2.8.17

Linden Twins ♫ ♬ Capítulo 64 por Mel Kiryu


Capítulo 64

           Mas, talvez não fosse a absolvição total.
       Luciel estava cada vez mais atento ao sentimento desvairado que fazia beijar e beijar enternecido o pescoço, o lóbulo da orelha morna, o queixo bem delineado de Jiang.
     E depois de uma pequena vinheta na rádio, ouviu os primeiros acordes de The Scientist do Coldplay e se lembrou de Jiang entrando pela porta de seu outro apartamento quando também estavam distantes um do outro e essa música tocava em sua aparelhagem de som.
    Essa era a música que trazia a conciliação entre eles?

    Não sabia dizer e após estalar um beijo de leve em seu queixo, projetou seu olhar ao dele, afrouxando um pouco aquele abraço num gesto cuidadoso de preservação.
__Ainda ontem eu estava no Feitiço da Lua beijando a boca macia de uma garota... Mas, não coloquei no beijo nem a décima parte do que investi nesse abraço.
    O comentário de Luciel veio carregado de um tom reflexivo, como se ele mesmo não soubesse se essa realidade fosse boa ou ruim.
    Jiang afastou um pouco o cabelo colado no suor de seu rosto, alternando-se em fitar com resquício de desejo e inquietude a boca e os olhos de Luciel.
__E isso te incomoda, Lu?__ Jiang perguntou, temendo deixar escapar sua insegurança na sentença.
__Sei lá... Isso não é estranho? Pô, eu perdi em algum lugar o interesse que eu tinha por garotas!
__Desculpa, cara...__ Jiang quase riu, preenchido pelo calor de seu reencontro com Luciel.__ Mas, isso eu não posso te ajudar a achar... Nem consigo parar de olhar para a sua boca.
__Ah, fala sério... Quando você pretende sair dessa fase homo afetiva, mano?__ Luciel revirou o olhar, com um sorriso torto-irônico entre os lábios que Jiang desejava.
__Não é fase, Lu.
    Jiang meneou de leve com a cabeça e sua feição e voz assumiram um tom mais sério.
__Com Syaoran não foi uma fase?__ Luciel também falou algo mais duro, jogando para as costas de Jiang uma parte de seu cabelo que caía solto pelo ombro.__ Que garantia voce me dá que também não sou um desses momentos de curta duração?
__Então...
    Jiang engoliu o excesso de saliva antes sob a língua, reunindo forças para dizer em voz alta o que queria ter dito desde o início, desde o primeiro beijo trocado com Luciel. Respirou fundo e teve que recomeçar com seu olhar pregado ao dele.
__Então, Lu... Está tudo bem para você ser meu namorado, desde que isso dure todo o tempo que nos resta no mundo?
     Ouvir suas próprias palavras causava-lhe uma onda incessável de júbilo, era como soltar de alguma gaiola um pássaro que caíra numa arapuca e ansiava desesperado por sua liberdade.
__Está me pedindo em namoro?__ Luciel tinha espanto dócil velado na voz, disfarçada pelo sarcasmo comum.
__É basicamente isso... O que me dá direito de beijar meu melhor amigo na boca todos os dias.__ Jiang deu os ombros, em tom de brincadeira.  
     Luciel não estava totalmente a vontade com o que sentia. Entre abriu os lábios e quase perguntou: "Como você leva tudo isso numa boa, Jiang?"
    No entanto, veio-lhe a recordação de uma conversa que tivera com seu pai há pouco tempo.
   E sem mais, do nada, olhou pensativo nos olhos acesos e amoriscados de Jiang.
__Ei, Jiang... Tem alguma liga de cabelo no bolso?
     Respondeu o fitar com incerteza e Jiang se pôs a caçar uma liga elástica nos bolsos:
__Hum... Só um instante aí...
     Acabou achando uma no fundo de um bolso do casaco e estendeu para Luciel.
    Quando ele retirou a liga de seus dedos, entendeu numa troca de olhares que Luciel queria prender seu cabelo e um pouco hesitante, Jiang se virou ainda sem muito compreender a razão.
__Sabe, cara...__ Luciel começou a juntar-lhe o cabelo, a liga estava nas costas de sua mão.__ Eu almocei com meu velho esses dias e ele me contou que você ligou lá para casa me procurando.
    Jiang soube no ato que Luciel estava se referindo ao médico Daniel Laine, quase esqueceu de respirar e se concentrava nas mãos dele mexendo em seu cabelo, os dedos que ele tanto gostava entrando em suas mechas.
__E como dizer?__ Luciel continuou, concentrado também em tocar o cabelo onde adorava afundar as narinas, aspirar o odor suave do condicionador mesclado ao aroma natural da pele.__ Fiquei irritado e meu pai ficou radiante com o nosso distanciamento... E também fiquei inquieto pra caramba, imaginando um milhão de coisas... E eu te odiei por provocar tantos sentimentos em mim, Jiang.
     Não havia muito a fazer, Luciel juntou o cabelo e prendeu num rabo-de-cavalo firme, não frouxo e descuidado como Jiang costumava prender.
