11.6.17

Linden Twins ♫ ♬ Capítulo 47 por Mel Kiryu


Capítulo 47

     O prédio de apartamentos onde Huang morava era uma construção antiga e havia andaimes recostados em uma das laterais que estava sendo reformada.
    Era uma rua próxima a um centro bastante movimentada e havia todo tipo de comércio por perto.
    Deu graças por deixar o metrô e antes de atravessarem a rua, Sying avisou que o apartamento ficava no quinto andar do prédio adiante.

    Ao atravessar a rua, a expectativa em Jiang cresceu drasticamente.
    Passaram tranquilamente pela portaria e Sying apertou o botão para chamar o elevador ao térreo.
    Não tiveram que esperar em demasia.
    Porém, tão logo o elevador se abriu, duas mulheres mais velhas olharam com certo espanto sobretudo na direção de Jiang.
__Huang! O que pensa que faz aqui?__ A senhora mais baixinha perguntou, algo alarmada.
__Por Deus, Huang! Não me diga que fugiu do hospital?...
    Jiang e Sy se entreolharam, ambos sem entender.
__Desculpe, senhora Wang...__ Sying retorquiu fazendo um esforço sobre-humano para vencer a timidez.__ Mas... Este é o irmão gêmeo do Huang.
    A senhora Wang era a senhora mais alta, também a síndica do prédio e a outra senhora era vizinha de Huang, uma professora aposentada chamada Apfel.
   E Jiang estava mais do que confuso, corado em demasia por sua agitação.
__Perdão! Mas... A senhora perguntou se fugi do hospital?
    Mas, em vez da senhora Wang responder, limitou-se a trocar olhares intrigados com Apfel.
__Sabia que Huang tinha um irmão, Apfel?
__De jeito nenhum!... Ainda acho que é o Huang! Malandro do jeito que é...
__Por favor, senhoras!__ Jiang gritou e somente assim as duas olharam algo chocadas em sua direção.__ Isso não é brincadeira, okay?!... Eu não sou Huang! Podem me explicar que diabos está havendo? Que papo bravo é esse de hospital?...
     Houve um silêncio pra lá de constrangedor, as duas mulheres entraram mais fundo no elevador.
__Se quer saber, melhor entrar...__ A síndica disse.__ Melhor explicar o que houve no quinto andar.
     Jiang passou primeiro e Sy entrou em seguida, as portas prateadas do elevador se fecharam e ele se moveu rumo ao quinto andar.
                                                                ************

