22.4.17

Linden Twins ♫ ♬ Capítulo 30 por Mel Kiryu


Capítulo 30

Tenho períodos de não-aceitação.
Períodos em que realmente não gosto de mim.
Momentos estranhos em que passo o tempo todo triste.
E não consigo fazer algo realmente válido.
As horas são um imenso
desperdício de energia.
 
          Correu o olhar pelas palavras, como uma estrofe solta na última folha do caderno de capa dura.
          Deveria ser uma letra de música? Para Jiang parecia mais um desabafo.
Desde que tinham chegado em casa ao findar daquela tarde de domingo, Jiang estava em seu quarto checando as folhas soltas, o conteúdo escrito a mão no caderno de Huang.
        Algumas eram mesmo letras de músicas e estavam cifradas com cores diferentes de caneta.
       A única coisa que tinha feito, além disso desde que pisara em casa, era trocado de roupa.
Não tinha apetite, nem vontade de nada.
Só queria entender o que se passava na mente de seu irmão.

Até que Syaoran entrou no quarto, entregou uma garrafa de chá gelado para Jiang e sentou-se atrás dele na cama, espiando a confusões de papel sobre o colchão por cima do ombro dele.
__Você está fedendo a cigarro...__ Jiang resmungou.
__Eu estava fumando no quintal dos fundos, foi mal...__ Syaoran justificou sorrindo de leve embora Jiang não estivesse atento a sua expressão, seu discreto pedido de desculpas por estar cheirando a cigarro foi dar um beijo no ombro que usava de apoio.
__De novo? Você já veio com o cigarro na boca pelo caminho... Hoje está fumando demais, Syaoran.__ Jiang exalou um suspiro mínimo.__ Visitar os lugares onde Huang esteve te deixou mais agitado que o normal, pelo visto...
__É que essa é uma parte do Huang que eu não conhecia... O que tem demais nessas anotações?
__A maior parte são composições, letras e arranjos de músicas... Também algumas poesias e pensamentos do Huang.
Syaoran quase perguntou: "Eu estou neles?"__ Mas, desistiu. Era uma pergunta estúpida já que Huang nem o conhecia nessa época.
Mesmo assim, desejava ardorosamente estar no pensamento dele, naquele preciso instante.
__E eu não fazia ideia de que o Huang se sentia desse jeito...__ Seus dedos percorriam as folhas soltas, algumas amareladas, com a tinta da caneta desbotada pelo tempo.__ Ele sempre foi tão seguro de si, tão impulsivo e difícil de parar... Também fiquei pensando no que disse o Enlai.
__Olha, Jiang...__ Syaoran retrucou, a umedecer o lábio inferior com a pontinha da língua.__ Vocês nunca foram realmente próximos... Eu acho que conheço um Huang que você ignora.
Essas palavras irritavam Jiang, mas Syaoran não podia ver da onde estava o quanto.
__Só porque foi você que conviveu com ele nos últimos dois anos?__ Na voz de Jiang pairava uma agressividade velada.__ Eu dividi minha vida com ele no útero, dividi durante toda minha infância e juventude!... Eu acho que teria percebido se Huang fosse tão depressivo quanto aparenta para o Enlai e até mesmo para você.
__Não estou dizendo que Huang era sempre depressivo.__ Syaoran redarguiu abraçando Jiang pela cintura.__ Só estou dizendo que ele tem momentos de tristeza profunda... E que... Eu acho que o Enlai está certo.
__Sobre o que?__ Jiang já perguntou na defensiva, seu corpo tenso preso no abraço, seu olhar procurando de soslaio por Syaoran.
__Você sabe... Sobre o sumiço do Huang ser um caso de polícia.
Jiang se soltou algo possesso daquele abraço, seu joelho bateu contra as folhas avulsas na cama e elas farfalharam por um momento. Mais que depressa, ele se colocou de pé e seu olhar ríspido acertava Syaoran como uma flecha vindo em alta velocidade.
__Eu não posso encarar o sumiço do Huang dessa maneira! Onde estão as provas de que algum crime foi cometido? Não é a primeira vez que meu irmão some, Syaoran! Eu não posso apavorar meu pai sem ter provas!
__Mas... E se o Huang estiver mesmo em perigo? Uma pessoa triste pode ser um perigo para si mesma!__ Ele rebateu exasperado.
__Ou pode estar querendo chamar toda atenção para si!__ Jiang berrou e nas palavras seguintes, seu tom soou desapaixonado.__ Porque é justo isso o que Huang faz!... Ele é o cara difícil e problemático, é o "gênio da música", é o mais carismático... E quando eu é que fico triste, ninguém dá atenção... Por que somente os sentimentos dele são de fato dignos de atenção?
Jiang se deixou cair na beira da cama, sentar-se de mal jeito, aquele monte de papeis e o caderno espiral de capa dura estavam entre seus corpos.
__Por que eu sou o irmão medíocre que ele deixou para trás?... O cara comum que tem apenas uma loja de discos? Uma pessoa que não passa da réplica inferior do irmão mais velho?... Se quer registrar o desaparecimento dele, vá em frente! Só não me envolva mais nisso!
            Respirava depressa após seu rompante, sua barriga doía de tensão e para piorar um silêncio demasiado pesado teve que recair dentro daquele quarto.
                Syaoran ainda lhe negou o contato visual.
        Jiang sentia uma pressão tão insuportável dentro de si que teve que abandonar o cômodo.
    Carregou consigo a garrafa de chá que já não estava tão gelada em sua mão e rumou para a sala.
Deixando a luz apagada.
       Tirou o lacre plástico e desatarraxou a tampa laranja, virando a garrafa e tomando um gole largo.
     O chá frio desceu profuso a refrescar seu interior e Jiang respirou fundo, perturbado com as lágrimas nas beiras dos olhos.
             E sem saber de imediato a razão, pensou em Luciel.
         Queria ouvir a voz, o tom protetor dele.
         A única pessoa que ele conhecia e que desde sempre se preocupara com seu bem estar.
         Olhou fixamente para o telefone fixo sobre uma mesinha perto da espreguiçadeira, brigando consigo mesmo, com as próprias vontades.
           Veementemente perturbado, imerso na escuridão recaindo naquela sala e apertando nervosamente aquela garrafinha como se fosse o pescoço de alguém.
   Até que teve um sobressalto involuntário, quando do nada ouviu o telefone que encarava tocar.


