3.6.16

Kimi o ai hajimeru Capitulo 47 por Rima-san


Capitulo 47
O retorno de sentimentos indesejados 

             Ainda era apenas quarta feira, ou seja meio de semana e como era previsível mais um dia para ir ás aulas, Shuji e Tadashi não acordaram com o despertador mas sim com o telemóvel de Tadashi a tocar, o numero era privado e ainda como sono achou melhor atender, contudo ficou deveras intrigado ao ouvir aquela voz do outro lado da linha.

_Bom dia meu docinho de mel, já tinha saudades tuas.
_Kazoumi?_ Engoliu a seco depois de dizer aquele nome que só lhe causava arrepios._ O que tu queres?
_Como te disse tenho saudades tuas._ Podia imaginar o sorriso pervertido, Tadashi ficava anestesiado ao ouvi-lo._ Quero estar contigo…
_ Votas-te ao nosso pais?_ Shuji sem entender bem a conversa sentou-se ao lado a escutar.
_Sim e estou mais perto de ti duque julgas._ De novo aquele sorriso se insiunava, Tadashi conseguia o ver sem estar na sua frente, aquela sensação assustava-o.
_Nem…nem…_ Sua voz falhava mesmo não querendo, cerrou o punho tentando ganhar um pouco de confiança, sabia que se a perdesse, perderia para Kazoumi._ Nem sequer penses em te aproximar, eu chamo a policia?
_E fazes o quê?
_Eu sei todos os teus podres, nem preciso de te acusar de abusos, a policia está atrás de ti se bem me lembro por fraude, se não queres ficar com a vida arruinada mantém-te longe!_ Avisou e desligou ofegante, todo o seu corpo tremia, estava cheio de medo e logo  abraçou Shuji, era seu único alente, o único que lhe dava firmeza, com ele ao seu lado não tinha porque ter medo.
_Quem te ligou era aquele  individuo que eu estou imaginando?_ Shuji inquiriu, mantendo o tom de voz cavo.
_Era Kazoumi, ele voltou…_ Tadashi fungou não desgrudando de cima de Shuji.
_Não te preocupes, com a ameaça que lhe fizeste ele não vai ter coragem de aparecer._ Acariciou-lhe os cabelos, tentando ele mesmo se controlar._ Além disso eu estou aqui não deixo que nada te aconteça_ Olhou para o gato preto que entrava para o quarto sem permissão e prosseguiu._ E Kuro também não deixa, se Kazoumi aparecer ele crava-lhe as unhas pela certa!_ Tadashi acabou rindo com a situação, Kuro era apenas um gato normal, não era nenhum tipo de gato com super poderes que previa quem era os vilões.
Almoçaram e foram para a escola,   Tadashi foi todo o caminho sobressaltado achando que a qualquer momento daria de caras com Kazoumi, mas isso não aconteceu, chegaram á escola cedo e Ikki também já tinha chegado, sinal que daria tempo para conversarem.
_Oi Ikki! Então esse teu novo emprego está correndo bem?_ Shuji perguntou tentando mostrar-se animado, pensava para si mesmo que se fizesse tudo parecer um dia normal Tadashi não pensaria tanto em Kazoumi e Shuji bem sabia o mal que isso lhe fazia.
_Bem._ Deu de ombros mais não parecia o mais animado.
_Então? Que se passa puto?_  Shuji de novo perguntava.
_É que sabem… acho que esse negócio nem é  bem a minha onda._ Suspirou  caminhando ao lado deles.
_Mas afinal que trabalho é esse?_ Tadashi acabou perguntando para não se perder no meio  da conversa.
_Eu.._Ikki tricou o lábio._ Eu tou trabalhando como modelo._ Admitiu e não viu qualquer reação de estranheza nos dois._ Mas…mas é modelo feminino! Eu fico andando de saia, sapato e sei lá mais o quê é disso que eu não gosto!_ Parou de andar e seu rosto pareceu inchar, estava envergonhado pela sua confissão, estava irritado porque não gostava daquela sensação e muito menos entendia o que aqueles dois estariam a pensar.
_Modelo feminino?_ Tadashi retorquiu para si ao passo que Shuji se ria sem ainda dizer uma palavra que fosse.
_ Eu tou te imaginando de saia._ Seus olhos quase choravam de tanto rir._ Deves ficar uma fofura, até eu te saltava em cima.
_Isso não tem piada!_ Ikki fez beiço e começou a andar depressa ainda mais chateado.
_Ei espera!_ Shuji depressa o alcançou e envolveu um braço á volta daquele pescoço fininho._ Mas diz lá Ren adorou?
_Acho que sim…_ O menino parou e corou, Ren tinha estado ao seu lado o tempo todo a tentar descontrai-lo, tinha que mostrar a sua gratidão de alguma forma._ O problema está em mim eu não me sinto bem daquele jeito em frente a uma camara, se fosse só para o Ren.._ Suspirou e sentiu o rosto de Shuji perto do seu.
_Se fosse só para o Ren ele ia ficar bem excitado né?_ Disse baixinho o suficiente para Tadashi ouvir e lhe puxar pelas pontinhas do cabelo.
_É cedo demais para Ikki ficar ouvindo tuas idiotices!_ Desdenhou cruzando os braços._ Ikki talvez o que te falta é confiança e se tens o Ren te apoiando porque não tentas mais umas vezes? Não desistas á primeira ai se não der certo desistes._ Tadashi sorriu amável e Shuji pensava para si que o seu namorado era melhor a dar concelhos duque a cuidar da sua própria vida.
_Tens razão Tadashi, obrigada!_  Desabafar com alguém era sempre bom e Shuji e Tadashi eram os únicos em quem Ikki conseguia confiar , iria-se aventurar a tentar ser modelo mais uma vez no final estava ansioso para ver a primeira edição em que apareceria como modelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...