18.5.17

Love is strange 2 Capitulo 78 por Rima-san


Capitulo 78
O Nascer do sol é tão intenso como a chama da paixão

          Tinha dormido bem, mesmo assim acordou cedo, acordara á hora habitual da semana para ir para o trabalho, sentou-se na cama e afagou os cabelos negros de Tetsuo, ele ainda dormia profundamente, enconchado e com suas mãos perto do queixo.
          Estava de um jeito tão inocente e tão doce que fazia Masaki desejar agarra-lo e coloca-lo em seu colo, mas ao invés disso e para não o acordou caminhou até á varanda, o vento corria frio, mas isso pouco importava, tinha vontade de fumar um cigarro, coisa que não fazia á bastante tempo e para apagar sua vontade telefonou para a recepção para que alguém viesse servi-lo ao quarto.

         Ponderou mesmo pedir um whisky, mas não era de todo boa ideia beber álcool pela manha,  pela certa Tetsuo lhe passaria uma raspanete sobre maus hábitos, tinha pedido para que batessem de leve na porta pois não queria acordar Tetsuo e a empregada assim o fez, apenas deixou a bandeja sobre a comoda e tornou a retirar-se.
Masaki pegou no seu café meio resfriado e bebeu sentado na espreguiçadeira, seus cabelos dançavam ao toque do vento, observava a paisagem em silencio, meditava sobre a noite anterior, não havia arrependimentos.
          Tetsuo acordou sentindo seu corpo dorido, sobre a mesinha de cabeceira via a rosa vermelha que Masaki lhe tinha oferecido junto com o ursinho Pooh, virou-se procurando Masaki mas ele não estava mais lá, acabou por levantar-se apressado pois não via o seu namorado em lugar algum.
         Vestiu a primeira peça de roupa e assim que seus pés descalços pisaram o chão viu a cortina dançar levemente, caminhou até á janela que dava até ao exterior e pela frecha aberta entrava um restinho de vento entrava por lá, puxou a cortina e vislumbrou Masaki debruçado sobre a grade da varanda, abriu o resto da janela e Masaki percebeu-se da sua presença.
       Tão depressa se virou, como tão depressa foi abraçado por Tetsuo, beijou-lhe a nuca e seus olhares encontraram-se, parecia que Tetsuo estava á beira de chorar, acariciou-lhe a face e percebeu então que o menino apenas vestia a sua camisa, que por sinal ficava-lhe bem grande.
_Que carinha é essa? Pensaste que te tinha abandonado?_ Masaki brincou, mas Tetsuo baixou o rosto encabulado._ Pensaste isso mesmo Tetsuo?
_Não…. Só fiquei preocupado por não te ver na cama…_  Virou o olhar para outro lado, envergonhado, sentindo o vento bater em suas pernas e o frio entranhar-se em todo o seu corpo. _” eu que sou idiota… porque pensei que ele me tinha deixado mesmo”._ Tetsuo pensou para si, algo tristonho até ser beijado por Masaki, um beijo longo e depois foi arrastado para dentro do quarto.
_Eu não fujo tá? Só acordei um pouco mais cedo… prometo que a próxima vez que acordares vais-me ter ao teu lado._ Masaki segurava a beira da gola da camisa branca, Tetsuo ficava bem sensual trajando as suas roupas._ Ao menos dormiste bem?
_Sim…_ Tetsuo corou, encostou-se junto a Masaki, tinha dormido tão bem que só se lembrava de ter  adormecido junto ao calor do corpo de Masaki.
_Ainda bem que dormiste que nem um anjinho!_ Masaki sorriu suavemente._ Tem ali o teu pequeno almoço, mas primeiro é melhor tomar um banho não achas?
_Sim… vens comigo?_ Tetsuo perguntou puxando pelos dedos de Masaki.
_Claro adoro um bom banho com o meu namorado!_ Caminharam até ao banheiro e Tetsuo encheu a banheira de água quente, observou Masaki despir o roupão felpudo que vestia, contemplar aquela tatuagem sempre trazia prazer a Tetsuo que tinha ganas de lhe tocar._ A água está boa, vem amor!
_Sim…_ Tetsuo desabotoou a camisa e entrou para dentro da banheira  se colocando de frente para Masaki._ Realmente está boa…
_Ainda pareces com sou… ou estás sentindo-te mal?_ Masaki perguntou soprando um bocado de espuma na direção de Tetsuo.
_Eu tou bem… também não tenho mais sono._ E Tetsuo empurrou de novo a espuma na direção de Masaki soltando uma risada controlada.
_Mesmo?... Mesmo… relativamente áquilo de ontem… tás bem? Tens teu corpo dorido?_ Tetsuo corou parecia meditar
_Tou bem…_ Tetsuo respondeu em pouca palavras.
_De certeza… Talvez tenha doido muito... me desculpa!
_Doeu um pouco._ Admitiu brincando com a espuma._ Mas acho que foi por ser a primeira vez né?_ Sentia seu rosto arder, falar de sexo tão abertamente ainda não era tão simples mesmo que já tivesse experimentado.
_Tenho certeza que não vai doer mais…. Afinal é uma coisa boa._ Masaki pousou a mão no joelho de Tetsuo e o menino o fitou intensamente.
_Mas… Masaki.. eu…não sei como explicar…mas mesmo doendo.. foi…foi algo gostoso._ Tetsuo escondeu o rosto entre as pernas, mais uma vez estava se sentindo idiota e Masaki suavemente segurou-o pelo queixo.
_Não precisas ter vergonha de admitir… Até que fiquei entusiasmado com a ideia de saber que meu amorzinho tem queda para o masoquismo._ Riu e Tetsuo atirou-lhe com água, emburrado com a brincadeira que para ele não tinha a menor piada.
Mas logo, logo lhe passou a birra, assim que seus lábios foram acariciados pelos de Masaki, um beijo cheio de espuma e bolhas de sabão!

3 comentários:

  1. Esses dois estão cada dia mais fofinhos. Depois desse momento ganharam ainda mais intimidade, o que é muito bom ♡

    ResponderExcluir
  2. Acho que o Tetsuo vai descobrir logo, logo que o sexo anal pode ser algo dolorido no início da penetração... Mas, que isso não vai prejudicar em nada a relação dele com o Masaki (que é felizmente baseada em amor).

    ResponderExcluir
  3. Era o que lhes faltava Golden, ganhar intimidade

    Acho que é mesmo isso que o Tetsuo esta com receio Mel, é que possa prejudicar um pouco a relação, mas bem que o Masaki lhe sabe dar a volta por cima -.-"

    ResponderExcluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...