25 comentários:

  1. Agora acho porque entendo porque esses gemeos nao se dão. .. nenhum dos dois quis entender a posicao do outro
    O Jiang por exemplo so vê o seu lado nao quer admitir que o irmao esta precisando de ajuda... nem parece querer dividir o amor e atencao pelos dois

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi nem uma questão de querer entender, porque eles se quer davam-se oportunidade para tanto, Jiang tem muita mágoa do Huang, acha que ele fica com afetos que também deveriam ser dele...

      Eu também li o seu capítulo e da Golden, eu suponho que faria o mesmo que o Kyoichi... Porque ele esperava ficar sozinho com o Masaki, que tinha na realidade planos bem libertinos... Masaki não ligava para nada a cerca de sentimento nessa época, era só sexo.

      Excluir
  2. So que eu nao entendo de todo o motivo dessa magoa toda
    porque quem esta ao seu redot tambem o ama

    O Kyoichi ficou bem magoado... o Masaki nao tinha grande cabeça. .. eu so tou fazendo extras... por isso ainda vou acabar fazendo um sobre a juventude desse moco

    ResponderExcluir
  3. Pra começar, o Jiang tem a ideia fixa que o pai dele gosta mais do Huang, como filho preferido. Jiang também tem ciúmes e quando eles eram mais novos, Huang sempre fazia algo para atormenta-lo... É uma série de pequenas coisas que foi acumulando durante os anos.

    O Masaki mais moço? Se nessa época do Kyoichi ele já não tinha muita cabeça, que dirá antes 0_o
    Depois disso, suponho que o Kyoichi vai tentar se afastar do Masaki, mas se ele vai conseguir, já não sei...

    ResponderExcluir
  4. Bem me parecia isso mas podia existir um motivo mais forte, apesar que ser atormentado pelo irmao ja é o suficiente

    Ahaha acho que devia ser um puto bem travesso
    Sin é mesmo o que o Kyoichi pertende fazer isso mesmo afinal ja nao tem nada a perder

    ResponderExcluir
  5. Mas, tem um motivo mais forte.
    Só que o pai deles só percebe esse motivo mais para frente. (aquele que está relacionado a morte da mãe dos gêmeos)
    Sim, o HUang era bem mal e dissimulado quando queria com o irmão dele.

    põe puto travesso nisso!! (coitado do Nobuhiro... -.-")
    Não tem nada a perder e tão pouco a ganhar, isso vê-se logo!
    (pareço "hater" do Masaki...)

    ResponderExcluir
  6. Talvez se tivesse entendido mais cedo poderia.conseguir fazer os irmaos se darem melhor
    mas o Huang tambem era bem travesso..

    A sorte do Masaki foi mesmo o irmao gostar muito dele
    O que quer dizer com hater do Masaki?

