3.6.16

O Segundo Anjo - Crônicas de Antuerpéria Parte 2 Chapter 9 por mel Kiryu


Parte 2 Chapter 9    Simbiose – Os insetos devoradores de ossos
   
      Quanto mais tempo transcorria, menos tolerante ficava.
       O humor do mago andava insuportável.
       Aquele atalho pela Floresta de Tânatos parecia não ter fim, uma espécie de caminho sinuoso, às vezes por demais estreito, entre pequenos labirintos e paredes vivas de espinhos.
     Dizia-se que os gazes emitidos pelos pântanos faziam os viajantes confundirem a própria percepção de tempo, até mesmo de espaço.
     Mas, Dawn era imune a tudo isso.

     Sua percepção de fada era incorruptível mesmo sob o efeito alucinógeno das entranhas da floresta.
      E num rompante de impaciência, Etzel quase colocou sua jornada a perder.
      Sua relação com Dawn era sempre ácida e pouco gentil e num dado momento simplesmente se recusou a seguir o caminho traçado por ela.
      Desviou-se numa curva onde o caminho estava mais claro, placidamente iluminado pela luz daquele dia. Não parecia fazer sentido seguirem pelo caminho mais sombrio, onde o som que vigorava misturado ao vento era o rugido sinistro de uma floresta faminta.
       Etzel puxou o cavalo montês pelas rédeas, o animal resistiu por um momento erguendo as patas dianteiras no ar a relinchar e Dawn gritou estridente suspensa do chão, suas asas translúcidas batiam afoitas de raiva.
      Aquela parte do caminho parecia mentira de tão belo.
      Etzel trocou passos decididos com suas botas pesadas de cano alto com a salamandra Yang encolhida sob uma dobra de sua capa, os cascos inseguros do cavalo de grande porte e longa crina logo atrás.
     Pouco a frente deparou-se com uma grande árvore com o tronco coberto de borboletas, eram inúmeras de diversas cores, tamanhos... Nunca tinha visto tantas espécies diferentes reunidas em um só lugar e num espaço geográfico tão limitado.    
     Não se via um pedaço do tronco daquela árvore.
     Por alguma razão estava tomado por uma espécie de fascínio, como se por um momento realmente tivesse esquecido de Shou.
    Se aproximando pouco a pouco, sem mesmo sentir as pedrinhas sobre seus pés.
    As inúmeras cores e tons surtiam uma espécie de efeito hipnótico.
    Compreendeu que estava sob uma espécie de transe somente quando foi bruscamente puxado e seu corpo colidiu ao chão, foi com assombro e um forte estupor que Etzel viu seu cavalo ser puxado por uma língua negra feito chibata que saía por uma abertura no tronco semelhante a uma boca horrenda ao passo que aquelas borboletas valsavam feito uma nuvem pelo ar.
    Afastou-se ainda estando no chão e uma nuvem poeirenta se erguia a sua volta, arrastando-se num impulso enquanto seu cavalo era devorado vivo por aquela árvore.
     Etzel respirava depressa inflando as narinas estarrecido e irritado, até que olhou para cima em meio a confusão e avistou Dawn com seu sorriso matusquela voando por cima de seu corpo, até a sombra dela parecia zombar de sua notável estupidez.
__Ha! Quem é o mago mais burrinho, am?
    Dawn deu uma pirueta no ar, cruzando os braços magros petulantes, até suas asas pareciam se rirem.
__Quer calar essa boca?!__ Etzel esbravejou a erguer-se, ambos podiam ouvir a árvore fazer um som sinistro semelhante a mastigação, o tronco se movia cheio a ondular.
     E estando prestes a destilar desaforos, Etzel teve sua intenção interrompida pela árvore carnívora cuspindo os ossos do cavalo perto de suas próprias raízes.
     Tal como um chamado instantâneo, todas aquelas borboletas antes dispersadas no ar atacaram os restos do cavalo, os ossos limpos de toda carne.
      Mais que depressa todas aquelas borboletas cobriram os ossos, movendo-se caóticas umas sobre as outras.
     Logo apenas restando um resquício de pó, suavemente soprado das raízes expostas pela brisa daquela floresta mortal.
     E pouco a pouco as borboletas vorazes voaram suaves e tornaram a pousar cobrindo o tronco.

