Phoenix Personalities end reincarnations Capítulo 2 + extra por Jess

Nota: Essa estória começará meio chata ou chata de mais (rsrs), por eu ter que contar a origem da Fênix. Dependo do gosto de vocês, posso trazer duas estórias, a regular e uma extra do futuro de Juno. Se acharem bom assim me avisem nos comentários que eu continuo...

Estória extra:

Título: Sexy e estúpida

Durante o treinamento de Juno/Scarlett na Regiis Academy, na qual fora deixada por seus amigos guardiões para se preparar. E ao longo do período na Regiis, percebeu que alguns aprendizes de nível elevado, usavam cognomes. Exemplo desse, era sua instrutora, Silk.

E logo ficou sabendo da sua reputação; ela era a “Conquistadora”. Qualquer coisa que fizesse ou qualquer cantada que dava, conseguia de imediato levar para cama. Silk era boa em quase tudo…

Juno/Scarlett Narrando:

Assim que cheguei na Regiis Academy da dimensão Dominós, fui apresentada para a deslumbrante, Silk.

_Então você é nova aluna? Que interessante. Espero que sejamos ótimas amigas. _ Disse Silk sorrindo ironicamente para mim.

E com muita empolgação tive que olhar para o outro lado da sala ao responder. _O prazer será todo meu.

Silk não precisava perceber o meu entusiasmo. Seu corpo era divino, fiquei facilmente obcecada com tanta beleza. Seus lábios carnudos encarnados me deixaram excitada demais. Acho que fazia muito tempo que eu não desejava tanto uma mulher como aquela. Queria saber qual tipo de produto ela usava nos seus cabelos dourados, para deixá-los tão brilhantes como o ouro. Só de olhar para cada melena dourada, sentia eu a enorme vontade de acariciar suas longas madeixas metálicas.Tudo foi como amor à primeira vista. Esse mulherão com um corpo exageradamente sexy, deixava qualquer pessoa paralisada com tanta beleza.

Silk era boa em tudo que fazia; estratégias, magias, treinamentos, e espionagem. E tinha uma lábia… Uma lábia que convencia até o pior inimigo.

Porém ela é uma pessoa sem escrúpulos. Seu ego era terrível. Menospreza qualquer ser, incluindo a mim… Mesmo assim eu a idolatrava mais que tudo.



                                           

                           Cinzas 2 Ser imortal tem as suas consequências

Juno Sethman caminhou vagarosamente na direção do aro ardente de chamas azuis pensando na possibilidade de se queimar. Decidiu ela arriscasse para descobrir se era um sonho ou se estava mais acordada que nunca. Ao pôr o primeiro pé próximo ao aro, esticou sua mão para sentir o  centro escuro da galáxia daquele aro flamejante. Ela realmente sentiu calor, mas era um calor aconchegante, libertador e surreal. Era como se o fogo fosse parte da sua vida, sua essência, era como se fosse um familiar a chamando de volta para o lar. _ Que sensação ótima é está? É como se o fogo fosse eu.

Lun-Ey de Dominós tocou nos ombros de Juno respondendo que aquele lugar talvez já fizesse parte dela a muito tempo, mas ela não se lembrava. _ Existem perguntas que não conseguiremos lhe responder,Juno. Respostas que você procura agora, só serão esclarecidas quando for a hora certa.

É hora de Juno trilhar para descobrir.

Lun-Ey continuou a falar. _Talvez em suas outras encarnações você tenha sido de outra dimensão e devido aos seus pecados, renasceu como uma humana frágil, sem poderes algum. Aqui podemos chamar de inferno para alguém que um dia fora perversamente glorioso na sua vida passada e, como punição, este alguém fora exilado na sua próxima vida para a terra. Agora sem medo, siga em frente; pois você deve ser alguém muito importante nas cinco dimensões.

_ Importante? _ Juno não sabia se seguia em frente ou simplesmente pediria para que antes pelo menos o básico lhe fosse explicado.

_ Para resumir suas dúvidas, leve em conta que um deus ou algum ser mágico de segunda escala poderosa lhe escolheu. Agora o porque, você vai terá que descobrir sozinha.

Juno Sethman agora mais e mais ambiciosa pelas verdades, passou sem medo pelas chamas, e sentiu o universo passar por ela como se fosse um vento quente do verão.

Unioh começou explicar que uma humana como ela não conseguiria atravessar pelo portal sem armaduras. Juno até se assustou por antes essas pessoas trajavam roupas e agora armaduras lindas, que pareciam fazer parte do corpo, igual a uma segunda pele, cada armadura tinha um símbolo e um desenho diferente. Nada mas era igual antes de adentrarem no portal, agora todos estavam deslubramente incríveis. Era difícil escolher o melhor. Na armadura de Unioh de Cross o símbolo era da própria cruz como seu sobrenome. Suas armas todas tinham o punhal e o símbolo da cruz. E todos os demais guardiões também possuíam características diferentes nas armaduras.

_ O que aconteceu? Porque agora trajam armaduras?

E as palavras douradas que antes Juno não compreendia, agora com mais clareza conseguia ler. “Que os imortais sejam para todo o sempre, protetores dos mortais e indefesos”.

_ O que significa tudo isso?

_ Como dito antes, você e nós quatro somos escolhidos pelos deuses para proteger o universo ou fazer algum trabalho estranho.