__ Mas, pensando bem... Eu nunca precisei fugir tanto de uma pessoa.__ Luciel aproveitou o silêncio de Jiang para continuar.__ Nunca nenhuma outra teve tanto importância e fiquei tão mal... Eu estava desesperado para evitar seu olhar, sua voz, tudo que representava você e... De repente, eu caí em mim e me dei conta... Do quanto pode ser belo, confuso e horrível se apaixonar.
      Claro que era para Luciel muitíssimo mais simples dizer o que sentia fitando a nuca e a curva do pescoço de Jiang.
     Aliás, estava a cada instante mais evidente para Jiang que o difícil não era obter o perdão de Luciel.
    Difícil realmente era Luciel perdoar a si mesmo por ter se apaixonado.
   E não bastava ser por outro homem! Tinha que estar completamente afeiçoado por seu melhor amigo.
    Mas, isso não era o principal para Jiang.
    A voz de Luciel chegava até seus ouvidos como carícias impossíveis de ignorar e foram as próprias mãos dele que seguraram impulsivas em seu ombro e viraram seu corpo, foi a vontade sem cabimento de Luciel que provocou a colisão aquentada de seus olhares.
    Seus lábios também não se tocaram por muito pouco, foi Luciel quem recuou no último segundo e impediu o beijo que sua própria boca pedia.
__Esse pequeno discurso que você fez encarando minhas costas... Quer dizer que às vezes você me odeia por estar apaixonado por mim?__ Jiang inqueriu tendo algum zelo com aquelas palavras, se Luciel recuava, seus lábios avançavam enquanto se servia dessa pequena questão.
__Não, pô... Quer dizer que eu me sinto perdido, porque não podemos mais ser os amigos de antes.__ Luciel rebateu, ciente de que não conseguia soltar-lhe os ombros e que o beijo era uma promessa inevitável.__ E eu...
__Você tem medo, Lu... Eu sei.__ Jiang cochichou e seu braço passou por um dos ombros de Luciel, também tocando-lhe o cabelo numa carícia lenta e afável.
     Luciel teve vontade de continuar recuando quando ouviu Jiang dizer que sabia que ele tinha medo, o problema não eram as palavras. Era a verdade, naquele instante tinha medo e detestava hesitar diante do desejo de elevar a relação que tinham, levar adiante o sentimento que prevalecia em si.
__Jiang... Eu não quero que os outros saibam do rumo que essa nossa amizade tomou.
    Nessa altura, até seus narizes se tocavam de leve, um sentia a respiração do outro e Jiang ouviu Luciel suspirar, sem fazer ideia do quanto ele lamentava o próprio medo.
__Mas, até o Lalo desconfia... No fundo ele sabe, Lu.
__O Lalo tudo bem, não ligo se ele já percebeu o que 'tá rolando...__ Luciel falava cada vez mais baixo.__ Mas... Será que a gente pode deixar o resto da cidade fora disso?
     Jiang sabia bem quem era "o resto da cidade"... Eram principalmente os pais, as famílias de ambos e até concordava que era uma péssima ideia se o senhor Daniel descobrisse e, de repente fazer segredo não pareceu uma ideia tão ruim.
__Por mim, tudo bem...__ Jiang sussurrou, entregando-lhe um beijo no cantinho dos lábios, sem que pudesse resistir mais.
     E o toque furtivo nos ombros, mais que depressa converteu-se em abraço, tanto quanto a vontade efervescente de seus lábios, línguas e dentes transfigurada em beijo.
                Um longo e vespertino beijo.
     Ambos fecharam os olhos, um cansaço secreto causado pela intensa procura e pela exaustiva tentativa de se afastar inspiravam os dois a apenas sentirem as carícias trocadas pelos lábios a se sugarem no primeiro momento com instigantes afagos suaves...
    E no entanto, não tardou que a atração que um exercia sobre o outro ganhasse mais poder.
    A conotação sensual invadiu o gesto, a perna de Jiang encaixou-se impulsiva entre as pernas de Luciel e suas virilhas se encaixaram com a mesma malícia deliciosa de suas línguas.
    Tal como na primeira vez que se beijaram um por cima do outro sobre no sofá, Jiang buscou-lhe as fronteiras da pele, caçando-a com seus dedos por baixo das roupas, subindo a blusa.
     Tão pouco Luciel fazia questão de controlar a excitação, nem tinha chances se tentasse... Também, como se conter? O beijo não cessava de todo e havia o fascínio de suas ereções pulsantes dentro da calça, uma a incitar a outra durante o embaraço de suas virilhas. Luciel soltou um gemido ao afundar seus dedos no traseiro de Jiang por cima do jeans e foi nesse exato momento que Jiang foi desabotando-lhe a calça...