       Dawn, Etzel e Yang que espreitava agora de dentro de um bolso das vestimentas do mago deram as costas para o cenário que mais uma vez se tornava belo e imóvel.
    Retornando a parte mais sombria, fria e confusa do atalho através da floresta de Tânatos.
__Mas, você é lento... Hein? É mesmo um cabeça de ork! Caiu direto na armadilha daquela Devorantis Ligno*... Já devia ter percebido que a parte bela da floresta de Tânatos é a mais traiçoeira.
__Fala à sério?__ Etzel revirou o olhar a bufar.__ Não dá pra crer que o caminho mais curto é por essa trilha que parece um pesadelo só de olhar.
__Pode ser uma trilha feia, mas é segura... Ora! Ou prefere encarar aquelas gracinhas de borboletas devoradoras de ossos?
__Se elas me levassem mais rápido até Shou eu bem arriscaria meus ossos.
    Etzel resmungou meio que para si mesmo, suspirou tendo um olhar distante.
   Dawn espiava o mago de lado enquanto voava por perto, torcendo levemente seu nariz.
__Etzel...
__O que é?__ Ele sibilou.
__Por que encontrar Shou é tão importante para você?
__Que raio... Será que não dá para me mostrar o caminho ficando de boca fechada? Não se intrometa nos assuntos de um mago, fadinha.
__Ficaria triste se descobrisse que ele foi embora?
__Nem brinque com isso! Minha existência de mago perderia o sentido se Shou tivesse abandonado esse mundo espúrio.
     Ouviu aquelas palavras ditas com certa raiva e desdém desolador e Dawn parou no ar atingida por certo pensamento.
    Etzel se distanciou três ou quatro passos e olhou enfezado na direção de Dawn olhando vagamente ao seu redor.
__Anda logo, magrela!
__Ah... Agora faz sentido.__ Dawn retorquiu sorrindo palidamente para si mesma.__ Aquele anjo... É seu amado.
     Etzel que tinha parado de lado naquele atalho obscurecido, limitou-se a encarar calado a fada que levitava entre os cipós pendurados nos galhos bifurcados.
     E foi dentro desse silêncio que prosseguiram, Dawn tornou a tomar a frente deixando um rastro sutil de magia no ar.
         "Não falta muito agora... Logo avistaremos a subida para o Tabernáculo de Antares."__ Antes mesmo de tornar-se visível, Dawn já podia vislumbrar o final da floresta de Tânatos.
       Outra parte da jornada estava prestes a se iniciar.

Nota da autora: Devorantis Ligno são como são conhecidas as árvores carnívoras da Floresta de Tânatos, numa tradução livre significa "Árvore devoradora"      
     

24 comentários:

  1. Etzel está cada vez pior... Coitadinha da Dawn(acho ela bem sapeca, mas não é ruim.) Esse mago arrogante tem que aprender a valorizar uma ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, quem sabe esse mago e essa fadinha passem uns dobrados juntos e assim o Etzel mude um bocadinho seu modo de agir.

      Excluir
  2. Olá Mel
    O Etzel está mais resmungão e casmurro que o costume, graças a isso perdeu o cavalo e Dawn é bem perspicaz com pouco tempo percebeu o que aqueles dois eram um para o outro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rima!
      Pois é... isso é saudade do Shou, mas não justifica ele tratar mal a Dawn.
      Mas, quem sabe viver essa aventura ensine o Etzel a ser uma pessoa melhor.

      Excluir
    2. Ainda tenho as minhas duvidas porque a personalidade é uma coisa dificil de se mudar
      Mas bem sempre pode aprender algo :)

      Excluir
    3. Não digo que a personalidade do Etzel vai mudar muito, mas ele podia aprender a gostar das fadas...
      Rima, ontem não consegui te responder porque eu estava com um cliente aqui em casa.
      Tudo bem contigo?

      Excluir
    4. Sabe que tenho minhas duvidas disso.... se acontecesse seria tipo um milagre
      Sem problema Mel :)
      Tudo e consigo?

      Excluir
    5. Bom, se não conseguir gostar... Ao menos pode aprender a ser mais tolerante.
      Tudo bem... Espero conseguir escrever daqui a pouco.
      Vou postar algum capítulo por agora.

      Excluir
    6. Isso já seria bom.... longe do Shou até pode lembrar de como ele era meigo e gentil e tentar esforçar-se para ser um pouco ^^"

      Eu ainda nem escrevi nada hoje -.-"
      Tou lendo e se postar capitulos irei ler também XD

      Excluir
    7. Acho que quanto mais o Etzel pensa no Shou e sente a sua falta, pior o humor dele fica.

      Também não... Estava limpando a casa desde cedo.