              Após uma parada no terceiro andar, o elevador subiu sem mais delongas ao quinto.
     Jiang ficou algo incomodado com as olhadelas curiosas e um tanto investigativas da senhora Apfel e inspirou fundo quando enfim saiu do elevador, seguido de Sy e das tais senhoras.
__Quer dizer que você é mesmo irmão do Huang?__ A síndica questionou, ajeitando os óculos com armação estilo tartaruga.
    Jiang quase revirou o olhar, mas tentou se conter e puxou sua carteira do bolso, tirando seu  ID Card solto no porta notas.
       Era uma reprise, tinha feito o mesmo quando conhecera Syaoran.
      Sem dizer nada, Jiang estendeu seu documento para a síndica e a senhora Apfel esticou o pescoço para também poder espiar.
    A síndica correu o olhar por cada caractere no ID Card.
__Jiang Linden, hein?... Bom, parece que está tudo certo...
__Claro que está.__ Jiang refilou pouco ou nada paciente.__ É verdade que meu irmão passou semanas fora e somente retornou ontem?
__Huang adiantou dois meses de aluguel e ficou sim... Uma pequena temporada fora.
__E ele disse que ia para Kuan.__ Apfel completou, enquanto a síndica estendia de volta o documento.
__Eu moro em Kuan, minha senhora...__ Jiang retorquiu incisivo.__ E decididamente, meu irmão não esteve em Kuan.
__Seja como for... Ontem ele esteve no apartamento, chegou por volta das cinco da tarde.
__Vamos por partes, por que a senhora perguntou se fugi do hospital quando pensou que eu fosse Huang?
__Calma, rapaz.__ A síndica ergueu a mão, tal como se fosse um sinal de pare ambulante.__ Já vou chegar nessa parte... Já tinha escurecido quando um dos amigos do Huang passou pela portaria, um desses meninos que tocam com ele na banda... Como é mesmo o nome dele?
__Só pode ser o Dai.__ Sy se apressou em dizer, baixo e ansiosamente.
__Isso, isso... Esse mesmo. Pois bem... Foi ele quem entrou no apartamento e encontrou o Huang... Sem consciência, cercado por uma poça de sangue no banheiro e Apfel ajudou... Acionando o socorro.
__Pobrezinho...__ Apfel fungou baixinho.__ O rapaz soltou um grito horrível quando encontrou Huang...
__Para onde levaram meu irmão?...__ Jiang perguntou atônito, quase não conseguindo se pronunciar.
__Para o Hospital Tsai Chen... Mas, ainda não tivemos notícias de Huang.
__Será que... Eu posso entrar no apartamento do meu irmão? Se a senhora não se importar de me ceder a chave.
   A síndica ficou pensativa sobre o pedido, mas acabou concordando e pediu para não mexerem em nada e tão pouco demorarem.
        A chave cedida deveria ser deixada na portaria.
        O coração de Jiang estava em suspenso assim que encaixou a chave e girou destrancando a porta.
    As janelas da sala estavam abertas e a brisa da tarde entrava por elas.
    De cara viu a guitarra de Huang encostada junto de um amplificador, não tinha muita mobília, o que dava a sensação da sala ser demasiado ampla. Havia uma mesinha baixa no estilo kotatsu e algumas almofadas macias no chão.
    Sobre a kotatsu havia uma garrafa de licor e um copo que parecia ter sido usado no dia anterior.
    Jiang tinha a forte impressão que estava entrando num território proibido.
    Um transtorno horrendo fazia seu íntimo sofrer abalos que iam e vinham sem que pudesse controlar.
    Mas, o pior sentimento submergiu, assim que entrou no banheiro.
    Tendo trocado quatro passos sobre o piso claro, não demorou a se deparar com a grande mancha de sangue disforme marcando o chão.
     Os odores distintos de quase morte.
     Se não fosse Sying segurar com firmeza em seus ombros, Jiang quase caíra no chão tomado por uma vertigem.
__Quer sentar um instante?...
__Não, Sy... Já vai passar...
    Era o que Jiang dizia para Sy, dizia para si mesmo... Mas, a náusea em seu estômago somente aumentava e quando tentou olhar para qualquer outro lugar que não fosse todo aquele sangue derramado no chão, encontrou um estilete sujo daquele carmesim jogado dentro da pia.
__Jiang...
    Ouviu vagamente a voz de Sying e não pode impedir a si mesmo de vomitar num canto, teve que fechar os olhos, porque tudo a sua volta ameaçava escurecer...

14 comentários:

  1. Quando a senhora Wang falou do hospital a primeira coisa que eu pensei foi no suicídio :-\
    Ele tentaria mesmo, céus...

    Fiquei com pena do Sy quando ele falou sobre Dai no outro capitulo, mas se não fosse por isso... Huang teria morrido mesmo =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu? Se o Syaoran e o Jiang não tivessem ido a Shoei saber do Huang, depois iam ficar cheio de remorso quando descobrissem sobre a tentativa de suicídio.
      Ele tentou e depois disso vai ser um longo caminho até o Huang abandonar em definitivo suas ideias de morte.

      Por ironia, foi mesmo graças ao Dai... Mas, o Huang não gostou nada. Vai é maldizer o Dai por muito tempo!

      Excluir
    2. Pois é! Foi a melhor decisão mesmo :/
      É estranha essa fixação de Huang sobre a morte, lembro daquele capitulo que fala sobre o vazio que ele sente...