Nota: Se possível releia o capítulo ouvindo essa música (eu devia por a nota lá em cima, mas eu detesto ser certinha e blá, blá, blá...), enfim... Adoro essa música, ouçam e ponto final. :)


42 comentários:

  1. Sem duvida essa foi uma boa musica para a reconciliação dos dois ^^"
    Mesmo que a amizade deles nunca volte a ser a mesma ficaram os bons momentos e os momentos da eloquente paixão

    ResponderExcluir
  2. Ah, você gostou? Que bom! Essa banda tem umas músicas bem legais.
    Com certeza e pelo Luciel, acho que a paixão teria durado bem mais...

    ResponderExcluir
  3. Gostei sim... tem musicas fixes sim!
    Pelo Luciel.... mas só ficou mesmo pela paixão...

    ResponderExcluir
  4. Bom... Tirando pelo o que eu já escrevi, acho que o Luciel chegou a ultrapassar os limites da paixão, por isso que depois ele sofreu tanto.
    E sobre o seu capítulo... Adoro a relação dos seus gêmeos ^^"
    Finalmente Hisashi e o Nobu-chan vão para a merecida Lua-de-mel.

    ResponderExcluir
  5. Sim ele amou.... e bem que ja receava que o Jiang fosse fazer daquela relação momentanea...
    talvez se o Syaoran nao voltasse a relação deles ainda durasse...
    Olha depois de terminar Hasu no hana queria escrever um extra dos gemeos em mais novinhos
    Verdade vão ter tudo de direito!

    ResponderExcluir
  6. O medo do Luciel não era infundado, porque ele conhecia bem o Jiang... Mas, o que o Luciel sentia o deixava preso ao seu amor e melhor amigo.
    E tudo aconteceu por causa de um reencontro do Jiang com o Syaoran, algo ao acaso... Reencontro que mexeu com ambos.

    Falta muito para terminar Hasu no Hana?
    Escreva sim!
    Também andei escrevendo extras da estória que estou escrevendo com a C.C...
    E a Mel vai ler e querer bis \o

    ResponderExcluir
  7. Verdade... quando se conhece uma pessoa quase se adivinha, mesmo assim o Luciel levou-se pelo amor, certamente vai achar que o melhor teria nunca ter perdoado o Jiang
    Imaginei que fosse algo assim...

    Sabe uma coisa? Eu não sei -.-" Mas penso que não
    Acho que eles darão duas crianças bem traquinas :p
    Extras também? Quando pretende postar essa historia

    ResponderExcluir
  8. O Luciel vai se sentir idiota, isso sim... Tadinho. (Mas, depois eu compenso, pode deixar)

    Sei como é... Vai surgindo as ideias e dá uma vontade de aprofundar... Ainda mais que o sentimento entre os dois surgiu depressa e eles tiveram pouco tempo para aproveitar de início.
    Bom... Até que já vai avançada, tô no capítulo 54.
    Não perguntei para a C.C se a gente vai terminar antes de postar ou não... Mas, a princípio eu não vejo a estória tendo um fim. Tem uns relacionamentos paralelos de personagens sendo desenvolvidos, além do principal que é uma lerdeza...