    ResponderExcluir
  7. Mas, o pai deles só percebe por causa de um comentário do Huang durante uma conversa com ele dentro do carro. (A morte da mãe deles é um assunto bem evitado por todos: pelo Jiang, pelo Guzheng e pelo Huang)

    Hater é o termo que a gente usa quando uma pessoa agride a outra dentro das redes sociais na web, como as pessoas que ficam atacando outros no Twitter, twitando mensagens com ódio e desprezo... Mas, eu não chego a tanto com o Masaki. Só não gosto da atitude dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E seus gêmeos são o oposto dos meus, eles são bem tranquilos, apesar de diferentes e se dão bem...

      Excluir
  8. Estou vendo qu a morte da mae deles abalou muito o relacionamento familiar deles
    Fico com pena desse pai que teve que criar os gemeos sozinho

    Ahaha entendi
    Mas nao acho que você tem odio pelo Masaki
    apenas gosta de implicar com ele (e se o apanhasse ate dava umas licoes de moral ao Masaki :p)
    Tem razao isso porque o Nobuhiko tem muita paciência. ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, depois que ela morreu, a partir dos seis anos o senhor Guzheng criou os dois e o que colaborou para Jiang e Luciel ser tornarem amigos, foi também o fato do Luciel ter sido criado sem a mãe por perto (há muitos fatos que ligam os personagens, até mesmo o pai do Luciel e o pai dos gêmeos, eles eram apaixonados pela mesma garota)

      Não, ódio não... Só vontade de dar-lhe um violento puxão de orelha, rsrs...
      Ô se tem paciência! Até demais...

      Excluir
  9. Bem ironico isso apaixonados pela mesma garota e ainda assim devem te sido o apoio um do outro

    Kkk ate consigo imaginar a cena ( mas o Masaki ainda ia tentar aproveitar se de si)
    É o dom do Nobuhiko ;)

    ResponderExcluir
  10. E a garota era a mãe dos gêmeos, o Guzheng e o Daniel chegaram a sair no tapa por causa dela, mas eles relevaram tudo e ficaram amigos... Mas, a razão do casamento do Daniel e da mãe do Luciel não ter dado certo, foi justamente porque o Daniel ainda era apaixonado pela mãe dos gêmeos... Mesmo que o Guzheng e o Daniel se deem bem, os dois tem maneiras bem diferentes de pensar.

    Mas... O quê?!
    Devo dizer que o Masaki conseguiria extrair o pior da minha pessoa.
    (Como o Nobuhiko é bonzinho, depois eu me queixava com ele e até com o Hisashi... Sei que o Hisashi me entende também. ^^")

    ResponderExcluir
  11. Nossa que historia...
    mas isso de serem diferentes na maneira de pensar acho que tambem passou para os filhos o jeito do Luciel tambem é diferente dos gemeos (mas tambem nao existe duas pessoas iguais)

    Kkk nem consigo imaginar a Mel tirada do serio
    (Ah com o Nobuhiko ja metia paleio... apesar que com esses dois ia ser tratada como da familia)

    ResponderExcluir
  12. Não... Não existe duas pessoas com o jeito de ser e de pensar idênticos.
    Mas, eu quero dizer que o Daniel e Guzheng tem personalidades bem antagônicas mesmo! O Guzheng é mais mente aberta, iria adorar conhecer o Nobuhiko e a floricultura dele porque o Guzheng ama flores, ele aceita os filhos tal como são e nunca se importou com o fato de nenhum dos dois querer fazer faculdade...
    O Daniel é conservador, também criou o Luciel sozinho e é muito exigente, antes ele se quer deixava o Luciel estudar em escola pública, o Luciel custou a ter contato com os gêmeos porque antes estudava numa escola só para garotos... Só aos treze anos que o Luciel foi para a escola onde os gêmeos estudavam, que era uma escola mista. Além do fato do Daniel não concordar com os sonhos do filho... E ter certo desgosto pelo Luciel ter largado a faculdade de arquitetura.

    Nem eu gosto de me imaginar assim...
    Pois é, Nobuhiko e Hisashi... melhor casal ever! \o kkkkk...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto mais de pessoad de mente aberta .. evidente que o senhor guzheng ia se dar bem com o Nobuhiko e ainda que aceita os filhos como sao... sinal que deve ter abertura para falar com eles sobre qualquer coisa
      Agora o pai do Luciel ser assim nao vai dar certo... primeiro afasta o filho depois o filho nem tem confianca de lhe falar o que pensa e ficam com um relacionamento estragado por assim dizer o que é pena

      Ate eu me sinto orgulhosa dessa casalzinho 😤
      Tenho que escrever um pouco com esses dois ^^"

      Excluir
    2. Sim, ele fala com os filhos sobre tudo.
      Ele sabia que o Huang também gostava de garotos, que era bissexual. Desde cedo o Huang mostrou que gostava de se relacionar com ambos os sexos. Mas, às vezes o Jiang e o pai se desentendem por causa dos ciúmes de Jiang... Escrevi ontem um capítulo em que o Guzheng acabou dando um tapa no Jiang... Foi uma discussão feia entre eles.