      Excluir
  3. Não o censuro, a falta de alguém a sensação de ficar sozinho altera o humor por completo, mesmo que se esforce para não transparecer chega a um ponto que esgota

    Detesto essas limpezas, já tive a minha dose, de manhã trabalhando... depois ainda foi á missa e quando cheguei ainda andei a arrumar algumas coisas ( e lavar o carro fica para outro dia, tou cansada -.-")

    ResponderExcluir
  4. Sim... E mesmo depois que ele e o Shou se reencontram, não é fácil retornar a antiga realidade que havia entre eles... Shou mudou em parte, viveu muita coisa distante de Etzel, ambos tiveram suas experiências em separado... Eles se estranham no início.

    A gente perde boa parte do dia somente limpando.
    Ah, lavar o carro não tem pressa...
    Descanse ^^"
    Já postei dois capítulos (Oh! Tetsuo achando o Masaki bonito... Admirando sem perceber que também estava sendo admirado <3)

    ResponderExcluir
  5. Claro deve ser um longo periodo separados e o Shou bem que precisava mudar um pouco ou não ia a lado nenhum

    Limpando para tornara sujar -.-"
    É mas qualquer dia deixa de ser branco meu carro
    Eu já li o seu!
    Como as coisas se inverteram!
    (Eu adoro escrever esses dois o Tetsuo anda fazendo suas descobertas enquanto o Masaki contem-se o que pode)

    ResponderExcluir
  6. Mas, o Etzel esperava encontrar o antigo Shou...

    Qual que eu postei mesmo?... Ah, Boys Out of Print, né?
    Nem li, só corrigi antes de postar... (Então, nem lembro o que acontece)
    Sinto mesmo que você adora! Coloca o coração na estória dos dois.

    ResponderExcluir
  7. Realmente um Shou inguenuo é bem adoravel

    Sim em que o Steph vai para casa do Lys e ele lhe conta que é filho bastardo
    Acho uma historia bem pura, anima-me escreve-la

    ResponderExcluir
  8. Bom, o Shou perdeu parte da sua ingenuidade no caminho... Mas, ainda tem muita coisa boa nele.
    Ah, tá... Já me localizei.
    É a primeira vez que o Lys se abre um pouco com o Steph... Mas, não considere isso um grande avanço.

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que ele só ficou a entender melhor o mundo e a si mesmo imagino que continue do jeito meiguinho que ele tem

    Eu fiquei como medo que depois dessa noite linda aja um recuo do Lys foi isso que eu achei

    ResponderExcluir
  10. No momento, o Shou está meio perdido de si mesmo.
    Mas, ele há de encontrar.
    O problema do Shou é que ele nunca aprendeu a olhar para si mesmo, sempre foi obediente no plano Etéreo e nunca se deu conta das próprias vontades.

    Você teve essa impressão ao ler o capítulo?
    Pois, não está completamente errada.

    ResponderExcluir
  11. Era do tipo de bichinho programado só para aquilo, por isso ele agora tem muito que aprender

    Não...o capitulo tá sensual demais fica-se desejando que aconteça algo mais entre esses dois
    Mas do que li do Lys em capitulos anteriores cheguei nessa conclusão

    ResponderExcluir
  12. E o Saejin vai usar este argumento a favor dele, vai dizer que libertou o Shou disso, dessa "prisão" que ele não se dava conta... O que em parte é verdade.

    Acontecer algo mais até vai, agora... Se vai encabeçar a relação, aí é outra estória.

    ResponderExcluir
  13. E quê? Vai-se achar heroi por isso? Essa parte agradeço o resto não -.-"


    Ai ai.... essa deve ser das relações mais complicadas que já vi ( são todas né?)

    ResponderExcluir
  14. Como um bom anjo caído que se preza, vai tentar seduzir Shou... (Não é a primeira vez que ele tenta, quando o Saejin foi expulso com Lucifer, ele tentou convencer Shou a deixar o Plano Etéreo.)

    Essa é mesmo... A primeira parte da estória terminou mal... É difícil eu escrever um slice of Life com finais ruins, mas este não teve como evitar...

    ResponderExcluir
  15. Humm fico me perguntando se essa vingança toda não era para se apossar do Shou....

    Ao menos marca a diferença ;)
    Fora brincadeiras também não gosto de finais ruins, mas por vezes tem de ser....

    Olha Mel eu vou ter de sair
    Amanhã trabalho ( até ao domingo -.-")
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Pode ser uma das razões.

    E esse final é baseado numa situação real... O que fica difícil de mudar.

    Tudo bem, Rima.
    Até mais ver, então.
    Bom trabalho para ti. ^^"
    Beijos ♥

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...