    ResponderExcluir
  9. Mas idiotas são mesmo aquelas pessoas que amam muito ( mas merece mesmo ser compensado !)

    E ainda assim não te muito tempo para aproveitar, mas é como diz sempre dá vontade de aprofundar mais...
    Shii mas vai avancada mesmo!
    A Mel ainda continua insatisfeita com a evolução do relacionamento dos personagens principais?
    Acho que a gente não consegue ver o final
    Outro dia o namorado da Riku disse que estava escrevendo um livro, só que so escreveu duas ou três folhas, tem tudo o resto na cabeca mas lhe falta o final e por isso não progride na escrita

    ResponderExcluir
  10. Eu disse que ia ser compensado, mas nem sei... Ao menos está com uma pessoa que o ama da mesma forma.

    Continuo sim... O personagem da C.C É O HOMEM DOS EMPECILHOS. Meu personagem é super apaixonado por ele, mas eles ainda nem fizeram sexo... -.-" (Ai de mim nessa situação)
    No caso dessa estória... O final será quando todas as situações estiverem em vias e se resolver.
    Hum... Mas, a gente não deve se preocupar com o final.
    Diga ele que o único meio de chegar a um final, é ele sabendo como o enreso vai transcorrer.

    ResponderExcluir
  11. Estar com uma pessoa que ama e que o ama já é recompensa ainda que isso lhe cause preocupações

    rsrsrs são casal sério, hoje em dia não existe casais assim....
    O que tudo leva seu tempo a ser resolvido não é mesmo
    Eu falei isso, e para se deixar os personagens seguir o rumo que eles querem, porque eles nos comandam...

    Eu mandei uma curta metragem que achei lindinha quando tiver tempo deia uma vista de olhos

    ResponderExcluir
  12. É... Mas, isso com certeza pode envolver certo sofrimento.

    Casal sério???... Pelo amor do Yaoi, meu personagem era garoto de programa! Ele está louquinho para fazer sexo com o homem que ele gosta, porque nunca fez amor... Você tem noção do drama? E o meu personagem é o Uke, Rima! O Uke!!

    Ah, já vi esse curta metragem. Eu até te respondi o e-mail te dizendo que esse curta me persegue! rsrs... Obrigada pelo link, viu?

    ResponderExcluir
  13. Imagino que envolva mas em todo os relacionamentos existe sofrimento

    Estava brincando consigo, mas se a autora esta nesse desespero imagino o Lawrence, acho que vai ter de virar um uke vem arrojado para conseguir algo

    Eu so a achei hoje ^^"
    Mas porque diz que a persegue? não gosta dela?

    ResponderExcluir
  14. Mas, no caso do Luciel, acho que envolve um sofrimento extra... Porque ainda tô decidindo como isso termina.

    O Lawrence não é exatamente uma pessoa arrojada, embora ele seja safadinho, também é bastante tímido.

    Até gosto sim, é fofa.
    Mas, eu sempre dou de cara com ela, em cada rede social que eu entro!

    ResponderExcluir
  15. Sim porque ter um namorado que se pode considerar em depressão profunda é sofrimento extra, para além de não conseguir fazer essa pessoa um pouco feliz

    Imagino que sua cota de safadeza se limita a debaixo dos lencois, fora disso deve viver na timidez

    Eu achei ela no face e achei bem fofinha ^^"

    ResponderExcluir
  16. Bom, eu vou conversar com a C.C sobre a nova estória, se ela não se importar, não tarda e você tira suas próprias conclusões sobre o Lawrence. ^^" (Espero que você goste dele...)

    Acho que até certo ponto, o Luciel consegue sim dar momentos de alegria a pessoa que gosta, não é uma batalha perdida.
    Nem lembro onde achei esta animação, acho que foi no Tumblr mesmo.

