11.5.16

Kind of Blues – Episódio 7 Parte 8 por Mel Kiryu

Fonte da Imagem deste post: Always Rainig Here (a webcomic by Hazel & Bell)

Kind of Blues – Episódio 7 O fio vermelho do destino desamarra sem querer
Parte 8 (por Hitaki Kiriya)

       Descobri naquela manhã o porque de Togashi ser considerado um professor tão inacessível.
     Sua figura como professor nada tinha a ver com o homem que tinha negociado carona comigo na ocasião em que eu estava perdido de casa, aquele homem fogoso, de ímpeto voraz que me inspirava paixão.
      Ao desempenhar seu papel de mestre, Togashi era curto e direto, pendendo ao frio.
      Tão inexoravelmente sério e contudo inegavelmente atraente.
      A classe inteira mirava-se nele em contemplação profunda e eu não sabia dizer se era uma atitude respeitosa, visto que nem todos na Turma A mostravam tanto interesse quanto deveriam perante outros professores.
     Não podia ser desse jeito apenas porque ele era filho do Reitor.
     Era por causa dele?
     De sua personalidade imponente?
     Sua voz firme surtindo algum efeito hipnótico?
      Kurage tinha razão de ficar bravo comigo, havia certo descaso em mim com relação ao Togashi Yuki.
     Nós éramos amantes e eu sabia tão pouco sobre ele. Não estava interessado em sua posição de prestígio na faculdade, eu não precisava dele para ter privilégios acadêmicos.
     Eu já tinha conquistado isso com meu próprio esforço.
    E mesmo durante sua aula, fiquei pensando no meu celular que tocou abandonado e esquecido no quarto do Albergue.
                                                               *********
   
             Encontrei Tsukemi no refeitório da faculdade na hora do almoço, sentamos juntos.
           De dentro do refeitório lotado, ouvíamos trovejar.
__Outro dia chuvoso em Sunakawa...__ Tsukemi suspirou.
__Nem fale... Não vejo a hora desse período de chuvas terminar.
__Mas, essa estação mal começou...__ Tsukemi replicou a sorrir placidamente, apertando de leve os olhos.__ Não gosta de chuva, Hitaki?
__Não é que não goste... Só estou com saudade de olhar para as noites estreladas.
    Eu também suspirei, só que bem mais melancólico... As noites estreladas estavam diretamente relacionadas a Satomi.
__Tsukemi... Não é difícil para você estar na faculdade onde seu avô é o reitor?... Quero dizer... Ser sobrinho do professor deve ser complicado.
__Claro que é chato.__ Tsukemi retrucou depois de mastigar.__ É difícil fazer amigos de verdade... As pessoas acham que tudo é mais fácil quando seu avô é o reitor, recebo olhares estranhos de alunos que mal conheço.
__Sei o que quer dizer...
__Meu tio foi atrás de você ontem, não é?__ Tsukemi perguntou apoiando seu rosto em sua mão, seu cotovelo estava na beira da mesa.
__Não vou dizer que achei ruim ser surpreendido por ele... Mas, isso é intimidador.
__Você passaram a noite juntos, hum?
    Tsukemi falou mais baixo, sorriu sugestivo.
   Eu encarei minha tigela, meu rosto se aqueceu de um modo desconcertante.
__Foi...__ E pigarreei.
__A que ponto chegamos... Meu tio está com tanto ciúme de você, que não posso ficar no apartamento dele.
     Havia um lamento suave na voz quase sempre neutra de Tsukemi.
__E você é meu melhor amigo nesse lugar...__ Tsukemi deu uma olhada nos arredores, o som da chuva despencando se fazia notar mais a cada instante.__ Não sei o que Yuki está pensando.
__Desculpe, foi minha culpa... Eu não devia ter pedido para você fazer segredo da minha permanência no curso de verão.
   Mesmo assim, ele não parecia aborrecido e ainda conversamos em meio ao falatório no refeitório, ao som abafado da chuva e volta e meia das trovoadas.
    Depois assistimos ao restantes das aulas.

    No final daquela tarde, Tsukemi quis me acompanhar até o Albergue.
   Fomos caminhando sob a chuva, dividindo o meu guarda-chuva.
   Era uma sensação nostálgica porque me remetia aos dias que Satomi e eu caminhamos de braços dados dividindo o mesmo guarda-chuva.
     Eu podia ouvir nitidamente a voz sarcástica de Satomi em minha cabeça:

     "Quem é maluco de ficar estudando nas férias de verão? Só você mesmo!"

     Satomi tinha feito esse comentário dez dias antes do início do curso de verão e tantos dias depois não poderia fazer mais sentido.
    Para que fui me distanciar dele? Por que eu tinha que ser tão estúpido?
    Se eu ficasse perto de Satomi, ainda que somente como amigos, eu teria mais chance de reconquistá-lo... Não é?
       Ao menos, em teoria.
       Hitaki, seu idiota!
       Eu sorri para Tsukemi enquanto ele fazia algum comentário, mas eu mal ouvi de fato o que foi dito por ele.
   

15 comentários:

  1. Olá Mel
    Tudo bem?
    Sabe.... acho que acabei prestando mais atenção no Tsukemi, no facto de ele parecer tão solitario e a tarefa dificil de encontrar alguém que seja de verdadeira confiança para ele

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rima! De novo vi seu e-mail quando estava buscando o Luan na escola. ^^"
    Mas, hoje não deu para te avisar do meu celular, estava meio tumultuada a saída.