Enquanto atravessavam o portal, Unioh esclareceu calmamente, que: um humano sem poderes como ela e sem armadura forjada pelos deuses desfaleceria ao chegar perto do portal. Porém como ela fora convocada, nesse caso sua causa era uma exceção. Por possuir um corpo frágil, os quatro guardiões a protegem do impacto que um portal mágico lhe causaria. Quase chegando ao seu destino, Juno notou que aproximavam-se de uma construção parecida com as ruínas da Grécia antiga, entretanto era algo mais bonito e evoluído. Tudo estava coberto de flores. Flores que ela jamais tinha visto durante os seus trinta anos, até este momento. _ O que é aquilo? _ Unioh explicou que aquele era o centro básico de informações de nível um, que fora criado pelos deuses para mostrar certos acontecimentos entre as cincos dimensões. Ao pisar naquele recinto, subiram alguns degrau até o centro. Unioh pôs sua mão sobre um livro que estava nas mãos de uma estatueta de silhueta masculina com quatro asas. Aquela estatueta vestia também uma armadura muito linda. Juno notara que era feito de prata banhada a ouro. E que já estava bastante desgastada. Parecia até que não fora pintando adequadamente e seu ferreiro a deixou daquele jeito de propósito.

Unioh ao tocar no livro fez com que estatueta ganhasse vida.

_ Sou Elliot o Receptáculo, o guardião do passado e do presente, escolhido pelo deus Lest, o grande ferreiro das armaduras Celestiais. Para assim proteger este lugar, a sala das informações, eternamente. O que desejam ver guardiões?

_ Juno Sethman, fora escolhida para ser a quinta guardiã e suceder o lugar do ex guardião Mourth de Gaia. _ disse Unioh.

Unioh também acrescentará que que Juno fora escolhida por um deus poderoso, o qual Elliot sabia quem era. E com poucas palavras concluiu pedindo para mostrar a Juno o que ocorria naquele instante em todas as dimensões.

Então ao redor de todos que estavam presentes naquele lugar, Elliot o Receptáculo fez com que cinco portais abrissem todos aos mesmo tempo

_ Meu mestre ordenou que você presencia-se outros guerreiros e guardiões lutando para proteger humanos e seres mágicos. _ esclareceu Elliot.

O primeiro portal mostrava jovens e crianças treinando em alguma academia, em algum lugar desconhecido. O segundo portal mostrava adultos equipados com armaduras parecidas com as dos quatro guardiões, e símbolos diferentes, lutando contra outras pessoas também trajando armaduras e símbolos diferentes. E assim foi vendo até o quinto portal, a terra. Neste apenas pessoas normais como Juno habitavam cidades com enormes arranha-céus.

O guardião Dammy tocou levemente nos ombros largos de Juno dizendo que aquela era apenas a primeira camada da terra e que dentro da própria terra, haviam pequenas dimensões onde seres mágicos viviam em segurança. E que por este motivo a terra também merecia ser protegida.

_ Como você pode observar, cada portal mostrou o que está acontecendo e o que aconteceu. Essas coisas é o que você irá presenciar com frequência daqui em diante e para sempre. Por tanto. Você precisará se acostumar ver pessoas inocentes morrer nas mãos de malfeitores.

_ Talvez eu consiga conviver com mortes, talvez. _ disse Juno sem pensar direito, ou talvez no fundo do seu subconsciente, exista uma pitada de maldade. Quem sabe não seja esse o motivo por ser escolhida como guardiã.

_ O que eu preciso fazer para me tornar como vocês?

_ Desistir da sua vida como humana e ter uma mente aberta. Pois todos ao seu redor um dia deixaram de existir e ao pó voltaram. 

Dammy conta também que para se tornar uma guardiã, precisará se tornar imortal. Assim como eles.

_ Irmitalidade? Isso é possível?

_ Não só possível, mas como também voltar dos mortos.

Imortalidade era a palavra chave para conquistar a confiança de Juno. Era tudo o que ela queria. Seu coração tinha uma imensa ambição pela imortalidade. Queria ela viver por mais tempo e  presenciar com seus olhos dinastias crescerem e serem destruídas. Tudo que Juno sempre sonhava, poderia de fato acontecer. Bastava ela aceitar que jamais morreria, mas que perderia todos ao seu redor.

_ Juno Sethman, como o seu criador original escolheu você. Ele lhe concederá mais três elixir da imortalidade e você terá o direito de escolher qualquer pessoa que deseja ver se tornar imortal igual a você. Agora vá para casa e escolha com sabedoria essas três pessoas. Mas antes vá até esse endereço, lá você encontrará alguém que lhe ajudará em tudo, inclusive em guardar o segredo da sua imortalidade. Esse alguém sabe da nossa existência.

Post Scriptum: Aqui é Mel, a Jess já me deu o material necessário para fazer a página de personagens, ainda não fiz por falta de tempo. Peço desculpas. Espero fazer brevemente.

4 comentários

  1. Nas esta se tornando interessante ^^"
    vou esperar proximo capitulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaa que bom Rima-san. Espero que continue gostando *--*

      Excluir
  2. Até eu fiquei interessado na Silk, se for a moça da foto, ela realmente é muito lindona rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silk mulher ao da poha kkkk e segundo a foro, é assim que eu a imagino. Queria saber desenhar pra demostrar todos os meus personagens.

      Excluir

Oi! (◍•ᴗ•◍)
Veio comentar?
Cada autor desse blog recebe um imenso incentivo a cada comentário.
(Comentários anônimos também são bem vindos ^^")
Agradecemos sua opinião! ٩(๑•◡•๑)۶
Mas, se for apenas comentar sobre erros de gramática, isso é dispensável.