8.7.17

True Love Capítulo 99 por Kisu


CAPÍTULO 99 - The Strength is In Your Heart 

- Tadaima - Luke proferiu tirando os sapatos na entrada do quarto. - Não creio, eu estou vendo o chão do quarto! - disse quase se atirando a rolar no piso.
- Exagerado, nem tinha tanta caixa assim - disse deitado, mexendo no celular sem olhar para Luke.
- Qualé’, Shinku. Você ainda está irritado por hoje mais cedo? - perguntou largando a mochila e se sentando na cama ao lado de Shinku.

Tocava um rock suave na playlist do celular de Shinku.
- E não adianta fingir que eu já reparei nesses relances de canto de olho que você já me deu - Luke arguiu.
- Nãaaao, imagiiiina. Até parece que não estou chateado por você ter me deixado com cara de tacho de preocupação enquanto ia embora sem dar uma explicação - disse sarcástico jogando o travesseiro na cara de Luke.
- Mano, lembra que eu já havia morado aqui quando era criança? Só aconteceu de eu trabalhar para uma conhecida que coincidentemente é a mãe do Chibi-tan e não foi você quem disse para “não forçar minhas dores em uma criança”?
- Disse antes de saber que você iria vê-lo todo santo dia. Arranje outro emprego, qualquer um. Como você vai trabalhar tendo que relembrar o que aconteceu com o Makoto toda vez que ver aquele menino?
- Shinku, já passou o pior, relaxa - proferiu sério segurando ambos os lados da face de Shinku. - Ainda dói, óbvio, mas eu não quero ficar assim para sempre, não quero chorar a todo instante nem deixar ninguém preocupado, só quero tentar voltar a ser o Luke de sempre aos poucos…
Shinku deixou o celular de lado e se levantou o suficiente para colocar a mão por trás da nuca de Luke e o puxar, deitando-o em seu peitoral.
- Entendi… Faz o que achar que é melhor pra ti, mas não se force demais - sussurrou.
- Você está se aproveitando por sermos amigos de longa data - disse se ajeitando nos braços de Shinku. - E com quem tu andava conversando?
- Uma amiga queria sair, mas disse que tenho compromisso.
- Vai voltar muito tarde? Senão traz um lanche pra mim.
- Tá falando sério?
- Claro, não custa nada me comprar algo já que você vai sair de qualquer forma - explicou se afastando no que Shinku se achegou para o lado, mas este logo deitou sobre Luke, apoiando o queixo nas mãos que repousavam sobre o tórax do amigo. - Tá fazendo o que? Achei que já ia sair.
- Tô sincronizando, sabe? Vai que assim você entende que já estou no meu compromisso, Hanamura-san - sorriu.
- Jeito estranho de sincronizar, nunca ouvi falar sobre isso - riu acertando o travesseiro na cabeça de Shinku. - E outra, nunca te disse, mas é bizarro quando me chama assim.
- Já tomei minha anotação mental de “nomes que o Luke odeia” - disse subindo o corpo ainda por debaixo do travesseiro como se fosse beijar Luke, mas apenas encostou suas testas por um minuto antes de se levantar. - Vai querer pizza do que?
- Pede um hamburguer pra variar e com bastante fritas.
- Hai, hai. E com refri de laranja pra eu derramar em você de novo - riu.
- Você ainda lembra daquilo? Pô, foi brincadeira, senhor encalhado.
- Não se eu te pegar antes.
- Sim, sim, vai sonhando - sussurrou em deboche. - Usa meu celular, tá tocando umas músicas legais na sua playlist.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...