      Huang, seu mal agradecido :-\ Mas se era um desejo dele morrer, entende-se que vá ficar chateado mesmo com quem atrapalhou kkk

      Excluir
    3. E Syaoran ainda nem está sabendo... Imagine quando descobrir, né?
      SE bem... Que lembra que o Huang ameaçou cortar os pulsos na frente do Syaoran antes de sumir? Ele já andava dando pistas de como se sentia, mas ninguém acreditava que alguém como ele fosse tentar tirar assim a própria vida.

      Verdade... Viver que é o verdadeiro fardo para quem escolhe morrer.

      Excluir
    4. Desculpa a demora, Mel.. Minha conexão tava uma bênção :((

      Verdade, ele realmente já demonstrava isso, sem contar com aquele último item da listinha. Sério, ninguém pensava? Jiang que tem ideia dos tiques do irmão dele :/

      Pois é... É uma questão difícil, mas se a pessoa tá decidida a morrer, é bem complicado contornar.

      Excluir
    5. Ah, eu entendo muito... Essas conexões, são uma coisa!

      Antes de acharem a lista, ninguém pensava que o Huang fosse capaz disso, até porque ele passava uma ideia contrária de querer viver cada segundo. (Mas, a bem dizer era somente uma máscara... Que agora caiu depois que o Huang sobreviveu e que agora ele não vai conseguir mais manter).

      É complicado, mas como eu te disse... Ele sobreviveu e principalmente o pai do Huang vai tentar ir a fundo para combater a depressão e o negativismo que perseguem o Huang... Agora que o problema foi revelado, é mais fácil (ou menos difícil) de ser combatido.

      Excluir
    6. Poxa :") Huang sempre viveu se escondendo mesmo, é uma personalidade complexa, imagino.
      Vai ser difícil mesmo conseguir resolver o problema, mas pelo menos agora todo mundo sabe... É bem importante essa participação do pai, mas Huang tem que ajudar a si mesmo também ^^
      Outra coisa que me preocupa são os desafetos dele com o irmão, o que pode piorar o quadro dele... Jiang ainda sente muita raiva do gêmeo, quando ele surgir mesmo, farpas vão rolar...

      Excluir
    7. Pra mim ele é mesmo complexo, porque nem eu entendo o Huang completamente.
      Acho que o Huang vai entrar numa fase de auto-descoberta, porque não vai poder se esconder de si mesmo como costumava fazer.
      De fato... Os desafetos com o Jiang só pioram tudo.
      O próprio Jiang tem muitas lições a aprender.

      Excluir
    8. Hhaha O personagem mesmo que tenha sido criado por vc parece que ganha uma vida própria, né?
      Uma auto-descoberta vai ser bom pra ele, talvez ele se compreendendo melhor, desista do suicídio :") (sério, não quero que ele morra :[ )
      E eu acho que Jiang também precisa dessa auto-descoberta, pra se resolver com o irmão... Com o Lu..

      Excluir
  2. Verdade, mas o Huang é um personagem que eu gosto muito de explorar. Daqui em fiante ele estará cada vez mais presente no enredo e daqui a pouco o Luciel volta também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *em diante.
      O Jiang vai sim tentar se resolver com Luciel.

      Excluir
    2. Deve ser divertido e complicado trabalhar com o Huang saushuah Vou ficar bem feliz em vê-lo mais no enredo, mesmo que acabe me irritando com ele kkk Adoro esses personagens complexos!
      Estou com saudades do Lu :") Que bom que ele vai voltar logo ♥
      Mel, tô saindo aqui... Vou revisar o capitulo pra te mandar!
      Beijo! Boa semana! Obrigada pelos capítulos lindos♥

      (apaguei o outro, achei meio confuso)

      Excluir
    3. Com toda certeza!
      Ok, Golden. Amanhã posto o seu capítulo, viu?
      Olha, muito agradecida pela conversa.
      Uma linda noite e uma ótima semana para ti! ^^"

      Excluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...