    O Tsukemi é um personagem que eu gosto de explorar, mas não tenho muita chance.
    Ele é mesmo solitário, por isso é tão apegado ao Togashi Yuki.

    ResponderExcluir
  3. Imaginei que fosse isso
    Espero que nada de mais tenha acontecido

    Afinal ele é um personagem secundário.... ele é bem apegado ao tio por isso que cheguei a desconfiar que ele meio que gostasse dele

    ResponderExcluir
  4. Não, não houve nada demais... A saída da escola que foi meio desordenada.

    É um personagem secundário, mas é estranho que eu como autora não consiga tanto manipular os fatos para que ele sobressaia mais no enredo. Eu até tenho umas ideias para ele... Mas, ainda não sei como vou encaixar...
    Rima, ele tem é uma queda por outra pessoa, não é pelo tio dele não.

    ResponderExcluir
  5. Isso acontecia muito na minha escola agora acho que o regime está mais controlado e mesmo á saida tem que se picar o cartão, então tem que ser em fila

    Isso é porque ele não quer ser sobressaido na sua história então :p
    Quando menos esperar se faz clique, eu agora estou escrevendo love is strange
    Será que essa pessoa por quem ele tem uma queda, seria o Hitaki?

    ResponderExcluir
  6. Regime controlado? Hum... Aqui passa longe.

    Será? Bom... O tsukemi é muito discreto.
    Tão discreto que não consigo fazê-lo sobressair mais :p
    Na verdade, mais pra frente vai entender melhor, o Tsukemi gosta mesmo é do Satomi! O que para o Togashi é no mínimo muito conveniente...

    ResponderExcluir
  7. Aqui tentasse o cartão magnetico cada vez tem mais utilidades, agora os pais em casa pode ver o registo duque os filhos compram na escola e o que compram.... mas no fundo tem suas falhas, porque ainda vejo muito garoto fugindo da escola e ninguém faz nada

    rsrsrsrs e como se tivesse uma nuvem tapando sua essencia
    Eh ele gosta mais dos rebeldes, não sei é se o Satomi olharia para ele, mas para o Togashi ele fazerem um parzinho era mesmo bem conveniente!

    ResponderExcluir
  8. Na escola do Luan creio que não tenha muito esse problema de alunos fugindo da escola, porque é do Jardim II ao quinto ano... Mais da metade das crianças precisa aguardar os pais para poder ser dispensada.

    Olha que é bem por aí... Talvez porque o pai dele queira que ele seja algo que ele não pode ser, o Tsukemi não se consegue mostrar por inteiro.
    Não sei se o que atrai mais o Tsukemi é rebeldia do Satomi, mas ele se sente mesmo muitíssimo traído por ele. (Não pense que o Togashi gosta da ideia a princípio, porque o Togashi considera o Satomi um pouco dele também).

    ResponderExcluir
  9. Isso é bom... E os pais ter que ir buscar os filhos sempre é a melhor forma, ou eu que gostava que meus pais me fossem buscar.... eu sempre ia a pé com outros colegas meus, só me lembro de minha mãe me ir buscar em dias chuvosos

    Talvez seja nesse ponto que ele veja em Satomi algo de especial o facto de Satomi fazer o que quiser ( entre aspas) mas é livre para decidir o que quer enquanto Tsukemi tem que viver o mundo que os outros decidiram para ele
    ( rsrsrs o Togashi é bem ciumento, devia era deixar o Satomi ir de vez..)

    ResponderExcluir
  10. Mesmo que a escola seja perto da minha casa, prefiro mil vezes ir buscar do deixa-lo vim sozinho... Só mesmo quando for para o sexto ano e mudar de escola é que vou permitir e mesmo assim, se ele quiser que eu vá busca-lo eu vou, não me importo.

    Com certeza, o Satomi diz e vive o que quer, ele desafia o Togashi na frente do Tsukemi! Isso deve mesmo gerar um fascínio.
    (Põe ciumento e possessivo nisso! Mas, depois acho que ele vai começar a achar interessante essa possível aproximação do Tsukemi para com o Satomi)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rima, vou ter que me ausentar para fazer o jantar.
      Por isso, vou me despedir de ti, está bem?
      Obrigada pela conversa e eu te desejo uma ótima noite.
      Bom descanso e um grande beijo estalado na bochecha ^^"

      Excluir
  11. A Mel é uma mãe galinha :p

    Eu imaginei que fosse algo assim que fascinasse o Tsukemi, no fundo ele é um passarinho preso dentro de uma gaiola
    (Oh e depois de entender a proximidade entre os dois até doa o Satomi por completo ao Tsukemi)

    Ok
    Um otimo TUDO para si :)
    Beijinhos para si também

    ResponderExcluir
  12. Oi Mel
    Tudo bem?
    Eu tou aqui acabando um capitulo ainda envio hoje fresquinho ;)

    ResponderExcluir
  13. Oie Mel, tudo bom?
    Ainda não pude ler os capítulos em atraso, mas só passando pra avisar que estou viva xD (por enquanto)
    Faculdade está me comendo viva :v
    só essa semana tem três provas e dois trabalhos xD
    Bem :3 qualquer dia que der eu venho colocar em dia os capítulos
    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavinha, não esquenta ^^!
      Daqui a pouco vem as férias, não é?
      Quando puder, apareça... Sabe que é sempre um prazer.
      Vou te esperar, viu?
      Grande beijo.

      Excluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...