    ResponderExcluir
  17. Eba! Faça isso sim! ( certamente vou gostar, do mesmo jeito que voce gostou do Yasuhiko ^^")

    Não é perdida mas são momentos de curta duração, não se prolongam por muito tempo
    Bem acho que ela vai correr bem as redes sociais

    ResponderExcluir
  18. E como não gostar do Yasuhiko? :)

    Rima, vou me ausentar porque o Luan acabou de chegar da escola, vou lá dar um lanche para ele.

    ResponderExcluir
  19. Não é para me gabar mas ele até é fofinho :3

    Ok, um bom lanchinho para ele ^^"

    ResponderExcluir
  20. Acho que não o vou querer lagar, me divirto escrevendo com ele, com a meiguice e com o contraste que faz com o Kyoichi

    Verdade hoje tornei a tentar pintar em aguarela mas acho que ficou pior que ontem ^^"

    ResponderExcluir
  21. Porque o Kyoichi é tão sério e maduro e o Yasuhiko é doce, pouco prático e sincero.

    É assim mesmo, alguns dias são melhores do que outros.

    ResponderExcluir
  22. Ah sim eles tem muito de diferente e quando o Kyoichi o levar para Himizuka ele vai querer que o Yasuhiko vista roupas normais ( ainda nem sei onde incorporar isso)

    Foi mais para testar as misturas foi fazendo enquanto via um video a ensinar no youtube

    ResponderExcluir
  23. Por que?... O Kyoichi não gosta do estilo tradicional do Yasuhiko?

    Ah, esses tutoriais são ótimos.

    ResponderExcluir
  24. Ele gosta, apaixonou-se por ele assim... so que acha que não fica bem andar assim na cidade

    sim... sim, alias já vi os pinceis mais adequados e a Riku ficou de tentar me arranjar na net ^^"

    ResponderExcluir
  25. Entendo... Acho que até para mim vai ser difícil imaginar Yasuhiko com outras roupas. Gosto do estilo dele a lá Kyoto.

    Depois que Rima se equipar com os pincéis certos, ninguém a segura!

    ResponderExcluir
  26. Vais ser dificil de verdade! Isso já é muito na verdade, mas acho que ele nunca vai deixar o seu estilo independentemente de onde vá

    KKK ai que desapareço de vez para o meu mundinho

    ResponderExcluir
  27. Sinto que será difícil principalmente para a autora!! Mas, talvez, ele possa ficar do jeitinho que gosta quando estiver em casa.

    Não, que isso... Tem que sair dele de vez enquanto para me dar um alô.

    ResponderExcluir
  28. Será o mais certo, e por enquanto não vejo ele a sair muito de casa ( sonho do Kyoichi ainda se vai realizar... ter uma dona de casa o esperando todos os dias a dizer "okaeri" rsrsrs)

    Eu vou tentar ^^"

    ResponderExcluir
  29. Yasuhiko é um bocado caseiro, pelo visto... ^^"
    Encontrou a pessoa certa para ele, sem dúvida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É caseirinho sim,.... e fica pensando nas necessidades do Kyoichi por isso ele não pode mesmo reclamar do menino!

      Bem Mel
      Vou ter de sair
      (amanhã vou buscar meus oculos novos *-*)
      Beijinhos <3

      Excluir
    2. Até amanhã, Rima!
      Bom descanso, depois me mostre o óculos. :)
      Beijos. ♥

      Excluir
  30. Gente é sério isso? ♥♥) -> :´(.. Quando eu penso que: "agora vai! Vou conseguir alcançar a minha paz interior junto com o Jiang", vcs vem com uma bomba dessa. Como assim é só passageiro?? Jiang tem que mandar o Syaoran se catar se ele voltar, ele não foi cuidar do Huang, então que fique com o Huang. Mel, vc ainda vai me matar do coração. Bem que eu pressenti que naquele capítulo que o Lalo compra o presente para o Lu não era só um "presente".

