-"

    Mel eu vou ter de sair
    Beijinhos e até amanhã

    ResponderExcluir
  21. Ah, mas é uma conversa base...Não seria plágio de qualquer modo.
    E pelo que eu percebi você não usou a conversa toda, apenas os fragmentos mais importantes dela (sim, eu já li).

    É o Saejin mesmo que o torna trabalhoso.

    Até mais ver, Rima!
    Beijos e bom descanso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E sobre seu capítulo que me enviou agora, não se preocupe que ficou muito bom.
      Agora é ver o que vai ser do reencontro do Masaki com o Tetsuo *-* (porque esses dois prometem)

      Excluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...