8.6.16

Love is strange 2 Capitulo 16 por Rima-san



Capitulo 16
A singela bolha de sabão

A sexta feira tinha se passado a voar e  como combinado Tetsuo iria aquela noite para casa do seu pai viu o audi cinza estacionar junto á sua casa e despediu-se da sua mãe contudo teve a agradável surpresa de deparar-se com Masaki em vez de Nobuhiko, depois de saber pelo menino que ele passaria a sexta feira em casa do seu irmão, chateou aqueles  dois para ser ele a ir busca-lo e levou emprestado o carro de Nobuhiko.

_Por um momento fiquei confundido se seria o Nobuhiko-san ou tu._ Tetsuo sorriu ajeitando o cinto.
_Quis te fazer uma surpresa._ Masaki piscou-lhe o olho e arrancou._ Mas eu acho que tem tempo suficiente para tu não me confundires com o Nobuhiko.
_Não…. Não assim tanto tempo, mas….. _ O menino olhou pela janela a noite caia e tinha a barriga vazia._ Acho que te conheço bem.
_Porque será?_ Masaki se animava, gostava de ouvir o menino falar porque as palavras dele sempre eram poucas._  Gosto da tua sinceridade… Por isso é que gosto de ti._ Tetsuo encarou-o e nada argumentou, corou ligeiramente e voltou a olhar pela janela do carro vendo a paisagem mexendo-se constantemente, logo Masaki elevou o som do rádio, Tocava uma musica dos The Beatles  e logo Masaki se pôs a cantar.
“ We all live in a Yellow submarine.
Yellow submarine, Yellow submarine”
Sei jeito divertido e apaixonado fazia Tetsuo rir e ao som do Yellow Submarine os dois chegaram a casa de Nobuhiko e Hisashi, o jantar os esperava e Tetsuo cheio de fome porque nem sequer havia lanchado foi o primeiro a ser servido.
_ Filho estavas esfomeado, heins?_ Hisashi comentou levantando-se para pegar a salada de fruta.
_Só um pouco…_ Tetsuo sorriu desajeitadamente para o prato._ A comida estava boa._ Sua voz suou tristonha mas tentou recompor-se, tinha passado o dia trancando no quarto pois tinha discutido com a sua mãe, Ina alegava que Tetsuo estava sendo comprando por presentes do pai, coisa que Tetsuo negava, gostava de estar com aqueles, era tão simples quando isso mas para sua mãe as coisas não eram vistas com tanta facilidade.
_Ora o puto tá em fase de crescimento tem que comer bem._ Masaki argumentou em sua defesa bagunçando-lhe os cabelos.
_Vocês os dois andam muito amigos._ Nobuhiko estreitou o olhar na direção dos dois e mastigou o pedaço de pêssego na sua boca.
_ Mas nós dois somos amigos_ Tetsuo justificou-se na sua ingenuidade._ Pai quer saber uma coisa, Masaki ontem me levou a uma gelataria, foi bem fixe.
_Eh a gente para a próxima também quer ir._ Hisashi começava a gostar daquela amizade, sabia bem que o seu filho tinha dificuldade em estreitar laços com outras pessoas e se tinha saído com Masaki era bom sinal, já Nobuhiko fitava descaradamente seu irmão como quem dizia “ Vou-te matar seu cretino!” Pois melhor que ninguém conseguia ler os pensamentos de Masaki.
_Bom eu queria tomar um banho._ Masaki recostou-se na cadeira de barriga vazia._ Ia ser legal um banho a dois, não me importo de esfregar as costas a alguém.
_Masaki banho depois de comer não faz muito bem._ Nobuhiko alertou.
_Desmancha prazeres! Se for um banho rapidinho não faz mal a ninguém e com esse calor… depois até se dorme melhor._ Tetsuo olhava os dois._ Não achas Tetsuo?_ O menino estremeceu, percebeu de imediato que seria a vitima.
_Eu… eu não acho nada!
_Porque a gente não toma banho junto vai ser divertido?_ Masaki arrastou a cadeira e levantou-se._ E segurou pelos ombros de Tetsuo.
_Porque eu?_ O menino apenas queria um buraco para se enfiar percebia o olhar de Nobuhiko e o riso contido do seu pai.
_És o único que não se importa né?_ Masaki piscou o olho e Tetsuo se calou._ Vá lá bem comigo._ Tornou a insistir e o garoto acabou sedento, pondo suas condições, entraria primeiro para a banheira afim de não mostrar sua nudez e Masaki lá teve de concordar.
Sentando dentro da banheira, deixando seu corpo coberto pela água tentava não olhar Masaki que se despia e entrou dentro da banheira bem na sua frente, aquela banheira de um momento para o outro pareceu se tornar pequena para dois, para Tetsuo era constrangedor ainda assim não conseguia desviar os olhos do corpo belo e nu de Masaki, quando ele lhe pediu para esfregar suas costas receou tocar aquela pela macia, mas acabou deslizando delicadamente os dedos naquelas costas, o que lhe chamava mais a atenção era a bonita tatuagem com flores de cerejeira e o nome de Nobuhiko, realmente o irmão devia ser uma pessoa muito especial para ter o nome dele gravado na sua pela para toda a sua vida.
Depois de enxaguarem saíram da banheira, Tetsuo pegou uma toalha para se limpar e log percebeu os olhares na sua direção.
_ Não… fiques olhando assim para mim._ Tetsuo retorquiu deixando cair a toalha nos ombros.
_Porque não posso?_ Masaki inquiriu parando de secar os cabelos._ Se tu ficas-te o tempo todo olhando para mim…._ O menino entreabriu a boca mas não sabia o que dizer, Masaki se aproximava dele e bateu contra o lavatório, cada  vez mais próximos a mão de Masaki escorregou pelo espelho embaciado, enquanto seus rostos se esquadrilhavam, Tetsuo preparava-se para um novo beijo e por alguma razão não conseguia fugir.

2 comentários:

  1. Masaki é mesmo danando rsrsrs Nobuhiko ficou com ciúmes ou foi impressão minha? >.>

    ResponderExcluir
  2. Não é que o Nobuhiko esteja com ciumes mas o Tetsuo é filho do seu namorado... só o Masaki para não entender isso, mas o Nobuhiko no fundo quer ver o irmão feliz

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...