      Pois sim, o Luciel tem uma relação difícil com o pai dele... Nem parei ainda para pensar na reação do Daniel quando descobrir que o Luciel está namorando o Huang... (Vai ser muito, muito, muito ruim!)

      Tem que sentir orgulho mesmo... Adoro-os. ♥
      Concordo. :)

      Excluir
  13. Isso é legal aceitar o filho mesmo bisexual... nisso o Huang sempre teve certezas duque queria...
    ah Jiang o ciumento...
    mesmo ele tendo alguma razao o jeito que age faz perder toda a razao
    depois quem se sente mal é o pai dele porqur lhe ralhou e teu uma chapada

    Fico tao feliz em ouvir isso
    ainda hoje estava pensando nisso ... escrever com esses dois e com p Masaki e o Tetsuo
    Ainda bem que apartir de segunta tenho mais tempo ( a semana que tenho a tarde livre sempre dá para fazer mais coisas)

    ResponderExcluir
  14. O Huang sempre foi uma pessoa decidida...
    E o Jiang é mesmo ciumento, o que só demonstra o quanto é inseguro.
    Ah, o Jiang teve um ataque de ira e ciúme e o pai dele perdeu as estribeiras.

    Eu entendo, você está bem centrada nos extras ultimamente.
    Já tive fases assim em Deviant, adorei escrever o extra do pai do Raiden.
    Que bom, hein? ^^"

    ResponderExcluir
  15. O Huang tambem tem suas inseguranças so que mostra de jeito diferente
    Esses gemeos sao mesmo bem diferentes

    Eu estou ... mas sinto que nao devia...afinal tou deixando para tras os personagens principais dessa historia
    Ah esses extrad foram bem bonitos dificil esquecer
    bo mesmo! E ainda vou ver velocidade furiosa 8 para a semana*-*

    ResponderExcluir
  16. De um jeito mais perigoso e agressivo, assim por dizer.
    O Jiang mostra mais facilmente seu lado mais meigo.
    Eu acho que o JIang puxou mais ao pai em termos de temperamento e o Jiang puxou a mãe dele.

    Não está deixando para trás, sinto que você está cheia de ideias para os extras e para o enredo de Love is Strange, mas não dá para escrever tudo, né?
    Vai ao cinema? ^^"

    ResponderExcluir
  17. E esse jeito do Huang acaba por autodrestrui lo
    Ah mas isso é bom para o Jiang e para quem o rodeia
    bem agora nao entendi a quem puxou a quem o.O

    Ah eu precisava de me isolar nos proximos dias so para por as ideias todas em dia^^"
    Sim... vou com a minha irmã. .. ( alias eu queria ver a bela e o mostro mas esse ja nem esta mais em exibição )

    ResponderExcluir
  18. Por que? A índole do Jiang é tranquila como a do pai, só que o Jang é mais imaturo.
    O Huang tem uma personalidade mais artística e inquieta, a mãe dele também era assim.

    Desculpa a demora, precisei servir o jantar.

    Ai, como eu adoraria me isolar... Eu ia amar, faz muito tempo que eu não sei o que é isso.
    Não tô muito chegada em cinema ultimamente, os filmes não tem chamado minha atenção...

    ResponderExcluir
  19. Porque ele nao demostra o que sente explode por dentro e sofre.sozinho
    isso de ser imaturo ja percebi so falta fazer birra


    Sem problema:)

    Entao somos duas ^^"
    Eu ja tem uns dois anos que nao nem sequer segui os filmes todos de velocidade furiosa mas pelo menos saisse um pouco da rotina ;)

    Mel eu agora vou ter de sair...
    beijos e até amanhã ♡

    ResponderExcluir
  20. Sofrer sozinho é um gesto comum para o Huang.
    Quem sabe agora o Jiang amadurece vivendo seu relacionamento com Syaoran. ^^"

    Com certeza, sair da rotina é um bom pretexto, espero que você aprecie o filme.

    Até amanhã, Rima.
    Muito obrigada pela conversa, viu?
    Bons sonhos.

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...