    P.s: Sabe vcs autoras pensam que podem falar tudo nos comentários e daí nós lemos cada spoiler que dá raiva, sério eu AMO spoiler(♥) vivo disso, mas tem hora que a gente só quer curtir o clima leve, de reconciliação, se iludindo que tudo vai dar certo que assim eles viveram felizes para sempre. Aí me vem vcs e desmancham tudo isso..#voltei com a deprÊ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gaby!!!!!!!!
      Mas, por que você leu os comentários?... Sempre tem spoiler nessa bagaça. -.-"
      Desculpa... Era até para o Lu e o Jiang ficarem juntos sim, mas como sempre costuma acontecer,meus personagens ganham vida própria e me usam como um instrumento do mal para alterar as ideias do enredo original.

      E olha que você ainda me esgana, porque vai shippar o Lalo com o Luciel...

      Perdão de todo modo.
      (Eu não presto, eu sei)

      Excluir
    2. Ai senhor, eu só imagino o quão fundo será o poço que terei que pular depois que essa história acabar.. Se vai acontecer o que eu to imaginando que vai acontecer a dúvida é se o Huang vai morrer, ou vai ficar só ou vai ficar com outro boy, sinceramente eu não me importo(desculpe o Huang despertou o pior de mim! Sério, não consigo gostar dele) desde que ele não cause mais sofrimentos ao Jiang, não que ele tenha causado "todos" os sofrimentos e problemas do Irmão mas grande parte foi, assim pra mim tá bom; Mas eu aposto que caso ocorra algo do tipo vai vir a minha autora preferida e seus personagens irritantemente impetuosos e PLUFT estourar a minha bolha maquiavélica então, nos resta esperar;

      Excluir
    3. Calma! Eu não quero que você pule num poço tão fundo assim! o_0

      Jura que você despreza tanto assim o Huang?... Sabe que apesar da personalidade dele, até acho o Huang algo cativante... (Mas, eu sou suspeita... Não, caramba! Eu sou é culpada mesmo!)
      "Personagens irritantemente impetuosos?" Ai, Gaby... Adoro seus comentário, sério... Eles me dão o maior gás para continuar a escrever. ^^"
      Obrigada por não desistir de mim.

      Excluir
  31. Mel, aqui é a Moon ♡.♡
    Estou tão felizinha com esses capítulos, sei nem explicar o que senti quando vi o Jiang pedindo Lu em namoro! Jurava que esse reencontro seria mais turbulento, mas tá tudo tão lindo... Devo ficar com medo? kkkk
    Beijo! Bom final de semana *♡*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Golden! :)

      Se deve ficar com medo? Não, agora não, rsrs... Pode aproveitar bem os próximos capítulos. ^^"
      Como você está? Tudo bem contigo?
      Um maravilhoso final de semana para ti também, viu? xD

      Excluir
    2. Ok, vou ficar mais tranquila por enquanto kkkkkk Estou com saudades de Huang e seu jeito espinhoso *♡*

      Estou bem, só cheia de trabalhos pra fazer e doida pra ler e escrever capítulos kkkk e você, tudo bem?
      Obrigada, minha amiga *♡*

      Excluir
    3. Huang já reaparece ^^"
      Logo depois dos pombinhos Jiang e Luciel curtirem um bocadinho um ao outro.

      Sim, sim! Tudo bem \o
      É o nosso normal, né Golden? "Doidas para escrever!"

      Excluir
  32. Ah, que bom! ^_^ Acho que ele e Syaoran estavam no momento lindo no hospital.. Quero ver como vai ser daqui pra frente (difícil para os dois, nao?).
    Oba, vai ter mais dos pombinhos! É bom demais pra mim, assim vc arrasa meu coração, Mel kkkkkk Shippo horrores.

    Fico feliz que esteja bem *♡* E pois é! Logo agora que minha mente fervilha e tem ideias boas eu nao tenho tempo pra escrever kkkkk Mas vou me segurando. Não sei se acontece contigo, Mel, mas eu vou imaginando as cenas em minha cabeça e quando vejo tenho um capitulo inteiro pronto kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... Difícil por ser algo deficiente.
      Se bem que... Toda relação é algo deficiente, sempre em construção.

      Você já pensou em usar o Evernote para escrever essas ideias relâmpago? Eu tenho instalado no meu celular, eu guardo meus esboços em nuvem às vezes, quando o caderninho não está a mão.

      Excluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.

Siga-nos no Facebook

o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...